Abril 2018 archive

Declaração conjunta contra a Municipalização, em defesa da Escola Pública e de uma verdadeira descentralização

 

Estiveram reunidos, em Viseu, dirigentes da Fenprof, da Associação Nacional de Dirigentes Escolares (ANDE), da Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação (CNIPE) e da Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais (FNSTFPS), a debater a Municipalização, no final assinaram uma declaração conjunta.

 

Download do documento (PDF, Unknown)

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/declaracao-conjunta-contra-a-municipalizacao-em-defesa-da-escola-publica-e-de-uma-verdadeira-descentralizacao/

7.000 Assinaturas – A Caminho das 10.000 (actualizado)

É continuar a divulgar por e-mail para os nossos contactos.

Imprimam e afixem nas escolas.

Tirem cópias e façam a respectiva distribuição na sala de professores.

Download do documento (PDF, Unknown)

 

Acesso directo para quem já fez registo no site da AR aqui:

Iniciativa legislativa | Consideração integral do tempo de serviço docente prestado durante as suspensões de contagem anteriores a 2018, para efeitos de progressão e valorização remuneratória

Dica no registo: o número de eleitor não é obrigatório, mas, deve ser preenchido porque é pedido no momento da assinatura.

Depois do registo, o melhor é sair e voltar a entrar no site pelo link directo da iniciativa.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/6333-a-caminho-das-10-000-assinaturas/

SPM considera, o projeto de decreto-lei Currículo dos Ensinos Básico e Secundário, um passo atrás.

 

 

Em suma, a SPM não pode deixar de lamentar veementemente e de forma pública este intempestivo e progressivo desmantelamento dos pilares em que se apoia a Escola portuguesa e dos progressos tão duramente conquistados pelos nossos alunos e respetivas famílias e escolas – num processo que, se não cessar com brevidade, trará consequências que levarão décadas a corrigir. Em suma, a SPM não pode deixar de lamentar veementemente e de forma pública este intempestivo e progressivo desmantelamento dos pilares em que se apoia a Escola portuguesa e dos progressos tão duramente conquistados pelos nossos alunos e respetivas famílias e escolas – num processo que, se não cessar com brevidade, trará consequências que levarão décadas a corrigir.

 

Parecer da Sociedade Portuguesa de Matemática relativo ao projeto de decreto-lei Currículo dos Ensinos Básico e Secundário

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/spm-considera-o-projeto-de-decreto-lei-curriculo-dos-ensinos-basico-e-secundario-um-passo-atras/

CNE – Parecer sobre Estatuto do Estudante Internacional

 

Na 134.ª Sessão Plenária do CNE foi aprovado o parecer sobre o Estatuto do Estudante Internacional.

 

Parecer sobre Estatuto do Estudante Internacional

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/cne-parecer-sobre-estatuto-do-estudante-internacional/

Notícias Soltas do Dia de Hoje

Música – Professores de música preocupados com falta de vigilantes para provas de aferição – AVE admite falta de docentes com formação para a vigilância mas promete recorrer a docentes do 1.º ciclo, secundário e conservatórios. Associação de Educação Musical defende que não existem em número suficiente
Nacional – Quatro organizações rejeitam ″processo de municipalização da Educação″ – Organizações representativas de pais, professores, dirigentes escolares e trabalhadores não docentes rejeitaram hoje, em Viseu, o que chamam de “processo de municipalização da Educação”, por considerarem que será “muito negativo” para a escola pública.
Trás-os-Montes vai investir seis milhões na área da educação para fixar população | Desertificação | PÚBLICO – Comunidade Intermunicipal (CIM) Terras de Trás-os-Montes vai investir cerca de seis milhões de euros na educação, num território onde o insucesso e o abandono escolar ainda apresentam números acima da média nacional, anunciou nesta segunda-feira aquela entidade.
Atividades de enriquecimento escolar. Escolas “não estão preparadas” – Renascença – Os pais e encarregados de educação que formam a Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação (CNIPE) consideram que a maioria das escolas não tem condições para dar mais horas de expressões física e artísticas aos alunos. “A intenção [do Governo] é boa, mas haverá muito a fazer nas escolas para garantir estas aprendizagens”, afirma Rui Martins, dirigente daquela confederação.
Parada no tempo e cheia de problemas, Escola Secundária do Lumiar está em “situação limite” • O Corvo – Na única escola secundária da freguesia do Lumiar, a mais populosa de Lisboa, há água a cair do tecto na cozinha e nas salas de aula. Numa delas, até chove “como na rua”. Os chafarizes não funcionam, o mobiliário exterior está partido e, por vezes, vêem-se ratos. A maioria dos estores não fecha e as janelas estão pregadas, dificultando a entrada de luz. No Inverno, há alunos com mantas e cobertores, para suportarem o frio que se sente no equipamento escolar. À semelhança de outras escolas da cidade, esta, com 900 alunos, também tem amianto nos revestimentos. A comissão instaladora da Associação de Pais da Escola Secundária do Lumiar lançou, por isso, uma petição a exigir obras urgentes.
Autarquia requalificou Escola de S. Bento da Batalha (c/vídeo) – Jornal do Ave – Aos problemas de infiltração e pontos de luz necessários, a Câmara Municipal de Santo Tirso respondeu com obras de requalificação. Nove anos depois da última beneficiação, a escola de S. Bento da Batalha foi alvo de nova intervenção, num investimento que rondou os 75 mil euros e que visou a substituição de clarabóias, reabilitação das fachadas do edifício, pintura das paredes exteriores, trabalhos de melhoramento e conservação do interior das salas de aula e biblioteca e reabilitação do campo de jogos.
Acordo desbloqueia obras na escola com piores condições do concelho de Vila Franca de Xira | Educação | PÚBLICO – Câmara e Ministério projectam investimento de 4 milhões. Pais e Junta de Vialonga acham “pouco”

Continue a ler

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/noticias-soltas-do-dia-de-hoje-111/

Professores Contrariam Governo e Dizem que Concurso Trouxe Mais Despesa

Um grupo de professores lesados no último concurso de mobilidade interna, realizado em 2017, defendeu que as alterações às regras introduzidas naquele procedimento se traduziram em acréscimo de despesa, de 56 milhões de euros, e não em poupanças, como defende o Governo.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/professores-contrariam-governo-e-dizem-que-concurso-trouxe-mais-despesa/

As Colocações da Mobilidade Interna na MI e na RR1 de 2017/2018

Para além de sabermos o número de colocações em Contratação ao longo do ano letivo 2017/2018 também importa ver o número de colocações da Mobilidade Interna para se perceber melhor o número de possíveis afetados pela decisão de não atribuição de horários anuais incompletos em 25/08/2017 aos docentes dos quadros.

Em 25/08/2017 foram colocados 12.208 docentes através da Mobilidade Interna em horário completo e anual.

Na RR1 foram colocados 1.609 docentes em horário anual, mas apenas 286 em horário completo. Ou seja 1.323 docentes foram colocados na RR1 em horário anual e incompleto. A última coluna indica o número de docentes colocados em horário anual e incompleto e por aqui podemos ver quais os grupos de recrutamento onde pode ter havido ultrapassagens pela decisão de não atribuição de horários incompletos na Mobilidade Interna.

Há 5 grupos de recrutamento que não foram afetados (100, 120, 310, 610 e 920). Dois grupos de recrutamento tiveram mais colocações em horário incompleto na RR1 do que na Mobilidade Interna (240 e 250).

Ficam aqui os dados para análise.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/as-colocacoes-da-mobilidade-interna-na-mi-e-na-rr1-de-2017-2018/

CONVITE: evento de encerramento do projeto YOUTH START

 

Através do Blog DeAr Lindo a coordenação  internacional do projeto europeu Youth Start – Entrepreneurial Challenges, a PEEP convida os leitores do Blog  para o evento de encerramento do projeto, a Ministries Commission II, que terá lugar no dia 8 de Maio, pelas 9.30 horas, no Teatro Thalia, em Lisboa. O evento contará com a participação do Senhor Ministro da Educação, Doutor Tiago Brandão Rodrigues, assim como de altos representantes dos ministérios da educação de Áustria, Eslovénia e Luxemburgo. O objetivo consiste em discutir o seu impacto nas políticas públicas de educação nos diferentes países e divulgar os resultados preliminares da experimentação levada a cabo, mostrando evidências do efeito do programa Youth Start no reforço das competências dos alunos.

O registo no evento deve ser efetuado, até dia 2 de Maio, através do formulário online disponível em: https://tinyurl.com/youthstart.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/convite-evento-de-encerramento-do-projeto-youth-start/

“Governo fala de poupança, mas não diz quanto gastou com professores contratados “

Não é só este governo, os outros usaram a mesma técnica e os próximos também a usarão.

Manter as pessoas na ignorância usando a palavra como arma é uma técnica que já não traz o beneficio esperado. O povo já questiona, para isso a escola teve um lugar preponderante, deu-lhe conhecimento e espirito critico. Já não basta a palavra de um politico tem que se mostrar provas.

Onde estão as contas? Onde estão esses estudos e comparações?

As únicas que são públicas são as deste Blog que vai publicando, ano atrás de ano, os números a que tem acesso. Mais uma vez esses números serviram à imprensa nacional.

 

Governo fala de poupança, mas não diz quanto gastou com professores contratados

O Governo escusou-se a divulgar quanto gastou de facto, neste ano lectivo, com a colocação nas escolas, em horários completos (22 horas de aulas por semana), de 5293 professores contratados.

Como as contratações não se esgotaram aí, até ao presente mês (Abril), segundo contas feitas pelo docente Arlindo Ferreira, especialista em estatísticas da educação, foram colocados ao todo 5293 professores contratados em horários completos.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/governo-fala-de-poupanca-mas-nao-diz-quanto-gastou-com-professores-contratados/

Escolas sem Materiais Necessários para Provas de Aferição

A NOTÍCIA CONTINUA AQUI.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/escolas-sem-materiais-necessarios-para-provas-de-afericao/

Diário de Notícias – 5320 assinam Iniciativa Legal para que Deputados Decidam Carreiras

 

Correcção: já vamos em 5488 5500 5920 assinaturas.

A NOTÍCIA CONTINUA AQUI.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/diario-de-noticias-5320-assinam-iniciativa-legal-para-que-deputados-decidam-carreiras/

ESCLARECIMENTO DOS DL 25/08 FACE AO PEDIDO DE FISCALIZAÇÃO DA CONSTITUCIONALIDADE DA LEI APROVADA PELA AR EM 6 DE ABRIL DE 2018

 

Download do documento (PDF, Unknown)

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/esclarecimento-dos-dl-25-08-face-ao-pedido-de-fiscalizacao-da-constitucionalidade-da-lei-aprovada-pela-ar-em-6-de-abril-de-2018/

Comparações das Colocações Até à RR28 Entre 2016/2017 e 2017/2018

Os próximos dois quadros apresentam as colocações dos docentes contratados até à Reserva de Recrutamento 28 por grupo de recrutamento, duração do contrato e número de horas, nos anos letivos 2016/2017 e 2017/2018.

Importa dizer que em 2017 abriram 3462 vagas para vinculação (443 na norma travão e 3019 na vinculação extraordinária) e por esse motivo é natural que existam menos contratações porque também o número de aposentados em cada ano não supera em muito o meio milhar de aposentações.

Mesmo assim em 2017/2018 existiram apenas menos 1.998 colocações até à Reserva de Recrutamento 28 do que até à mesma reserva do ano letivo 2016/2017.

Diminuíram em 2.780 colocações o número de colocações em horário anual e aumentou em 782 as colocações em horário temporário.

Por muito que se fale nos milhões poupados com as colocações dos docentes QZP em horários completos na Moibilidade Interna, a injustiça que se cria não permite reparar essa poupança.

Tanto mais que este ano voltou a aumentar o número de professores e como tal essa poupança não se traduz em poupança real, pelo contrário. Aumentou a despesa com a contratação de professores, muitos delas para substituírem professores colocados de forma injusta longe das suas casas.

E já agora para está a fazer concurso e quer ter uma perspectiva dos grupos de recrutamento com maior aumento ou redução de colocações pode também analisar os quadros seguintes.

 

Colocações até à Reserva de Recrutamento 28 em 2016/2017


 
Colocações até à Reserva de Recrutamento 28 em 2017/2018

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/comparacoes-das-colocacoes-ate-a-rr28-entre-2016-2017-e-2017-2018/

Voltámos a 2008?

Para mim, sim.

Não abram a pestana que não é preciso…já não vou em cantigas.

 

Voltámos a 2008? | O Meu Quintal

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/voltamos-a-2008/

ILC Recuperar Todo o Tempo de Serviço Docente

 

Autoria: Maurício Brito

Carregue para descarregar em formato PDF

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/ilc-recuperar-todo-o-tempo-de-servico-docente/

Lista Colorida – RR28

Lista colorida atualizada com colocados e retirados da RR28.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/lista-colorida-rr28/

Cinema Sem Conflitos: Relações Interpessoais (parte 4/4)

a aceitação do eu na vida quotidiana”

 

Hoje apresentamos o quarto e último filme da categoria Relações Interpessoais, realizado por Jacky Pascal e Cara Bernard. A curta-metragem chamada “Man’s Best Friend” conta a história de um homem que perde a sua peruca durante o primeiro encontro. Bom filme!

 

 

Até à próxima semana ou todos os dias em facebook.com/cinemasemconflitos

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/cinema-sem-conflitos-relacoes-interpessoais-parte-4-4/

O contra ataque do Governo… Pedido de fiscalização da constitucionalidade da Lei aprovada pela AR em 6 de abril de 2018

 

Download do documento (PDF, Unknown)

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/o-contra-ataque-do-governo-pedido-de-fiscalizacao-da-constitucionalidade-da-lei-aprovada-pela-ar-em-6-de-abril-de-2018/

296 Contratados na Reserva de Recrutamento 28

Foram colocados 296 docentes contratados na Reserva de Recrutamento 28 de acordo com a seguinte distribuição por grupo de recrutamento, duração do contrato e número de horas.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/296-contratados-na-reserva-de-recrutamento-28/

Requisição de docentes – Pupilos do Exército

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/requisicao-de-docentes-pupilos-do-exercito/

Reserva de recrutamento n.º 28

 

Publicitação das listas definitivas de Colocação, Não Colocação, Retirados e Lista de Colocação Administrativa dos Docentes de Carreira – 28ª Reserva de Recrutamento 2017/2018.

Aplicação da aceitação disponível das 0:00 horas de segunda-feira, dia 30 de abril, até às 23:59 horas de quarta-feira, dia 2 de maio de 2018 (hora de Portugal continental).

 

Consulte a nota informativa.

 

SIGRHE – aceitação da colocação pelo candidato

 Nota informativa

Listas

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/reserva-de-recrutamento-n-o-28/

A verdadeira razão para a existência dos Lesados de 25/08…

E não podia ser outra… dinheiro. A poupança à custa dos professores e da educação é já um costume entre os governos, sejam eles de que ala forem…

 

Ministério da Educação mudou regras e poupou 40 milhões

O Ministério da Educação (ME) revelou ao PÚBLICO que em 2017 poupou 44 milhões de euros na contratação de professores pelo facto de só ter disponibilizado horários completos (22 horas de aulas por semana) no concurso de mobilidade interna, destinado aos docentes de carreira.

in Público

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/a-verdadeira-razao-para-a-existencia-dos-lesados-de-25-08/

Os deputados não estão satisfeitos com os concursos…

O concurso está a decorrer como sempre… um caos administrativo, com alterações a meio e interpretações duvidosas.

Só depois de iniciado o concurso é que se lembraram que tinham de “conversar” com os “representantes” dos professores (às tantas julgaram que os deputados da oposição e restante geringonça eram quem nos representava).

 

Partidos à esquerda e à direita do PS arrasam concurso de professores

BE, PCP, PSD e CDS voltam a unir-se na contestação ao Ministério da Educação (ME), desta vez a propósito do modo como, na semana passada, foi lançado o concurso externo extraordinário destinado à entrada no quadro de mais de dois mil professores contratados e também da forma como este tem estado a decorrer. A Federação Nacional de Professores (Fenprof) já pediu a sua anulação.

Depois de terem imposto a realização de um novo concurso para professores do quadro devido a uma alteração das regras do procedimento de 2017, feita por via administrativa, os partidos à esquerda e à direita do PS põem agora em causa a ausência de negociações com os sindicatos de professores para o estabelecimento das regras para o concurso extraordinário, o que segundo os partidos e os sindicatos é obrigatório por lei, a publicação de um aviso de abertura em Diário da República que vai contra aquilo que está definido na Lei do Orçamento do Estado a respeito deste procedimento e a sua alegada correcção por via de uma mera nota informativa elaborada pela Direcção-Geral da Administração Escolar (DGAE), que é o organismo responsável pela realização dos concursos de colocação de docentes. Para este ano foram abertos seis concursos.

in Público

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/os-deputados-nao-estao-satisfeitos-com-os-concurso/

Correio da Manhã – Professores Apresentam Iniciativa para Reaver Tempo Congelado

CONTINUA AQUI.

PS:

Vamos em 5008 assinaturas…

Consideração integral do tempo de serviço docente prestado durante as suspensões de contagem anteriores a 2018, para efeitos de progressão e valorização remuneratória

CONTINUA AQUI.

Dica no registo: o número de eleitor não é obrigatório, mas, deve ser preenchido porque é pedido no momento da assinatura.

Depois do registo, o melhor é sair e voltar a entrar no site pelo link directo da iniciativa.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/correio-da-manha-professores-apresentam-iniciativa-para-reaver-tempo-congelado/

Consulta Pública – Procedimento tendente à elaboração reconhecimento da profissionalização de docentes

 

Serve a presente publicação para informar que é dado início ao procedimento tendente à elaboração reconhecimento da profissionalização ao abrigo do Decreto-Lei n.º 79/ 2014 , de 14 de maio.
Publicado a 23 de abril de 2018. A constituição como interessado pode fazer-se nos 10 dias úteis subsequentes.
A constituição como interessado no presente procedimento depende de declaração escrita nesse sentido, dirigida à Diretora-Geral da Direção Geral da Administração Escolar e enviada para o endereço eletrónico regmedu62018@medu.gov.pt
O referido despacho justifica-se para permitir os docentes portadores de habilitação própria
obterem a habilitação profissional, condição indispensável para o exercício da atividade
docente.

ficheiro para descarregar

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/consulta-publica-procedimento-tendente-a-elaboracao-reconhecimento-da-profissionalizacao-de-docentes/

Nomeados os professores do ano

 

Não desfazendo em nenhum, tenho que concordar com a nomeação da mentora do projeto Mentes Sorridentes, por ser o único que conheço e acompanho. Tenho a certeza que todos eles como todos nós dão o seu melhor diariamente.

Os finalistas são (por ordem alfabética):

Celso Costa é professor de Ciências e Humanidades do 3.º ciclo e secundário, do ensino privado, no Porto. Para além das aulas, desenvolveu um programa – o CSS Program – direcionado para o treino de competências transversais que possam capacitar alunos, neste momento entre o 9.º e o 12.º ano de escolaridade, para uma adaptação bem-sucedida ao mercado de trabalho.

Dulce Gonçalves é professora do Ensino Especial no 3.º ciclo e secundário, do ensino público, no concelho de Loures. Criou o projeto “Mentes Sorridentes”, baseado em “mindfulness”, com o objetivo de aumentar os níveis de atenção e concentração na sala de aula, com reflexo no aproveitamento escolar e diminuir o número de ocorrências de natureza disciplinar.

Jaime Rei é professor de Ciências e Robótica nos 7.º e 8.º anos, do ensino público, em Torres Vedras. A possibilidade de criar projetos em que os alunos se sintam úteis na sociedade, assim como lhes proporcionar a possibilidade de serem os atores principais na construção dos materiais e saberes a desenvolver nos projetos, é altamente transformadora na forma como os estes se realizam e na forma como olham para a escola.Tem alunos vencedores em concursos nacionais e internacionais.

Joana Simas é professora de História dos 5.º e 6.º anos, no ensino privado, na Amadora. Trabalha a integração crescente da tecnologia nos projetos que desenvolvo ao redor do currículo de História e Geografia de Portugal. Os alunos usam tópicos como a Revolução Francesa, recriando batalhas em “Minecraft”, criam bandas desenhadas no “Comics Head” para representar a Revolução Liberal, ou animações no “PuppetMaster” para recriarem a Queda da Monarquia e a Instauração da República.

José Teixeira é professor de Ciências, no Ensino Secundário, do ensino público, em Chaves. Há 12 anos fundou, na Escola Secundária Fernão de Magalhães, o Clube do Ensino Experimental das Ciências (CEEC), com o intuito de conciliar ambas as vias de aprendizagem, formal e não formal. O projeto é aberto à comunidade, às iniciativas dos alunos e/ou professores, de custos muito reduzidos e que aproveita o material das escolas. É interdisciplinar, transversal e ajuda os alunos a encontrar a sua vocação.

Maria João da Silva Passos, Porte de Lima, é professora de Matemática e Ciências do 5.º e 8.º anos, do ensino público, em Ponte de Lima. A utilização dos surfaces com caneta (pen), dos telemóveis e das aplicações educacionais do office 365 permitiram-lhe desenvolver práticas educacionais mais inovadoras e motivadoras para os alunos. Tem feito workshops com os Encarregados de Educação com o intuito de lhes explicar, através da metodologia de trabalho que utiliza, o modo como podem ajudar os seus filhos/educandos a estudar em casa bem como a aprenderem, cada um ao seu ritmo.

Maria Francisca Serra é professora do Primeiro Ciclo, do ensino privado, em Lisboa. Desenvolve uma abordagem que parte da fusão entre a ciência e a criatividade. Tudo começa por adotar uma atitude, independente dos alunos ou do contexto, que valoriza a capacidade de criar relações inesperadas entre conteúdos distintos. Passa pela criação de um ambiente quase utópico em sala de aula, assente no respeito e na liberdade, estimulando os alunos a propor hipóteses, experimentar teorias, debater ideias e inventar soluções.

Maria Cristina Simões é professora de Ensino Especial, no 1.º ciclo do ensino público, em Tondela. Trabalha práticas educacionais inovadoras, pois assentam na implementação do constructo da qualidade de vida aos alunos que apoia, com base em oito domínios: desenvolvimento pessoal, autodeterminação, relações interpessoais, inclusão social, direitos, bem-estar emocional, bem-estar físico e bem-estar material. Como metas, pretende desenvolver a independência, a participação social e o bem-estar dos seis alunos com quem trabalha. Este modelo tem vindo a ser amplamente trabalhado em termos internacionais.

Nelson Soares é professor do pré-escolar, no ensino público, em Ponta Delgada. Na qualidade de educador de infância desenvolveu investigação-ação em contexto de sala de atividades, tendo em conta problemáticas que ia encontrando junto dos alunos. As questões alusivas ao género e à cidadania entram na escola por intermédio das crianças, integrando o quotidiano escolar. Porém, subsistem dificuldades na sua abordagem, bem como muitas vezes este assunto é “esquecido”. Para colmatar estes pontos, criou um conjunto de atividades, visando a desconstrução de estereótipos de género.

Rosa Oliveira é professora de Português, no 3.º ciclo e secundário do ensino público, em Aveiro. O projeto que desenvolve, “Narrativas de Vida” tem por objetivo ajudar os alunos a lidar com seus problemas, comprometendo-os com a escola, a família e comunidade. Numa abordagem inclusiva, dinamiza oficinas de escrita com base em memórias / histórias da vida, permitindo conhecer melhor os alunos. Tem desenvolvido desde 2010 um método de investigação que auxilia a suplantar a escolarização com imaginação e criatividade, dando aos alunos a possibilidade de terem acesso à sua vocação literária natural e de recuperar o gosto por aprender, através do “educurar”: isto é, educar e ao mesmo tempo curar

In JN

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2018/04/nomeados-os-professores-do-ano/

Load more

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: