Um mês e meio depois do início das aulas, continua a haver falta de professores

Numa escola em Lisboa, há turmas do segundo ciclo só com duas disciplinas.

Mais de metade dos alunos que entram todos os dias na Escola Básica de São Vicente, em Lisboa, têm falta de professores. A Associação de Pais diz que há 400 estudantes sem algumas aulas.

O segundo ciclo é o mais afetado. No sexto ano, há turmas que não têm seis ou quatro disciplinas.

A SIC tentou contactar o Agrupamento de Escolas Vergílio Ferreira e o Ministério da Educação, mas não obteve resposta, até ao fecho desta reportagem.

Clique na imagem

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/10/um-mes-e-meio-depois-do-inicio-das-aulas-continua-a-haver-falta-de-professores/

1 comentário

    • Serena on 26 de Outubro de 2020 at 19:40
    • Responder

    Se os jornalistas fizessem o seu trabalho como deve ser, teriam ido à página do agrupamento na internet e já sabiam o que a Escola tinha feito:
    https://www.aevf.pt/index.php/esvf

    E mais, até tinham tido acesso aos “Avisos de Abertura e Listas de Ordenação”:
    https://drive.google.com/drive/folders/18ywwqmEUexmv6Vde4urLuQ8OHYQGqtUy

    Deviam preocupar-se mais em questionar o ministro (essa nulidade confrangedora) e outros elementos do ME…

Responder a Serena Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: