24 de Abril de 2019 archive

PREVPAP – Quase 4.000 funcionários das escolas entram para os quadros

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Quase 4.000 funcionários das escolas entram para os quadros

 

Quase quatro mil assistentes operacionais com contratos precários nas escolas tiveram parecer favorável no PREVPAP, anunciou esta quarta-feira a secretária de Estado da Educação, Alexandra Leitão.

Quase quatro mil assistentes operacionais com contratos precários nas escolas tiveram parecer favorável no Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP), anunciou esta quarta-feira a secretária de Estado da Educação, Alexandra Leitão.

São 3.903 os funcionários das escolas que concorreram ao programa do Governo para regularizar a seu vínculo profissional e que já tiveram parecer favorável, segundo números avançados hoje por Alexandra Leitão durante a audição do ministro da Educação sobre a falta de pessoal nas escolas, requerida pelo PCP, que está a decorrer no parlamento.

Segundo Alexandra Leitão, há 2.100 trabalhadores cujo concurso já está terminado, outros 600 cujos processos estão “em período de homologação” e outros “1.100 que já têm parecer favorável e aguardam a homologação”, afirmou, explicando que estes últimos são processos mais complicados por se tratar de assistentes operacionais que trabalham em tempo parcial.

As explicações da secretária de Estado da Educação foram feitas depois das declarações do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues: “Já homologuei quase três mil assistentes operacionais que tinham a sua situação precária e que puderam fazer parte agora da administração pública”.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/04/prevpap-quase-4-000-funcionarios-das-escolas-entram-para-os-quadros/

Ordinária Foi a Participação do Tiago…

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Algazarra leva presidente da Comissão de Educação a ameaçar interromper trabalhos

 

Discussão acalorada durante audiência regimental do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, leva Alexandre Quintanilha a avisar os deputados de que não tolerará mais agitação

O presidente da Comissão de Educação e Ciência, Alexandre Quintanilha, ameaçou nesta tarde interromper os trabalhos durante uma audiência regimentar ao ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, devido ao ambiente próximo da algazarra que se instalou nos trabalhos.

Na audiência, em que um dos temas em destaque é a devolução do tempo de serviço congelado aos professores, Tiago Brandão Rodrigues trocou argumentos exaltados com a deputada do PSD, Margarida Mano.

Esta acusou o ministro de se “irritar” com facilidade, com o governante a responder que, embora a deputada social-democrata de facto não demonstrasse a mesma irritação, tinha trazido ao debate “um conjunto de questões irritantemente demagógicas e irresponsáveis”.

Com Pedro Alves a protestar em voz alta, o ministro dirigiu então atenções para o deputado social-democrata, acusando-o de estar “sempre a vociferar do fundo da sala”.

Os ânimos continuaram exaltados com Porfírio Silva, PS, a dirigir-se também em tom exaltado a Margarida Mano mas depois a considerar “intolerável que a Comissão de Educação se torne sistematicamente nesta ‘voziaria”.

“Voziaria” é um termo utilizado frequentemente pelos deputados para caracterizar reuniões em que muitas pessoas falam ao mesmo tempo e pouco se entende.

Alexandre Quintanilha concordou. Exigindo silêncio e moderação aos presentes, o presidente da comissão avisou: “De cada vez que entrarmos nesta voziaria, interrompo os trabalhos da comissão, e se continuarmos [com esta agitação] interrompo a audição parlamentar ao senhor ministro”:

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/04/ordinaria-foi-a-participacao-do-tiago/

Centeno explica contas dos professores na próxima terça-feira

Centeno explica contas dos professores na próxima terça-feira

 

E que tal  fazerem as perguntas que devem?

Aposto que vão ficar caladinhos que nem ratos…

Será Que Há Coragem Para Fazer As Perguntas Certas Ao Ronaldo Centeno?

 

Entretanto o Macselfie que opina sobre tudo e mais alguma coisa se tivesse calado fazia melhor figura – este já está em roda livre, a idade e a falta de sono é o que dá, cada tiro cada melro…:

PR diz que contagem de tempo dos professores pode tornar-se “caderno de encargos” para futuros governos – ECO

 

PS:

FENPROF critica declarações de Marcelo Rebelo de Sousa sobre professores – País – RTP Notícias

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/04/centeno-explica-contas-dos-professores-na-proxima-terca-feira/

E Depois São os Professores que o Levam – Portugueses pagaram a quinta maior fatura com a banca

O Centeno que vá dar meia volta!

Portugueses pagaram a quinta maior fatura com a banca – Finanças Públicas – Jornal de Negócios

Mais de 19 mil milhões de euros – foi quanto já entregaram os portugueses à banca nacional, desde 2007 a 2018. A ajuda ao sistema financeiro representa 9,5% do PIB português e é a quinta fatura mais alta da Zona Euro.

Os dados foram publicados ontem pelo Eurostat e mostram que, em 12 anos, os países da moeda única gastaram cerca de 2% do seu PIB em apoio ao sistema financeiro.

 

PS:

E a gerigonça tem feito o quê para mudar?

O exorbitante privilégio da Banca

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/04/e-depois-sao-os-professores-que-o-levam-portugueses-pagaram-a-quinta-maior-fatura-com-a-banca/

S.T.O.P cria fundo de greve em iniciativa inédita no sindicalismo docente

S.T.O.P cria fundo de greve em iniciativa inédita no sindicalismo docente – Atualidade – SAPO 24

O Sindicato de Todos os Professores (S.TO.P) anunciou hoje a criação de um fundo de apoio a situações de greve, tornando-se no primeiro sindicato docente a ter um fundo de greve, de acordo com o coordenador do S.TO.P, André Pestana.

Em declarações à agência Lusa, André Pestana referiu que a criação do fundo de greve é uma iniciativa inédita ao nível dos sindicatos de professores, tendo a medida sido já aprovada pela assembleia-geral do S.TO.P, em finais de março, e depois de uma revisão dos Estatutos efetuada em dezembro de 2018.

Na criação deste fundo de greve dos professores, o S.TO.P teve o apoio jurídico do advogado e especialista em Direito do Trabalho Garcia Pereira, estando previsto que 25% do balanço positivo que aquele sindicato alcançar reverta para o fundo de greve.

O mesmo responsável disse estar em aberto a possibilidade de o fundo agora criado poder vir a apoiar professores em greve que não sejam associados do S.TO.P.

André Pestana salientou que o fundo de greve é um dos caminhos para ajudar os professores a encetar lutas fortes e prolongadas em defesa dos seus direitos e carreiras, numa altura em que é patente a descrença da classe nos sindicatos tradicionais do setor.

O S.TO.P considera que “há cada vez mais docentes não sindicalizados e sem esperança nos sindicatos tradicionais, face a sucessivos momentos em que todos os sindicatos não têm estado à altura das oportunidades e necessidades da classe docente”.

André Pestana lembrou que o S.TO.P foi criado há pouco mais de um ano e que já desenvolveu diversas ações públicas, incluindo a que serviu para alertar para a violência contra os professores e para a questão do amianto nas escolas.

O S.TO.P declara-se como um sindicato que está contra a interferência de agendas partidárias na luta dos docentes e a utilização de “formas de luta obsoletas” e de “para-arranca”, que, no entender dos seus dirigentes, leva à descrença dos professores nos sindicatos tradicionais e à desmobilização da classe.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/04/s-t-o-p-cria-fundo-de-greve-em-iniciativa-inedita-no-sindicalismo-docente/

Grupos 320 e 330 – Escola de Sargentos do Exército

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Não é para marcar a revolução em segredo, é mesmo para a mobilidade de 3 (seis?) docentes e na qual termina o prazo já no próximo dia 29 de abril.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/04/grupos-320-e-330-escola-de-sargentos-do-exercito/

45.160.500€ para as escolas com contratos de associação

Rui Cardoso

Latest posts by Rui Cardoso (see all)

 

Comunicado do Conselho de Ministros de 24 de abril de 2019

4. Foi autorizada a realização de despesa relativa aos apoios decorrentes da celebração de contratos de associação para o ciclo de ensino compreendido nos anos letivos 2019/2020, 2020/2021 e 2021/2022, até ao montante global de €45.160.500,00. Os contratos de associação visam colmatar as falhas de rede nas áreas geográficas carenciadas de oferta pública escolar, na sequência da análise da rede escolar para o ano letivo de 2019/2020.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/04/45-160-500e-para-as-escolas-com-contratos-de-associacao/

O Aviso de Marcelo…

Rui Cardoso

Latest posts by Rui Cardoso (see all)

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/04/o-aviso-de-marcelo/

Termima hoje o prazo para requerer a Mobilidade por Doença 2019/2020

Rui Cardoso

Latest posts by Rui Cardoso (see all)

 

Termina hoje, às 18h00 (hora de Portugal Continental), o prazo para efetuar a formalização do pedido de mobilidade por doença para o ano 2019/2020, na plataforma SIGRHE.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/04/termima-hoje-o-prazo-para-requerer-a-mobilidade-por-doenca-2019-2020/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog