adplus-dvertising

É uma Decisão da DireCtora e Prontos, Fiquem Bem!

Chega a dar dó de ver justificações destas para a realização de reuniões presenciais. Nem percebo a justificação da documentação ser entregue presencialmente quando existem outras formas de o fazer à distância, a não ser que se viva ainda no tempo da ata ser manuscrita em livro próprio.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/12/e-uma-decisao-da-directora-e-prontos-fiquem-bem/

21 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • ticmenos1 on 10 de Dezembro de 2020 at 19:12
    • Responder

    Deve ser uma diretora que acha que “aasinatura digital” é passar a assinatura manuscrita pelo scanner. No entanto – verdade seja dita – se exigisse assinaturas digitais aos membros do CT, estes infelizmente também se queixariam disso porque “não tiveram formação”. Não admira, no país em que uma empresa como a EDP ainda exige fotocópias do CC e assinaturas manuscritas. É o país em que as pessoas acham que ser “sofisticado” equivale a ser um parolo bem vestido bem cheiroso e com pópó desde os 18 anos.

    • Maria Batalha on 10 de Dezembro de 2020 at 19:30
    • Responder

    Há gente muito pouquinha … e ainda por cima mandam ! É a realidade das nossas escolas ! Alguns sabichões que tratam os outros como se fossem lacaios !

    • maria on 10 de Dezembro de 2020 at 19:48
    • Responder

    Isto tem de ser denunciado ! A criatura nem escrever sabe, meu Deus! É professora de quê ?

    Pelo menos terá de ser revelado o nome da escola – não se trata de um segredo de Estado. E o cidadão comum, ´que lhe paga com os seus impostos, tem o direito de saber .
    Em boa verdade, os professores têm a sua culpa a partir do momento que encobrem tamanha incompetência.

    • Cagando on 10 de Dezembro de 2020 at 20:07
    • Responder

    Nada se per nada se ganha

    Todos se transformam em MERDAS

    • Alecrom on 10 de Dezembro de 2020 at 20:39
    • Responder

    É já uma fase avançada do socialismo.
    O comunismo está ali à porta, lol.

    • Acordem on 10 de Dezembro de 2020 at 20:58
    • Responder

    A escumalha que gere as escolas é TODA igual.
    Infelizmente essa gentalha não é a covid das escolas, é o cancro.
    O mais grave é que muitos professores parecem não ter percebido…
    Para quando uma greve CONTRA essa escumalha?

    • Atento on 10 de Dezembro de 2020 at 21:18
    • Responder

    ——————
    ——————————

    Mais uma BESTA QUADRADA a dirigir momentaneamente um Agrupamento de Escolas.

    Tadinha!….é mesmo um MONTE DE ESTERCO….

    —————
    —————————-

      • João on 10 de Dezembro de 2020 at 22:31
      • Responder

      Deixe lá…. pelo concelho de Mafra existem várias bestas!!!!! Pelo menos UMA…

    • Vasco on 10 de Dezembro de 2020 at 23:09
    • Responder

    Os sindicatos e a DGS andam a dormir?
    E a CS?

    • João on 10 de Dezembro de 2020 at 23:29
    • Responder

    Faz sentido. A gente gosta é de reuniões à distância , incluindo com os pais. principalmente quando elas são gravadas (o que é sempre) e se diz o que não se deveria!

    • Maria on 11 de Dezembro de 2020 at 0:18
    • Responder

    Ninguém explica à senhora que o facto de comparecerem na escola apenas os diretores de turma e secretários para entregarem documentos é também uma forma de os proteger, aos próprios e a todos??? Não só essa deslocação acontece por breves momentos, como o facto de se deslocar apenas um número mínimo de docentes os protege, já que a outra opção é estarem os professores “todos a monte” numa sala por 2 horas ou mais!! Ainda bem que há diretores mais inteligentes, como o meu, por exemplo. Ninguém precisa de lhe fazer ver isso! 🙂

    • JJM on 11 de Dezembro de 2020 at 1:49
    • Responder

    Que justificação bizarra. Pessoa x tem determinada função. Para tal, tem que a realizar num determinado espaço. Isso é justo, é adequado.
    Pessoas a, b, c , têm determinada função, para tal não têm de estar no mesmo espaço que a pessoa x. Continua a ser justo, adequado. Justo é cada um fazer as suas funções no local adequado, neste caso a lei e o bom senso determinam a realização de teletrabalho sempre que possível, se não é possível para x, é possível para a, b, c,d.
    A Senhora Professora Diretora diz que é injusto???
    Pela lógica da senhora é injusto andar seco se alguém estiver à chuva.

    • Alecrom on 11 de Dezembro de 2020 at 2:44
    • Responder

    A classe dos que têm de ir e a classe dos que não têm de ir?

    A classe dos secos e a classe dos molhados?

    A sociedade sem classes,
    para ela,
    é uma fixação,
    lol.

    • ana on 11 de Dezembro de 2020 at 2:56
    • Responder

    «Ganda directora», ainda chega a ministra!

      • CJ on 11 de Dezembro de 2020 at 19:16
      • Responder

      …a reitora do iscte…

    • Maria Silva on 11 de Dezembro de 2020 at 9:52
    • Responder

    A dita DIRECTORA, revela incompetência a vários níveis; pouco domínio ao nível da escrita para o cargo que desempenha , falta de conhecimento ao nível das novas tecnologias, nenhum conhecimento ao nível da saúde, não tem respeito pelo outro é insensível….
    É prepotente, não é merecedora do cargo…
    É daquelas pessoas pessoas que está neste cargo porque ninguém quer….
    No dia em que o seu reinado terminar, vai ser ignorada por muitos que hoje lhe prestam vassalagem…
    Que a Covid19 se encarrega de mostrar na vida tudo é “efêmero”.
    Alguém disse ” Tudo na vida cansa menos o poder”……😢

    • João Faria on 11 de Dezembro de 2020 at 10:31
    • Responder

    Eu recusava-me…ponto.
    Quem sofre este tipo de pressões deve reencaminhar isso para os sindicatos, comunicação social e ministério.
    Existe um estado de emergência !!!

    Esta gente envergonha a nossa classe. Até tenho dificuldade em adjectivar…

    Eu sou DT e não tenho de fazer nada presencial. Na minha escola felizmente há bom-senso.

    • Fernando Figueiredo on 11 de Dezembro de 2020 at 11:03
    • Responder

    Pelos vistos, esta Sr.a Diretora nunca deve ter sido Diretora de Turma, pois esquece todas as enormes tarefas burocráticas e de atendimento aos Encarregados de Educação, muito para além das horas que são atribuídas. Aí não há desigualdades para com os restantes colegas?
    E quando as reuniões presenciais acabam muito para além da hora e isso exige, na mesma, que o DT volte no dia seguinte para entregar documentação?
    No meu Agrupamento chegámos à conclusão que fazermos as reuniões online permite efetuar um maior número de reuniões durante o dia, reduzindo os dias de reunião de três para dois. Não existirá aqui alguma sensibilidade? Não gosto da palavra igualdade!!!

    • Toni on 11 de Dezembro de 2020 at 14:48
    • Responder

    O problema é o clima geral de passividade que se vive em algumas escolas. Há colegas que têm medo dos diretores, dos encarregados de educação, dos alunos… Quando uma ordem que é dada viola os direitos fundamentais e/ou a dignidade de um profissional e, acima de tudo, ser humano, só há uma coisa a fazer-desobedecer. Desobecer é, em muitos casos a única via é um acto de cidadania consciente que nos protege a nós próprios e aos outros. Os tiranos só existem porque há quem se sujeita a ser pisado e quem goste de lamber botas.

    • José Paulo on 11 de Dezembro de 2020 at 15:13
    • Responder

    Neste caso, não deve existir confidencialidade da dita cuja.
    No estado de emergência em que o país se encontra o Arlindo, que me desculpe, mas deve prestar um serviço público de denunciar o nome da direCtora desta Escola às autoridades.
    Não pode passar impune!
    Como docente e cidadão peço que tal seja tornado público, como verdadeiro exemplo de más práticas, para que os seus responsáveis sejam de imediato suspensos e, caso se comprove o teor deste email/ordem de serviço, igualmente punidos.

    • Alberto Miranda on 11 de Dezembro de 2020 at 18:16
    • Responder

    Soube, que num agrupamento do Grande Porto, houve um diretor que impunha as reuniões presenciais aos docentes.
    Entretanto, esse senhor diretor apanhou o covid, de tal forma, que o seu estado de saúde ficou grave que até teve que ficar internado num hospital. Depois, mudou completamente de postura (todas as reuniões passaram a ser à distância).
    Lições de vida…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: