adplus-dvertising

𝘾𝘼𝙍𝙏𝘼 𝘼𝘽𝙀𝙍𝙏𝘼 𝘼𝙊𝙎 𝙈𝙀𝙐𝙎 𝘼𝙇𝙐𝙉𝙊𝙎

 

“Já deves ter reparado que o mundo está diferente. Depois de dois anos tumultuosos e difíceis por causa de uma pandemia inesperada, o mundo está agora à beira de uma crise económica e política causada por uma guerra no leste da Europa entre a Rússia e a Ucrânia.
Sabes aqueles jovens ucranianos que viste na TV a esconderem-se das bombas em abrigos subterrâneos? Pois bem, há poucas semanas atrás, eles eram igualzinhos a ti.
Sim, eles iam à escola todos os dias (alguns deviam faltar também), jogavam Fortnite nas suas Playstations, viam vídeos no Youtube, faziam Tiktoks, postavam fotos no Instagram, iam com os amigos ao MacDonalds e viam series no Netflix. Mas em poucos dias toda a realidade deles mudou. Neste momento, eles escondem-se dos bombardeamentos, fogem de soldados inimigos, procuram desesperadamente água e comida, perdem familiares e amigos e tentam sair de um país que de repente está numa guerra terrível.
E mesmo sendo improvável, não significa que não pudesse acontecer no teu país.
Poderias fazer algo para evitar isso? Talvez não. Podes fazer algo para estares minimamente preparado para isso? Sim.
Queres alguns poucos conselhos?
𝙀𝙨𝙩𝙖́ 𝙢𝙖𝙞𝙨 𝙖𝙩𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙖𝙤 𝙦𝙪𝙚 𝙨𝙚 𝙥𝙖𝙨𝙨𝙖 𝙣𝙤 𝙢𝙪𝙣𝙙𝙤.
Vê noticiários na TV e na Internet. A realidade do mundo é muito maior do que alguns youtubers te dizem. Se souberes o que se passa à tua volta e no mundo é menos provável que sejas apanhado de surpresa.
𝙎𝙚̂ 𝙛𝙤𝙘𝙖𝙙𝙤 𝙚 𝙙𝙚𝙙𝙞𝙘𝙖-𝙩𝙚 𝙖𝙤𝙨 𝙚𝙨𝙩𝙪𝙙𝙤𝙨.
Se fores dedicado e determinado nos estudos, tentando alcançar objetivos concretos serás também determinado em condições adversas. Está atento aos teus professores. O que eles ensinam pode não fazer sentido agora, mas um dia poderá ser muito importante para ti.
𝙋𝙧𝙖𝙩𝙞𝙘𝙖 𝙙𝙚𝙨𝙥𝙤𝙧𝙩𝙤
Cuida do teu corpo e prepara-o para dias difíceis. Ao te manteres em forma, estás a aumentar as tuas hipóteses de sobrevivência caso seja necessário percorreres grandes distâncias em condições complicadas.
𝙀𝙭𝙥𝙚𝙧𝙞𝙢𝙚𝙣𝙩𝙖 𝙖𝙩𝙞𝙫𝙞𝙙𝙖𝙙𝙚𝙨 𝙣𝙤 𝙚𝙭𝙩𝙚𝙧𝙞𝙤𝙧
Desafia os teus familiares e amigos para acampar e fazer outras atividades no exterior. Os escoteiros ou outros clubes são excelentes para aprender a criar fogueiras, dormir ao relento, filtrar água, construir abrigos, etc. Nunca se sabe se um dia, necessitarás de toda essa experiência para ultrapassar dias complicados.
𝘼𝙘𝙤𝙨𝙩𝙪𝙢𝙖-𝙩𝙚 𝙖 𝙘𝙤𝙢𝙚𝙧 𝙙𝙚 𝙩𝙪𝙙𝙤 𝙚 𝙚𝙢 𝙢𝙚𝙣𝙤𝙧𝙚𝙨 𝙦𝙪𝙖𝙣𝙩𝙞𝙙𝙖𝙙𝙚𝙨.
Todos nós temos algumas comidas favoritas, mas num cenário de conflito nem sempre podemos dar ao luxo de recusar comida que não apreciamos. Temos que comer o que está disponível e muitas vezes em quantidades menores do que estamos acostumados. De vez em quando força-te a comer o que não te agrada e aguarda um pouco ao sentires fome. Nem sempre terás comida disponível quando te sentires faminto e deves treinar o teu corpo para isso.
𝘼𝙥𝙧𝙚𝙘𝙞𝙖 𝙤 𝙩𝙚𝙢𝙥𝙤 𝙘𝙤𝙢 𝙖 𝙩𝙪𝙖 𝙛𝙖𝙢𝙞́𝙡𝙞𝙖.
Nunca se sabe quando somos obrigados a separarmo-nos daqueles que amamos. Dedica algum tempo aos teus familiares e aprecia esses momentos. Infelizmente podem acontecer circunstâncias em que a separação e a distância são inevitáveis. Lembra-te que a tua família será quem estará ao teu lado nos tempos complicados e se estiverem unidos tudo será mais fácil.
𝙀 𝙤 𝙢𝙖𝙞𝙨 𝙞𝙢𝙥𝙤𝙧𝙩𝙖𝙣𝙩𝙚: 𝙘𝙖𝙗𝙚-𝙩𝙚 𝙖 𝙩𝙞 𝙢𝙪𝙙𝙖𝙧 𝙤 𝙢𝙪𝙣𝙙𝙤 𝙥𝙖𝙧𝙖 𝙢𝙚𝙡𝙝𝙤𝙧.
Mesmo que, como espero, nunca tenhas que passar por essas situações, estarás preparado fisicamente e mentalmente para enfrentar o mundo e quem sabe corrigir alguns dos erros que as gerações anteriores cometeram. E mais importante, não voltar a cometê-los.
Acima de tudo, 𝙨𝙚̂ 𝙘𝙤𝙧𝙖𝙟𝙤𝙨𝙤, 𝙝𝙤𝙣𝙚𝙨𝙩𝙤 𝙚 𝙗𝙤𝙣𝙙𝙤𝙨𝙤 seja quais forem as circunstâncias da tua vida. Só assim podemos acreditar num futuro melhor e em paz.
Do teu professor, que acredita em ti “

(retirado do Facebook)

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2022/03/%f0%9d%98%be%f0%9d%98%bc%f0%9d%99%8d%f0%9d%99%8f%f0%9d%98%bc-%f0%9d%98%bc%f0%9d%98%bd%f0%9d%99%80%f0%9d%99%8d%f0%9d%99%8f%f0%9d%98%bc-%f0%9d%98%bc%f0%9d%99%8a%f0%9d%99%8e-%f0%9d%99%88%f0%9d%99%80/

7 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Luluzinha! on 7 de Março de 2022 at 23:20
    • Responder

    Sem a mínima paciência para este estilo melodramático. Além disso, agravado pelo português muito, muito duvidoso.

      • Lina on 29 de Junho de 2022 at 17:13
      • Responder

      Esta coisinha luluzinha coitadinha, deve ser uma pedrinha 🙁

    • hipocritas on 7 de Março de 2022 at 23:24
    • Responder

    Sim, aqueles jovens ucranianos podiam ser tu e os teus amigos modernos europeus e “sofisticados”, têm aspeto lavado, saudável, europeu, ariano e muito “classe média”, e é claro que quando a “classe média” se vê aflita é tudo um grande desastre. Já as notícias semanais de atentados bombistas no Médio Oriente a que temos assistido nos últimos anos na TV, é algo “normal”, bem como aqueles refugiados sebosos que vêm da Síria e de outros sítios “menos limpos”.

      • Lina on 29 de Junho de 2022 at 17:18
      • Responder

      O que vai valendo a essas vítimas de atentados bombistas no Médio Oriente, refugiados da Síria e etc são seres puros como tu, nada hipócritas, que se desdobram em iniciativas para os ajudar.

    • Papás on 8 de Março de 2022 at 11:30
    • Responder

    Alunos do pré-escolar?


  1. Excellent article! Congratulations on the information. 94797523


  2. You have a great site and content, I’m glad you liked it here. 83092454

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: