Vagas Totais dos Externos Que Podem Não Ser Recuperadas

O próximo quadro apresenta o número de colocações nos concursos externos que não terão as suas vagas recuperadas caso o docente saía do lugar que ocupa ou ocupou no ingresso na carreira.

Alguns dos grupos de recrutamento mais recentes, como o 120 e o 360 tem praticamente todas as vagas de QZP a extinguir, não havendo possibilidade de ninguém entrar num destes grupos através do concurso interno para qualquer QZP.

Amanhã, ou no máximo na terça-feira iremos apresentar uma nova página que irá cruzar esta lista com as listas dos concursos internos para verificar que vagas já foram extintas e aquelas que ainda faltam extinguir.

Fiquem atentos.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/03/vagas-totais-dos-externos-que-podem-nao-ser-recuperadas/

8 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • 120 on 14 de Março de 2021 at 23:59
    • Responder

    Boa noite,
    Ignorante me confesso relativamente a este cenário de vagas recuperadas ou não. De que se trata?
    Ingressei em QZP para o grupo 120 que o post menciona em 2018/2019. Estarei em lugar cimeiro na lista e concorri agora para a escola onde lecciono já há seis anos no referido grupo, que apresenta neste concurso uma vaga positiva. Poderei nela ficar em QE/A? Ou não é possível?
    Mea culpa, nada compreendo dos últimos posts, que referem extinção de lugares, recuperação de vagas e coisas afins.
    Alguém [Arlindo?] me conseguirá esclarecer?

  1. Boa noite!
    A minha pergunta nada tem que ver com o tópico.
    Este ano não há um calendário com as datas previsíveis para as várias fases dos concursos?
    Obrigada

    • Dr Concursamba on 15 de Março de 2021 at 8:37
    • Responder

    Por 100 paus leio a resposta à sua pergunta nas tripas de uma galinha.

    Por 1000 paus faço um ritual que lhe garanta a vaga

      • 120 on 15 de Março de 2021 at 10:53
      • Responder

      E por 500 faria o favor de efectivamente esclarecer?

    • Ana on 15 de Março de 2021 at 17:05
    • Responder

    Se está nos primeiros lugares, é capaz de ficar em QA e não tem de se preocupar com a recuperação das vagas… Mas isto afeta muitos docentes, principalmente os QZP. O que isto quer dizer é que, sendo QZP no 01 e passando a ser QA, a sua vaga deveria ser recuperada e poderia ser ocupada por outro docente do mesmo grupo e categoria (QZP) que quisesse mudar para o seu QZP. Não havendo recuperação de vagas, a sua vaga em QZP extingue-se e ninguém a vai ocupar. Ora o que acontece, e como se pode ver no quadro do Arlindo, é que de TODAS as vagas do grupo 120 nenhuma vai ser recuperada, isto porque sendo o grupo recente todas as pessoas ficaram nos concursos citados…

      • 120 on 15 de Março de 2021 at 20:54
      • Responder

      Muito obrigado. Esclarecimento perfeito.
      Agora sim, compreendi!

      • dimad on 16 de Março de 2021 at 16:55
      • Responder

      A vaga extingue-se como? A necessidade continua a ser real, só se o número de alunos no agrupamento reduzir drasticamente, certo?
      Eu estou como QZP numa escola que não pediu nenhum QA para o meu grupo de recrutamento, se eu ficar colocada em QA noutra escola qualquer, a necessidade de ter uma professora no meu agrupamento mantêm-se. Essa vaga não pode ir para outro QZP na mobilidade interna? Se assim for vão sobrar QZPs, pois o número de vagas para QAs no meu QZP é muito reduzida…

    • SV2 on 15 de Março de 2021 at 17:42
    • Responder

    Gostaria de saber como no concurso interno de 2018 2018 aparecem tantas mudanças de QZP???? Olhem que só no grupo 540 são 4. Português é as dúzias. E desde 2027 não existiu nenhuma mudança de legislação.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: