adplus-dvertising

Novembro 2018 archive

Comparação Contratados nos últimos 2 anos

A tabela seguinte apresenta a comparação entre contratações nos anos 2017/2018 e 2018/2019 até à RR9.

Houve este ano (até à RR9) menos 2506 contratações relativamente ao ano anterior. Os grupos 110, 500, 120, 230 e 910 foram os grupos onde essa diminuição mais se fez sentir.

Há grupos onde essa diminuição é natural uma vez que houve muitas vinculações (110, 120 e 910), contudo isso já não explica o que tem acontecido nos grupos de Matemática (230 e 500) e em menor escala, nos de Português (210, 220 e 300).

Destacam-se pela positiva alguns grupos que tiveram um aumento ligeiro de colocações, como é o caso do 400 e 510.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/11/comparacao-contratados-nos-ultimos-2-anos/

Concentração e plenário de Professores em Lisboa 2/11/2018

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/11/concentracao-e-plenario-de-professores-em-lisboa-2-11-2018/

379 Contratados Colocados na RR9

Foram colocados 379 contratados na Reserva de Recrutamento 9, distribuídos por grupo de recrutamento e tipo de horário de acordo com a seguinte tabela:

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/11/379-contratados-colocados-na-rr9/

Reserva de recrutamento n.º 9

 

Publicitação das listas definitivas de Colocação, Não Colocação, Retirados e Lista de Colocação Administrativa – 9.ª Reserva de Recrutamento 2018/2019.

Aplicação da aceitação disponível das 0:00 horas de segunda-feira, dia 5 de novembro, até às 23:59 horas de terça-feira, dia 6 de novembro de 2018 (hora de Portugal continental).

Consulte a nota informativa.

 

SIGRHE – aceitação da colocação pelo candidato

 Nota informativa

Listas

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/11/reserva-de-recrutamento-n-o-9/

Recomendação ao Governo para que contabilize todo o tempo de trabalho dos docentes contratados a exercer funções a tempo parcial para efeitos de segurança social

 

Resolução da Assembleia da República n.º 298/2018

Recomenda ao Governo que contabilize todo o tempo de trabalho dos docentes contratados a exercer funções a tempo parcial para efeitos de segurança social

A Assembleia da República resolve, nos termos do n.º 5 do artigo 166.º da Constituição, recomendar ao Governo que:

1 – Dê orientações claras às escolas quanto à fórmula de cálculo dos dias de trabalho dos docentes com contrato de trabalho a termo resolutivo para efeitos de declaração aos serviços da segurança social.

2 – Garanta que são contabilizados de forma justa e proporcional todos os dias úteis declarados, quer eles resultem do exercício de funções docentes desenvolvido numa única escola ou em mais do que uma.

Aprovada em 12 de outubro de 2018.

O Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/11/recomendacao-ao-governo-para-que-contabilize-todo-o-tempo-de-trabalho-dos-docentes-contratados-a-exercer-funcoes-a-tempo-parcial-para-efeitos-de-seguranca-social/

Informação sobre a greve a 2 de novembro

Afinal o ME não tem o mesmo entender sobre prazos de entrega dos Pré-avisos de Greve que os sindicatos. Isto lançou a confusão entre os professores, uma vez que, esta informação não foi publicitada da mesma forma que o Pré-aviso de Greve. Depois de muito pesquisar lá se encontrou a razão para tamanha confusão. Perante isto (no extrato da noticia, do DN que se encontra abaixo) fica ao critério de cada um a decisão a tomar amanhã, embora não sejam noticias num jornal que tornam uma greve legal ou ilegal.

 

Na nota enviada à Lusa pelo ME, a tutela explica ainda que comunicou aos sindicatos que o pré-aviso de greve entregue para o dia 02 de novembro não chegou com os 10 dias de antecedência que o Governo entende serem os exigidos na lei.

“Independentemente da tipologia e duração da greve, entende ser sempre devida a observância da antecedência de 10 dias úteis na emissão de avisos prévios de greve no setor da Educação, pelo que a inobservância desta formalidade poderá determinar os efeitos previstos no Código do Trabalho em matéria de justificação das ausências dos trabalhadores”, lê-se na nota.

Mário Nogueira admitiu que os sindicatos avancem mais uma vez para tribunal para contestar o entendimento do ME, mas sublinhou que este pré-aviso específico é diferente dos entregues para a greve ao trabalho extraordinário e tem meramente um caráter preventivo, para permitir a participação dos professores no plenário sindical organizado pela plataforma frente à Assembleia da República, na tarde em que o ministro Brandão Rodrigues vai ao parlamento discutir na especialidade a proposta de Orçamento do Estado para o setor.

Segundo Mário Nogueira, não será necessário nenhum professor fazer uso deste pré-aviso para poder marcar presença, uma vez que a lei permite aos docentes 15 horas por ano letivo para participação em atividade sindical, que dificilmente algum professor terá já esgotado, uma vez que o ano vai no início.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/11/informacao-sobre-a-greve-a-2-de-novembro/

Aos deputados “solidários” do costume…

 

É comum, cada vez que os professores se manifestam em frente da Assembleia da Republica, aparecerem uns deputados e deputadas para se mostrarem às televisões.

Amanhã gostava que fizessem o mesmo, descessem a escadaria e enfrentassem os professores, pode ser que ouçam umas verdades pela cara a dentro…

 

Para relembrar… há um mês era assim.

Bloco só aprova Orçamento se houver dinheiro para contar tempo de serviço dos professores

 

Na terça-feira foi de maneira diferente…

O Orçamento do Estado para 2019, o último da legislatura, foi hoje aprovado, na generalidade, com os votos do PS, BE, PCP, PEV e PAN.

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/11/aos-deputados-solidarios-do-costume/

Esclarecimento da FENPROF sobre a Greve iniciada a 29 de outubro e Plenário de 2 de novembro

 

Novo esclarecimento sobre a greve que se iniciou em 29 de outubro e sobre o plenário nacional de 2 de novembro

Face a dúvidas provocadas por posições deliberadamente equívocas do Ministério da Educação, a FENPROF esclarece:

– A greve que se iniciou em 29 de outubro e prosseguirá enquanto não houver resposta positiva para as justas reivindicações dos professores tem convocatórias diárias, não tendo sido levantada qualquer questão relativamente à sua legitimidade.

– Se, aderindo a esta greve, o professor não comparecer a uma atividade não assinalada no seu horário (reunião ou ação de formação) não deverá ser efetuado qualquer desconto na remuneração, visto ter cumprido integralmente o horário de trabalho estabelecido. Se verificar que a escola efetuou algum desconto deverá, de imediato, contactar o seu Sindicato.

– No dia 2 de novembro, os professores que, participando no Plenário Nacional que se realizará junto à Assembleia da República, faltarem ao serviço, por norma, justificarão a ausência ao abrigo da lei sindical. Ser-lhes-á distribuída a justificação no local, que deverão entregar na escola, não havendo lugar a qualquer desconto ou outro tipo de consequência. O recurso à greve será excecional e o pré-aviso entregue pelas organizações sindicais destina-se, apenas, a situações em que o professor não possa justificar a ausência ao serviço de outra forma.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/11/esclarecimento-da-fenprof-sobre-a-greve-iniciada-a-29-de-outubro-e-plenario-de-2-de-novembro/

Pelo Público – Formação ou propaganda?

Opinião / Paulo Guinote

Formação ou propaganda?

A “formação” de professores confunde-se hoje com uma variante de comício, com direito a discursos sem contraditório e aclamação de pé.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/11/pelo-publico-formacao-ou-propaganda/

Os Boatos mal intencionados sobre a Greve de 2 de novembro

 

Durante o dia de ontem correram uns boatos sobre a greve de amanhã. Uns diziam que o ME a tinha declarado ilegal e que essa informação tinha sido fornecida por um sindicato. Circulou, também, que a falta só seria justificada com declaração de presença no plenário. Até houve que dissesse que não havia nenhuma greve convocada.

Tudo isso é falso.

Amanhã há greve.

Andam por aí uns boateiros com interesses “estranhos”… Interrogo-me se alguém quer identifica-los ou discorrer as suas razões?

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/11/os-boatos-mal-intencionados-sobre-a-greve-de-2-de-novembro/

Load more

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: