Vagas apuradas para QA no próximo ano

Davide Martins

Latest posts by Davide Martins (see all)

Bem… uma vez que o ME pelos vistos não faz a mínima ideia das possíveis vagas QE/QA que poderão abrir no próximo ano, aqui vai a análise possível com os dados que nos foi possível ter conhecimento.

Como o Arlindo já referiu aqui, faltam as colocações que nunca foram dadas a conhecer (TEIP, BCE).

Os números apurados representam horários completos e anuais que foram sendo preenchidos, quer na MI, quer na contratação e que se mantiveram ao longo dos últimos 4 anos.

As cerca de 2000 vagas apuradas, distribuídas por QZP e Grupo de Recrutamento estão apresentadas no quadro seguinte.

Mas há mais: para facilitar a tarefa do ME, ao clicarem na imagem, terão acesso à lista completa de escolas/agrupamentos que têm vagas (ordenadas por QZP). Assim já podem ir preparando o vosso concurso.

 

NOTA: O documento irá ser revisto em breve.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2017/01/vagas-apuradas-para-qa-no-proximo-ano/

37 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Sorim on 21 de Janeiro de 2017 at 15:43
    • Responder

    Arlindo. No grupo 290 há bastantes (cerca de 100).

    • Filipe on 21 de Janeiro de 2017 at 16:21
    • Responder

    Só são considerados os horários completos?


    1. Sim, só contabilizei esses.

    • coslopes on 21 de Janeiro de 2017 at 16:22
    • Responder

    Boa tarde. Parece-me que há algumas vagas em falta. Na minha escola há QZps em mobilidade desde 2012. Estas colocações permitem abrir vaga? (escolas não teip concelhos setubal e palmela) Ou sou eu que estou mal esclarecido quanto ao apuramento das ditas vagas? Obrigado.


    1. Se as colocações foram feitas em horário incompleto não as considerei.

        • coslopes on 21 de Janeiro de 2017 at 18:15
        • Responder

        Parece-me haver falhas na regiao referida.

          • Carlos Aveiro on 21 de Janeiro de 2017 at 19:54

          Concordo, sei também de pessoas QZP em várias escolas do grupo EF com horário completo há dois anos e que não aparecem aqui…

          • Loucuras on 21 de Janeiro de 2017 at 21:08

          Porque o ME só abre se forem 4 anos. Para vinculações só precisa do ultimo, para abrir vagas reais nas escolas são precisos 4. Primeiro o ME disse 3 mas os sindicatos acharam certamente que só devia ser depois de 4 anos de horários completos, que era exatamente o que estava antes.

          • Carlos Aveiro on 22 de Janeiro de 2017 at 16:35

          Sei de uma pessoa pelo menos que em qzp já está há 6 anos nessa escola, sempre com horário completo e não aparece… As outras que disse conhecer anteriormente podiam não ser os 4 anos mas essa tenho a certeza pois ando a controlar a vaga há muito tempo…


  1. Estão a ver a fartura!
    Se lhe juntassem as vagas do extra ordinário, ai sim haveria uma melhoria da situação de muitos quadros. Mas não nem as vamos cheirar.
    Uma só lista um concurso para todos! Estamos fartos de divisões por interesses.
    Obrigado Arlindo por ajudares a varrer a areia que os outros nos lançam para os olhos para não vermos nada.

    • trstn1 on 21 de Janeiro de 2017 at 16:52
    • Responder

    boas tardes
    foram considerados lugares de professores que ocupam cargos? por exemplo na escola onde estou o colega da bibliotecário já comunicou que não pretende dar continuidade ao cargo e regressar ao seu lugar. E no caso de membros das direções?


    1. O ME disse que ia apurar todas as colocações que ocorreram nos últimos 4 anos em horário completo.
      O estudo foi feito com base nessa informação.

        • Susete Petronilo on 21 de Janeiro de 2017 at 21:53
        • Responder

        Sei de escolas no qzp 9 que tiveram, nos últimos 4 anos, horários completos e que não aparecem aqui.


        1. O quadro vai ser revisto aplicando outro método.

    • Rute on 21 de Janeiro de 2017 at 17:19
    • Responder

    Caros colegas

    Vamos lá fazer mais um forçinhaaaaa….

    Vamos lá assinar esta Petição porque é aqui que está a solução para os cerca de 30.000 professores contratados

    http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT84191

    Urge alterar o índice de envelhecimento do corpo docente da Escola Pública.

    Urge facultar condições de dignidade a todos aqueles que, sendo mais velhos, muito deram ao ensino.

    Urge dar um “futuro” aos mais jovens.

    Não é admissível! Não é sustentável continuar a existirem situações de colegas a contrato com 5, 10, 15, 20 e mais anos de serviço para o Ministério da Educação.

      • Anonimo on 21 de Janeiro de 2017 at 19:00
      • Responder

      Vamos lá dar lugar aos mais Jovens, sejam eles contratados ou andem eles a frequentar Cursos Superiores direccionados para o Ensino.

      Este Governo já produziu legislação no sentido de implementar um Regime Especial de Aposentação para Militares, GNR, PSP, Policia Marítima, Policia Judiciária……..aos 60 NOS DE IDADE. No caso dos Militares e GNR aos 55 ANOS DE IDADE passam à “RESERVA” (isto é, vão para casa) e aos 60 Anos de Idade passam automaticamente à REFORMA.

      Também existem Regimes de Aposentação Especiais no Sector Privado…..

      Será que os Professores são carne para canhão?

      Actualmente (ano de 2017) a idade legal de reforma é de 66 NOS E 3 MESES.

      http://www.spn.pt/Media/Default/_Profiles/4876592e/e26936e7/40anos.JPG?v=636111063806084844

        • António on 21 de Janeiro de 2017 at 21:44
        • Responder

        Vamos lá assinar a PETIÇÃO e resolver o problema dos mais NOVOS e dos mais VELHOS…….

        http://www.spn.pt/Media/Default/_Profiles/4876592e/e26936e7/40anos.JPG?v=636111063806084844

    • Rosa Patrícia Gonçalves on 21 de Janeiro de 2017 at 17:26
    • Responder

    Em primeiro lugar, como professora, tenho que lhe agradecer todo o serviço informativo (e não só) que é prestado neste site.
    Em relação ao apuramento destas vagas, gostaria de saber se foram tidos em conta os horários que nos últimos 4 anos foram ocupados por professores em mobilidade interna por terem horário zero. Obrigada

    • Anonimo on 21 de Janeiro de 2017 at 17:43
    • Responder

    Pelo que entendi as vagas que apuraram aqui no blog que foram ocupadas por MI, CI e RR nos ultimos 4 anos deveriam ser as vagas colicadas à disposição dos QA e dos QZP. É isso? E para o concurso externo ou VE? De onde é que aparecem as vagas? São as sobras do interno ou são vagas adicionais? Já não consigo entender nada e começa a ser dificil perceber se o que é dito aqui são sugestões ou desejos ou se tem por base alguma realidade negociada efetivamente. Até agora a proposta escrita é a do ME e já tem mais de uma semana tudo o resto são declarações avulsas à impressa sobre as quais se especula.

    • Sylvie Esteves on 21 de Janeiro de 2017 at 18:11
    • Responder

    Olá Arlindo, há uma escola no QZP 4 à qual eu tenho estado atenta, nomeadamente no que respeita a colocações do grupo 350. E, pelo que verifiquei, tem havido sempre horário completo, pelo menos desde 2012-2013. Nos últimos 4 anos tem estado colocada lá uma colega em MI. Não deveria abrir vaga de QA este ano? (código da Escola 161639 . Agrupamento de Escolas D. Dinis – Leiria). Será que foram consideradas as escolas com contrato de Autonomia na vossa lista? Obrigada pelo vosso trabalho, pela vossa paciência e dedicação.

    • Luís Silva on 21 de Janeiro de 2017 at 18:20
    • Responder

    Olá Arlindo pegando nas listas de renovações do grupo 290 de há 3 anos atrás não se conseguem apurar mais vagas para este grupo? Se renovaram é porque no ano anterior estiveram nessa escola com horário completo. Ou estou enganado? Obrigado pelo bom trabalho.

    • Marmelo on 21 de Janeiro de 2017 at 18:22
    • Responder

    Uma pergunta… As vagas preenchidas pelos QZPs que queiram transitar para QA, são depois recuperadas para o concurso externo?

    Senão acho que este processo todo começou pelo telhado. Primeiro deveria-se apurar as reais necessidades dos agrupamentos (vagas positivas e negativas que também deve haver), abrir essas vagas e as vagas libertadas iam para o concurso externo, mesmo que os docentes com 12 anos de serviço e 5 contratos nos últimos 6 tivessem uma prioridade superior. Nem seria necessário concurso externo extraordinário pois ia tudo para o “ordinário”…

    Se as vagas para o externo extraordinário vão ser apuradas de acordo com o que foi preenchido no último ano em horário completo e anual e se para o interno também se tem em conta o que foi preenchido em horário completo e anual (nos últimos 4 anos), não estamos a duplicar vagas nos mesmos QZPs / Grupos de Recrutamento? Ou será que não percebo nada disto?

    Declaração de interesses – Não sou docente de QA, nem QZP nem contratado. A minha esposa é contratada sem possibilidade de vincular e sigo com interesse este blogue, pelo que não tenho nenhum motivo para “puxar” apoio para o externo, interno ou outro tipo de concurso…


    1. Está a pensar bem mas isto é politica agora resolveram fazer divisões em vez de haver uma só lista. Há listas que nunca mais acabam para dar resposta a outros tantos interesses. Depois nas colocações fazem truncamentos ou seja param a lista onde bem entendem e passam á seguinte, mais abaixo ou mais acima em função dos interesses. Não é bem um concurso são vários e todos eles adulterados por regras interesseiras que muitas vezes os últimos passam a ser os primeiros e os primeiros os últimos, uma trapalhada sem pés nem cabeça.

    • Tiago on 21 de Janeiro de 2017 at 18:37
    • Responder

    As vagas para os professores do quadro de escolas públicas e para os professores do quadro de escolas com contratos de associação.
    Fantástico.

    • coslopes on 21 de Janeiro de 2017 at 19:02
    • Responder

    Arlindo: a minha insistência prende-se com o facto de estar numa escola em setúbal que necessita de quadros urgentemente. Podem sair beneficiados muitos colegas. O grupo de FQ tem 2 qzs, 1 dacl QE e 2 contratados; História tem 3 QZs; Portug: 2 QZs e 2 contratados; CN -1 contratado há 4 anos. Estão na escola desde 2012. Não resultaram vagas para todos estes grupos. Só Ciências. Porquê? (têm todos horários completos) Obrigado pela disponibilidade e amabilidade. boa noite

    • João Leao on 21 de Janeiro de 2017 at 19:09
    • Responder

    Bom dia
    Vão vincular? Ótimo. Precisamos de pessoal para percorrer os QZP. Ordenado certo? Veremos. Não me parece que se tirem horários da cartola. Tempo de serviço cerca de 15 anos? Sou QZP há 20 anos e tenho 30 anos de tempo de serviço. O último qzp do meu grupo tem 25 anos de tempo de serviço. Lugar de quadro? Morreremos QZP, os colegas que entrarão estão com pouca sorte, ainda são novinhos. A ver vamos. Discutiu-se a redução dos QZP? Não. Discutiu-se a possibilidade de haver mobilidade para os QE e os QZP? Não. Querem manter-nos assim até ao último suspiro? Que bom! Ainda bem que vai chegar pessoal mais empenhado e cheio de vontade de trabalhar! Eu já estou mais naquela de contar os dias que faltam para me ir embora de vez…
    Boa sorte a todos, vamos precisar de muita…


    1. Eu penso o mesmo apesar de estar bem mais longe de me ir embora. O que deveriam fazer não fazem vão criar ainda mais precaridade porque é para o resto da carreira.

    • José on 21 de Janeiro de 2017 at 20:16
    • Responder

    No grupo 540 devem faltar muitas vagas, já vi em algumas escolas.
    Cumprimentos

    • Vítor on 21 de Janeiro de 2017 at 21:04
    • Responder

    Em que se baseou para o apuramento das vagas? Só no meu agrupamento, no grupo 500, nos últimos 4 anos teve sempre 4 destacados e na sua lista tem zero lugares. No grupo de português teve no mínimo 5 destacados …

    • BIS on 21 de Janeiro de 2017 at 21:07
    • Responder

    Não consigo perceber estes números. Por exemplo, a primeira escola da tabela é Águas Santas, na Maia. Por que razão aparece só uma vaga, se foram entregues 8 horários completos na MI de 2013 e outros 8 na MI de 2015?

      • BIS on 21 de Janeiro de 2017 at 21:08
      • Responder

      Referia-me ao grupo 300.

    • $239576586 on 21 de Janeiro de 2017 at 21:12
    • Responder

    Boa tarde.

    Não se pode esquecer que há nas escolas muitos professores colocados por doença, que asseguram horários completos que não constam nas listas de mobilidade interna. São centenas.

    • sofia on 21 de Janeiro de 2017 at 21:50
    • Responder

    Há escolas em que os professores que vincularam nos últimos concursos pediram mobilidade e, por isso, se verificou a colocação de contratados durante 4 anos; contudo, se os professores vinculados nessas escolas não mudarem de quadro, essas vagas assinaladas não poderão ser preenchidas em concurso interno, pelo que este quadro deve ser lido com muita cautela.

    • É uma miséria!! on 21 de Janeiro de 2017 at 22:14
    • Responder

    Espero que ainda faltem aqui mais vagas,há grupos onde o número apresentado é escandalosamente baixo. Não há grandes hipóteses de aproximação da residência. Os QZP´s não conseguem QA e no meu grupo vão vincular praticamente o dobro em relação ao QA´s a abrir. No meu grupo em 2015 havia o dobro das vagas no interno. É uma injustiça. E ainda há gente completamente irresponsável a exigir a vinculação de quem tem mais de 3 anos de serviço!! Como é possível. Estou mesmo farto disto tudo!! Há escolas onde surgem sempre horários completos nas primeiras RR e claro que aqui não estão…

    • Grupo 290 on 21 de Janeiro de 2017 at 23:00
    • Responder

    Para terem um número mais próximo da realidade no grupo 290 peguem nas listas de renovações de há 3 anos (como alguém já referiu noutro comentário). Vendo quem renovou, é certo que há 4 anos teve horário completo também nessa escola. Não dá o real, mas sempre é mais próximo do que não ter ‘quase nada’, uma vez que não saiu lista para este grupo há 4 anos.


    1. Mas este estudo não trabalha só com as renovações. Trabalha também com as colocações dos docentes dos quadros na Mobilidade Interna.

        • Grupo 290 on 21 de Janeiro de 2017 at 23:27
        • Responder

        Sei que não é fácil e é de louvar o vosso trabalho. No meu caso, tive duas renovações seguidas, entrei em QZP em 2015 e fui colocado na mesma escola na mobilidade interna estes últimos dois anos.


  1. […] estudo acaba por ser mais animador que os dados trabalhados pelo Davide Martins aqui e aqui. Mas não se podem esquecer que algumas colocações podem não indicar uma necessidade de vaga, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog