Greve, a partir de 14 de outubro, às horas extraordinárias

Por uma semana de 35 horas reais…

 

Download do documento (PDF, 183KB)

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/10/greve-a-partir-de-14-de-outubro-as-horas-extraordinarias/

3 comentários

    • Frankie on 10 de Outubro de 2019 at 16:07
    • Responder

    Os sindicatos dos professores querem que os docentes tenham um horário semanal de 35 h? Mas algum trabalha essas horas todas? Não brinquem com coisas sérias.

    E também vão lutar por 22 dias de base de férias? querem manter o numero de dias livres absurdo que tem durante o ano? A começar pelo famoso dia de folga semanal

    • Holy Johnson on 5 de Novembro de 2019 at 14:26
    • Responder

    Eu trabalho em média essas 35 horas. O meu dia não letivo é ocupado, este ano, a supervisionar formação de professores, entre outras tarefas mais a formação obrigatória. Os “dias livres” a que se refere não são os mesmos das férias dos alunos. Nós temos reuniões de avaliação e outras ocupações quando os alunos não estão nas escolas. Mais ainda: eu não adiro a esta greve. Falo por mim, mas a maior parte dos meus colegas subscreveria o que eu digo.

    • Holy Johnson on 5 de Novembro de 2019 at 14:27
    • Responder

    P.S.: Esta profissão é de elevado desgaste, mas a reforma vem aos 66 anitos, sabia? Gostava que experimentasse estar um dia no meu lugar, para ver se é a facilidade que imagina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog