Uma das condições essenciais para liderar é conhecer o setor – Luís S. Braga

 

Há uns anos contava-se uma piada sobre um boy, nomeado administrador hospitalar, que para mostrar serviço se saiu com um memorando a recomendar a redução de consumo a 50% de um produto referenciado nas requisições como NaCl 0,9%.
Era inaceitável o consumo de tantas embalagens de tão misteriosa referência.
Inês Ramires, a secretária de Estado do Ministério da educação, alçada de chefe de gabinete do ministro, jurista e sem qualquer formação espeficia em educação ou gestão de organizações educativas, caiu numa coisa do género. O seu espanto, numa reunião em que alguém se queixou de haver professores que, num ano, têm 300 ou 400 alunos está ao mesmo nível de ignorância.
Uma das condições essenciais para liderar é conhecer o setor. Por isso, os militares andam com tanto sucesso em funções de gestão: ninguém chega a general sem ter feito recruta.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2021/04/uma-das-condicoes-essenciais-para-liderar-e-conhecer-o-setor-luis-s-braga/

11 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Paulo on 21 de Abril de 2021 at 10:49
    • Responder

    So tachos. Olho da rua com essa! Nem como jurista serve, tirou o curso onde? Há muitas que são formadas na cama de alguém, não digo que seja o caso dela, mas que é estranho, é! É jurista e há dias colocou em causa a providência cautelar interposta e aceite!

    • Anabela on 21 de Abril de 2021 at 11:45
    • Responder

    Estamos muito bem servidos de ministros , secretários e diretores escolares.
    Podem dormir descansados.

    • Zaratrusta on 21 de Abril de 2021 at 12:52
    • Responder

    Sinais de um país atrasado.

      • Luluzinha! on 21 de Abril de 2021 at 19:14
      • Responder

      Ah, esta criaturinha continua a arrastar-se por aqui! Coitado.

        • Zaratrusta on 21 de Abril de 2021 at 21:24
        • Responder

        Deves estar a confundir-me com o teu pai.

    • Terra das Lágrimas on 21 de Abril de 2021 at 13:45
    • Responder

    É um bocadito desviado referir-se à cama de outrém mas quem sabe, sabe
    Era bom que na classe docente também houvesse recrutas no verdadeiro sentido da palavra para que aqueles que chegam a generais pudessem desempenhar efetivamente o cargo de general. É que muitas vezes o que pretendem é ganhar como general ( e note-se que a isso têm direito) mas mandam os cabos desempenhar as ditas funções.

  1. Já haviam os boys, agora temos as girls, sempre é melhor.

      • Luluzinha! on 21 de Abril de 2021 at 19:16
      • Responder

      “Já haviam”??? Enfim…

      1. Olá senhora polícia da gramática!

    • Carlos on 21 de Abril de 2021 at 20:51
    • Responder

    As Associações representativas dos professores visados em vez de andarem a lamber as botas aos secretários de estado , deveriam esfregar na cara deles as evidências.

    Por exemplo a associação de professores de informática, ANPRI, está á espera de quê?
    É só artistas…

    • Falar verdade on 22 de Abril de 2021 at 11:27
    • Responder

    Ministros, secretários de estado, assessores, …., muitos deles não sabem a história do 25 de abril de 74, nem sabem porque é que é feriado no dia 1 de dezembro. Estiveram pouco tempo nos bancos da escola e da vida e assumem cargos decisores e de maior importância para um país, estar a um alto nível de desenvolvimento e não limitar-se a copiar o que se faz “lá fora” e muitas vezes já fora de “moda” lá fora.
    É triste ser cidadão num país assim. É triste entrarmos todos os dias nas salas de aula com a esperança, mas a esperança de quê? que as gerações façam melhor. impossível!
    É triste quando levo os alunos em visita de estudo à AR, eles verem os piores exemplos, parece uma feira das vaidades.
    É triste neste país não se dar valor ao mérito e ainda haver chefes de estado que dizem que as gerações novas são as melhores, as gerações de Bolonha, as gerações que tiram mestrados e doutoramentos e não conseguem responder a uma pergunta simples da história de Portugal.

Responder a Rui Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: