Visitas de estudo ao estrangeiro – Alerta da DGESTE

Exmos. Senhores Diretores de Escola/Agrupamento de Escolas

Exmos. Senhores Presidentes de CAP

Face às notícias sobre a propagação do vírus Covid- 19 (coronavirus) e apesar de não haver ainda por parte das autoridades de saúde restrições de deslocação para fora do país, a DGESTE aconselha a ponderação sobre a oportunidade e conveniência de se realizarem visitas de estudo e outras deslocações ao estrangeiro, em particular a países ou a zonas com maior incidência de casos de infeção.

Os países e locais com maior incidência de casos de infeção, esclarecimentos de dúvidas, recomendações e informações devem ser consultadas na página da DGS que será atualizada sempre que se justifique.

Com os melhores cumprimentos

Maria Manuela Pastor Faria

Diretora-Geral dos Estabelecimentos Escolares

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/02/visitas-de-estudo-ao-estrangeiro-alerta-da-dgeste/

6 comentários

3 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Ana Marques on 26 de Fevereiro de 2020 at 18:35
    • Responder

    Recomendação? Então, têm autoridade para determinar tanta coisa e só recomendam ponderação nas visitas de estudo? Não proíbem? As consequências ficam com os professores. Viagens pagas pelos pais que podem exigir reembolso aos professores, sem qualquer problema para as ditas autoridade (apetecia-me escrever outra coisa).
    Sou professora e acabei de vir de uma zona afetada pelo coronavírus. Tentei perceber como devia agir: à chegada ao aeroporto nada aconteceu, ninguém me abordou, contactou ou informou. Fui eu que procurei informação. Telefonei para as informações da saúde 24, mas como passava das 22h00, estava fechada. Quando consegui contactar obtive as informações gerais: cuidados de higiene e ir trabalhar (mesmo depois de informar que era professora e trabalhava numa comunidade de cerca de 700 pessoas. Tudo ficou entregue à minha consciência. Falei para a escola que ficou alarmada. Procuraram saber como agir junto de “autoridades” acima deles e pelo telefone (nada por escrito) consideraram que devia ficar afastada. Perguntei: essa informação vai ser dada por escrito? Talvez não, obtive como resposta. Tenho como justificar para as faltas? É que devem ser 14 dias, certo? Conclusão, terei de encontrar um médico que aceite passar um atestado “falso”(não tenho qualquer sintoma de doença) e ficar sem receber, pelo menos nos 3 primeiros dias. Tudo por uma questão de consciência. Enquanto isso, o resto do meu grupo (alguns professores) apresentou-se no trabalho (escola) e a alguns até pediram “segredo”. Podia contar ainda mais, mas por enquanto fico por aqui. Só quero comparar Portugal e Itália: enquanto estivemos por lá, recebemos muitos contactos de familiares aflitos, alarmados, mas no país nada vi fazer. Em Itália, tudo a funcionar sem alarmismo, mas as medidas a serem tomadas.

      • Sorceress on 27 de Fevereiro de 2020 at 0:23
      • Responder

      Ana , deves contactar os meios de comunicação imediatamente!!!
      Só assim vais conseguir fazer quarentena e forçar os teus outros colegas a também fazer quarentena!!!!!
      E só assim vais ficar em paz com a tua consciência.

      Mesmo que consigas que um médico te passe um atestado, os teus colegas vão para escolas amanhã!!!!!!!!!
      Tu sabes disso, e se queres ficar bem com a tua consciência tens de fazer tudo para impedir que tal aconteça!!!!!

      Se esta situação se tornar do domínio público as autoridades vão atuar rapidamente e certamente terás direito à quarentena, assim como os teus colegas. Não acredito que o governo queria ver as nossas escolas infetadas…. eles simplesmente não sabem e dada a urgência da situação só através dos meios de comunicação (correio da manhã, SIC, TVI, RTP)eles vão descobrir o que se passa e só assim conseguirás evitar uma potencial tragédia em tempo útil!!!!!

    • on 26 de Fevereiro de 2020 at 21:13
    • Responder

    lavaste as maos com sabao azul e branco?
    pois…
    tens de ouvir o nosso ministro

    • henrique on 27 de Fevereiro de 2020 at 9:36
    • Responder

    é esta a preparação do nosso país….ninguém entre ministros se entende….o tiaguinho até se colocou dentro da toca…….A ministra da saúde não quer saber disto para nada e o sr. primeiro ministro está mais interessado com as consequências da economia e do novo aeroporto.
    Os professores continuam por sua própria conta e risco….

    • Madalena on 28 de Fevereiro de 2020 at 18:38
    • Responder

    É verdade que nos estamos a aproximar (daqui por 1 mês) das viagem de finalistas onde milhares de jovens se vão deslocar para diversos destinos, principalmente sul de Espanha.
    Os pais pagaram as viagens, normalmente quem trata destas viagens não são as escolas mas sim uma determinada agência…como é lógico se forem eles a desmarcar as viagens tem que assumir a restituição do dinheiro aos pais (é disto que a agência vive e numa altura destas com locais já fechados para estes grupos tem já feitos muitos pagamentos) … os pais não deixam os filhos irem alegando o motivo que todos sabemos…mas também sabemos que muitos vão…e quando vierem?! Não poderam trazer o covid 19 para aqueles que ficaram a carpir a desilusão de não terem ido? E para a restante comunidade escolar?
    Não seria mais lógico haver uma proibição governamental? A restituição do valor das viagem? Existem seguros? Uma vez que isto é uma situação que ninguém tem culpa (pelo menos nós, o Zé Povinho) porque não entrar em acordo com as agência e lhes ser devolvido uma determinada parte da viagem….
    Sei e acho sinceramente que não há necessidade de panico mas cabe a todos (comunidade) evitar a sua propagação (pois temos que nos lembrar que já matou mais de 2800 pessoas)

    • Balzaca on 6 de Março de 2020 at 18:13
    • Responder

    A DGEST confundir a patologia com o vírus, não fica bem no retrato…


  1. […] Acedam ao comunicado aqui. […]


  2. […] Fonte: Arlindovsky […]


  3. […] Face às notícias sobre a propagação do vírus Covid- 19 (coronavirus) e apesar de não haver ain… […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog