As Datas Que Mudam das Provas de Aferição

Depois de definido o calendário das Provas de Aferição através do Despacho n.º 8356/2022, de 8 de julho as escolas planearam o seu ano escolar de acordo com essas datas.

Com o despacho publicado hoje as datas passaram a ser as seguintes:

  • No 2.º ano nada mudou.
  • No 5.º ano a prova de HGP passou do dia 7 de junho para o dia 6 de junho (dia da paralisação nacional)
  • No 8.º ano a prova de Ciências Naturais e Físico-Química passou do dia 2 de junho para o dia 5 de junho. A componente de observação e comunicação científicas da prova de Ciências Naturais e Físico-Químicas passou de um período que decorria entre o dia 16 e o dia 26 de maio para um único dia a ter lugar no dia 24 de maio.

 

Foram criados dois turnos para a realização da provas de aferição. Presumo que para garantir que os quadros elétricos aguentem ter os portáteis a carregar. 🙂

Tudo isto decorre de uma falta de planeamento da DGE que ainda não percebeu que um elevado número de alunos não tem portáteis para realizar as provas em suporte digital, seja porque não existem equipamentos em número suficiente, seja porque os equipamentos para os alunos com escalão não podem ser entregues aos alunos sem escalão e vice-versa. E se calhar até existem computadores parados, mas não se pode ser feita esta distribuição entre alunos com escalão e sem escalão, porque as regras dos contratos não o permitem.

E isto não é razão suficiente para que as provas de aferição deste ano sejam suspensas?

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2023/03/as-datas-que-mudam-das-provas-de-afericao/

9 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Isabel on 10 de Março de 2023 at 22:20
    • Responder

    Por mais que me esforce, não consigo ver as vantagens da transição digital… Pelo contrário.

      • Phill on 11 de Março de 2023 at 11:17
      • Responder

      Falavam a mesma coisa quando trocaram da talha em pedra para o papiro; e depois do papiro para o papel. A transição digital faz parte da evolução dos modos de registo na nossa sociedade.

    • Lua e Sol on 10 de Março de 2023 at 22:34
    • Responder

    O CHATGPT FARÁ AS PROVAS.
    Se houver problemas técnico-informáticos o Joãozinho IRÁ A CADA ESCOLA PELA PORTA DOS FUNDOS RESOLVER.
    Quando há alunos do 12º ano que dão 1 erro a cada 3 linhas ou nem 3 linhas conseguem…

    • Luluzinha! on 10 de Março de 2023 at 23:11
    • Responder

    Eu já vi, aqui, comentários de “colegas” com mais erros (e mais crassos) do que em alunos do 12º ano.

    • ar fresco on 11 de Março de 2023 at 11:40
    • Responder

    Vai ser lindo! Há miúdos que não se conseguem desenrascar no computador e, demoram imenso tempo para escrever seja o que for. Vai dar asneira, para a grande maioria!


  1. A transição digital interessa aos Bezzos deste mundo e à imbecilizaçao da sociedade que se quer rebanho amestrado e consumista.

    • Micas on 11 de Março de 2023 at 13:14
    • Responder

    Estás enganado.
    O Bezzos não deixa o filho até ao 10 ano usar meios digitais na escola.

    Pq será?

    Já agora … O que interessa falar em meios digitais se em imensas escolas não há condições?

    • Dina Li, on 11 de Março de 2023 at 15:22
    • Responder

    Portugal a armar em vanguardista nas coisitas que não interessam. As que interessam nunca se resolvem.
    Estou tão cansada desta mesquinhez socialista de minudências para inglês ver.

    • Prof on 13 de Março de 2023 at 10:37
    • Responder

    Os alunos do 8º ano do concelho de Oeiras irão realizar a prova no dia do seu feriado municipal… há coisas que não se entendem…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: