Profissionais sem exames de acesso ao superior? E os outros?

Os alunos que frequentam cursos profissionais vão ter percentagem de vagas atribuídas para acesso ao ensino superior.

Já há quem brade aos céus que esta medida é de favorecimento de quem não se esforçou, de quem viu as suas avaliações inflacionadas, etc. e tal…

Ainda não se sabe quais os requisitos necessários e toda a gente berra, toda a gente grita.  O que está aqui em causa é aplicar o programa de ingresso para maiores de 23 aos alunos oriundos dos cursos profissionais, nada mais do que isso.

Discutam e berrem pelo que devem. Que tal serem as Universidades e Institutos Politécnicos a decidir os critérios para a admissão nessas instituições? (com pré-requisitos e tudo…) Talvez criássemos, ainda, melhores profissionais (para exportarmos, é claro).

 

Alunos do profissional vão poder entrar na universidade sem exames

Novo regime de acesso deve ser experimentado já no próximo ano. Caberá às instituições definirem os critérios de seleção

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/03/profissionais-sem-exames-de-acesso-ao-superior-e-os-outros/

3 comentários


  1. É uma espécie de import / export.
    Negócios… ao fim e ao cabo.
    Os alunos do ensino profissional irão todos emigrar para a Venezuela do Maduro?

    • António on 26 de Março de 2019 at 0:49
    • Responder

    As universidades definirem quem lhes tem acesso? NUNCA!
    É preciso explicar porquê?

    • Nuno on 26 de Março de 2019 at 11:32
    • Responder

    O que eu leio é um indivíduo a berrar a favor de acabar com exames de acesso ao superior, não apresenta nenhum argumento a favor, não fundamenta nada, não lê os argumentos dos outros, apenas berra que os outros discordam.

Responder a António Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog