Pela equidade e justiça. 4 de outubro há Greve de Professores e Educadores

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/09/pela-equidade-e-justica-4-de-outubro-ha-greve-de-professores-e-educadores/

13 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Penso eu de que.... on 27 de Setembro de 2021 at 11:46
    • Responder

    Eu diria antes: “Por um fim de semana prolongadíssimo, greve no dia 4”.

      • Lucas on 27 de Setembro de 2021 at 12:05
      • Responder

      Não é um fim de semana prolongado porque perdes salário. Não te pagam o dia, perdes 80€

    • maria on 27 de Setembro de 2021 at 13:42
    • Responder

    Classe docente : amálgama/ promiscuidade

    a) Nos Ajuntamentos de Escolas ( e escolinhas) – vai da creche/ji ao Secundário! Aqui, qualquer um pode ser director , independentemente das suas qualificações ou nível ! Ah! e o mais iletrado pode pronunciar-se (avaliar) acerca da competência do doutor ou ser seu “coordenador” !!
    b) Carreira única : não distingue entre habilitações académicas ( ou falta delas) ; ou entre conteúdos funcionais – limpar o rabinho a crianças, entreter nee, chutar a bola ou fazer manualidadezinhas é igual a ENSINAR matérias universitárias, ou pré-universitárias ! (para cúmulo, em média, os primeiros têm um vencimento superior, por razões conhecidas)
    Só um mentecapto aceita esta igualdade , perdão, igualitarismo. O quadro é conhecido além fronteiras e ninguém acredita.

    Querem que um Professor do Secundário , com formação universitária, desça a Av. da Liberdade de braço dado com um “professor” que nunca pôs um pé no ensino superior e/ou anda a passar tempo?

      • Luluzinha! on 27 de Setembro de 2021 at 15:37
      • Responder

      Muito bem. Sempre considerei a carreira única revoltante e injusta.

      • gin on 27 de Setembro de 2021 at 22:11
      • Responder

      põe apenas os colegas de matemática e de física e química a terem bons ordenados pq só eles são os iluminados! aliás, eu para estar para aqui a escrever realmente foram os meus profs de secundário de matemática e de física que me abriram os olhos para a vida…acredita…se não fossem eles ainda estaria ali na sarjeta!
      tu ensinas o quê no secundário? ou na universidade? se não ensinas uma disciplina nobre como qq matemática ou física podes calar-te!

    • BB on 27 de Setembro de 2021 at 14:26
    • Responder

    Enquanto não houver um GOVERNO que ponha a mão nesta coisa da educação , os problemas não se resolvem nem nada tem solução. Corrupção, horários na manga para saírem quando der jeito , diretores medíocres e mal intencionados, programas e concursos estúpidos e iniquidades diversas. Só já falta a igualdade de género lecionada às nossas crianças.
    Os sindicatos não servem para nada ou sim, servem para descontar um dia de salário nos ordenados dos trabalhadores.
    Enfim, vou deixar a preguiça e prometo que me vou empenhar numa grande mudança. CHEGA
    Todos já vimos que governos socialistas e de esquerda só servem para nos deixar a todos pobres e miseráveis E cada vez mais pobres e mais miseráveis.

    • Maria Simões on 27 de Setembro de 2021 at 15:47
    • Responder

    Sou professora do básico e do secundário e estou muito descontente com o que vejo acontecer na minha escola todos os dias. Sinto-me muito revoltada por, apesar de ter sido avaliada com classificação acima de 9, não ter progredido para o 7.º escalão. Estou indignada por, apesar de ter dedicado 32 anos da minha vida, de forma muito empenhada e responsável, não poder chegar ao topo da carreira. Estou furiosa por ver colegas da minha escola, que não considero melhores do que eu, progredirem, e por ver outros, de outras escolas, com classificações inferiores à minha, progredirem também. Não me conformo e porque sei que de nada me vale lamentar-me em blogues e nas redes sociais, no dia 4 farei greve e no dia 5 estarei na manifestação. Claro que o dinheiro perdido me fará falta! Claro que chegarei a casa, da manifestação, extenuada, até porque habito a mais de 300 km de Lisboa!
    A todos aqueles que se sentem injustiçados: SENTADOS NO SOFÁ À ESPERA QUE OUTROS LUTEM PELOS NOSSOS INTERESSES, NÃO VAMOS A LADO NENHUM. ESTE É O MOMENTO DE SAIRMOS À RUA E DE MOSTRARMOS A NOSSA FORÇA! CHEGA DE ARRANJARMOS DESCULPAS!

    • António on 27 de Setembro de 2021 at 18:43
    • Responder

    Sou professor do primeiro ciclo e também não concordo com esta coisa da carreira única, especialmente depois de ler os comentários de tanta gente ignorante que por aqui anda a destilar ignorância profunda. Vocês são a vergonha do ensino em Portugal. De facto, vocês deviam estar numa carreira à parte.

    • Atento on 27 de Setembro de 2021 at 19:38
    • Responder

    NUNCA acontecerá qualquer valorização da profissão enquanto esta se desenvolver num regime antidemocrático. Já só falta aos diretores obrigarem os professores a ter o mesmo corte de cabelo que eles…
    A PRIMEIRA reivindicação teria de ser o regresso da democracia às escolas. Todas as lutas num regime ditatorial apenas tem como consequência mais perseguições. Nas escolas são já uma constante.
    Por que terão os sindicatos deixado cair a principal luta?

    https://capasjornais.pt/Capa-Jornal-Publico-dia-12-Agosto-2018-9909.html

    https://www.dn.pt/portugal/amp/pais-e-diretores-chumbam-mudancas-na-gestao-das-escolas-5688182.html

    Isto é MUITO PIOR que o chega!
    Como é possível tudo continuar na mesma?

      • BB on 28 de Setembro de 2021 at 11:35
      • Responder

      Em regimes socialistas quanto mais à esquerda pior.
      Quanto mais à esquerda mais ditadura e menos direitos humanos e mais corrupção. Não aceitam normas éticas nem morais, pois para eles é tudo uma construção social e preconceito. O fascismo é reconhecido por Nacional Socialismo.

      São liberais e desprovidos de qualquer pudor. Se eu estiver a olhar para a apresentadora de televisão e o seu decote mostrar as mamas eu deixo de ouvir o que ela diz para passar a avaliar a farda, fazer contas matemáticas e pensar na quantidade de tecido falta na sua roupa. Com os alunos passa-se a mesma coisa. Há pessoas que nunca deveriam ser professores/professoras e por aí deveria começar a avaliação de professores.

      Porque não se vestirão as mulheres ? Será que é preciso os talibãs virem cá dizer-nos que o CORPO HUMANO é templo do Espírito Santo e deve ser respeitado ? Reparem que homens masculinos estão sempre adequadamente vestidos . Então, não querem igualdade , homem /mulher ?

      Eu quero. Então vamos começar pela vestimenta e nada de promover o produto proibido e dar espetáculo gratuito.
      Os extremos ( direita/esquerda) tocam-se e são sempre maus.

    • António on 28 de Setembro de 2021 at 20:48
    • Responder

    BB, põe mais tabaco nisso.

    • Maria on 29 de Setembro de 2021 at 16:35
    • Responder

    Chamem-lhe o que quiserem, carreiras, remunerações, escalões… Agora que não entendo nem aceito que um contratado com 22 anos de serviço e, já agora, profissionalizado no grupo em que exerce, esteja no 1º escalão (167) enquanto outros com muito menos tempo de serviço estão no 2º escalão (188). A razão é porque estes últimos tiveram a sorte de 4 anos seguidos tiveram horário completo e anual!!! Sorte a deles, não?! A minha pergunta é qual a diferença entre ter 1461 dias de serviço nestas condições ou ter 1461 dias de serviço conseguidos não em horários completos e anuais?! Atenta às 50h de formação e avaliação de Bom… onde é que está a justiça disto?! Alguém diga…

    • pj Correia on 30 de Setembro de 2021 at 19:44
    • Responder

    Ui…
    Ia comentar, mas depois de ler o que para aqui anda, vale mais nem dizer nada.
    como dizia o herman José, “… nao chegam cem alicates…”

Responder a Maria Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: