Escolas vão continuar de portas fechadas

 

O primeiro-ministro considera que não existem ainda condições para retomar já as aulas presenciais e que as escolas deverão continuar de portas fechadas, mantendo-se as medidas de contenção para alunos e professores.

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/04/escolas-vao-continuar-de-portas-fechadas/

1 comentário

    • Zaratrusta on 8 de Abril de 2020 at 0:29
    • Responder

    Gostaria de deixar aqui algumas questões ao sr. 1º ministro relacionadas com a sua intenção de abrir as escolas para os alunos do ensino secundário regular no dia 4 de maio.
    Sr. 1º Ministro
    – Se tivesse um filho no 11º ou 12º ano permitiria que ele regressasse à escola na situação atual?
    – Sabe que os professores do secundário têm média de idades superior a 50 anos e muitos com doenças crónicas?
    – Sabe que estes professores e estes alunos têm familiares?
    – Sabe que muitos alunos são transportados para as escolas em transportes coletivos e que estes recursos são limitados?
    -Sabe que os alunos só aprendem em ambientes calmos, sem preocupações de qualquer ordem e em tranquilidade emocional?
    – Conhece os recursos de que as escolas dispõem para poderem garantir uma isenção de risco?
    – Sabe qual o número de alunos por turma e a dimensão das salas?
    – Os alunos e professores vão utilizar equipamento de proteção (p.e. máscaras)?
    – Sabe que são cerca de 300 000 alunos que necessitarão de 600 000 máscaras por dia?
    – Está preocupado com as aprendizagens ou apenas com os exames?
    – Conhece o grau de dificuldade dos exames nacionais?
    – Tem noção que uma preparação para um exame requer tempo de ensino e aprendizagem; tempo para se relacionarem e consolidarem conhecimentos; tempo de estudo sem qualquer instabilidade e com datas bem definidas e atempadamente programadas?
    – Sabe que os exames incidem sobre conteúdos de 2 e 3 anos letivos?
    – Sabe que existe um regime especial de acesso ao ensino superior que dispensa da realização de exames determinados públicos?
    – Sabe que esses públicos são aqueles que menos preparados estão para frequentar o ensino superior?
    – Tem consciência que irá utilizar estes alunos, professores e familiares como cobaias para verificar se estamos a entrar na normalidade?
    – Pretende sobrepor os exames à vida e à saúde?
    – Tem noção que os dados em que se baseia, relacionados com a COVID 19, poderão não ser reais?

    Sr. 1º ministro, temo que, como sempre, o país das suas decisões não seja o país real.

Responder a Zaratrusta Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog