A outra vida das escolas primárias nos Açores

 

No lugar da escola há um supermercado. Em 20 anos fecharam 56 primárias

Com a concentração de alunos em mega-agrupamentos, as antigas escolas primárias dos Açores fecham e passam a ter novas utilizações. Houve vendas em hasta pública mas a maioria das 56 escolas é utilizada por entidades públicas.

A antiga escola primária de Vila Nova, no concelho de Praia da Vitória, na ilha Terceira, é o exemplo de como os estabelecimentos de ensino criados na década de 1940 – com o Plano dos Centenários que visava combater o analfabetismo – têm hoje um outro fim. O edifício foi alienado pelo município em hasta pública e acabou transformado num supermercado.

Nos últimos 20 anos, em que foi posto em prática o plano de mega-agrupamentos, encerraram 56 escolas primárias no arquipélago dos Açores, de acordo com uma reportagem da RTP Açores.

Além da concentração em escolas maiores, há cada vez menos crianças nas periferias e as escolas de freguesias mais pequenas acabam encerradas. Os alunos existentes foram transferidos para os novos mega-agrupamentos.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/12/a-outra-vida-das-escolas-primarias-nos-acores/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: