No Portal da Propaganda

Com o novo modelo de retenções na fonte haverá mais rendimento disponível

 

O novo modelo de retenções na fonte entra amanhã em vigor, aplicando-se a rendimentos de trabalho dependente (Categoria A) e pensões (Categoria H), auferidos a partir de 1 de julho de 2023.

Este novo modelo visa assegurar o cumprimento de dois objetivos:
1. Garantir que a um aumento do rendimento bruto corresponde sempre um aumento do rendimento líquido ao final do mês;
2. Assegurar uma maior e crescente aproximação do valor das retenções na fonte ao valor do IRS liquidado através da entrega da declaração Modelo 3 de IRS.

O novo modelo permitirá uma personalização da retenção na fonte em moldes idênticos ao que sucede com o cálculo do IRS aquando da entrega da declaração Modelo 3 de IRS. Na prática, trata-se de uma aproximação do valor da retenção na fonte mensal ao valor de IRS que virá a ser efetivamente liquidado
anualmente.

Para a generalidade dos contribuintes, a aplicação das tabelas resultará num aumento do rendimento líquido mensal face ao valor que auferiam no primeiro semestre do ano, podendo dispor já de rendimento que é seu, em vez de esperarem pelo reembolso – que só ocorre no ano seguinte, momento em que passará a haver menos acerto a fazer.

Consulte o Ofício Circulado n.º 20257, de 20 de junho de 2023, da Autoridade Tributária e Aduaneira  clicando aqui.

Veja as simulações no documento em anexo.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2023/06/no-portal-da-propaganda/

3 comentários

    • sapinhoVerde on 30 de Junho de 2023 at 23:26
    • Responder

    Ora….
    Para inglês ver…
    Se baixassem as tabelas de irs, e não mexessem no reembolso ,ainda lhes louvava a acção.
    Assim significa que terei de apertar mais ainda o cinto para pagar o irs do ano que vem….

      • JáSemFígados on 1 de Julho de 2023 at 0:34
      • Responder

      Nem mais, sapinho verde! Estes fulanos não dão ponto sem nó! FDP!

  1. A descida das taxas de retenção na fonte não altera o nosso salário líquido, apenas a altura em que pagamos os impostos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: