28 de Janeiro de 2017 archive

Não Colocados Após a Reserva de Recrutamento 18

No fim de Janeiro e após a publicação da Reserva de Recrutamento 18 apenas existe um quarto dos candidatos iniciais à contratação por colocar.

Este parece ser o ano de ouro das contratações.

Atrevo-me quase a dizer que quem não conseguir colocação este ano dificilmente a conseguirá nos próximos anos. Desde que analiso estes dados nunca vi por esta altura uma lista inicial de contratação esvaziar-se tão rapidamente.

Contudo, ainda existem 12332 candidaturas que estão por colocar que são de 8742 docentes. 3591 docentes estão nestas listas em mais do que um grupo de recrutamento.

O único grupo que assinalei a vermelho foi o grupo 100 – Pré-escolar que é o único onde mais de metade dos candidatos iniciais estão por colocar.

A única solução para absorver o número de candidatos em excesso neste grupo é aumentar a rede de oferta de jardins de infância no ensino público, assim como reduzir para os três anos a frequência obrigatória das crianças no pré-escolar. Não é por falta de educadores qualificados que está o problema nesse alargamento.

Na casa dos 40% de docentes por colocar encontram-se os dois grupos de Educação Física, 260 e 620. Curioso.

Os grupos de recrutamento que têm mais de 30% dos candidatos iniciais por colocar são:

  • 110 – Primeiro Ciclo;
  • 230 – Matemática e Ciências;
  • 410 – Filosofia;
  • 510 – Física e Química;
  • 520 – Biologia e Geologia e;
  • 610 – Música

 

O grupo 110 esta semana teve um número considerável de colocações na Reserva de Recrutamento 18 e neste momento apenas tem 3260 candidatos sem colocação. Para um número inicial superior a 10 mil é bastante bom.

Na casa dos 20% de docentes por colocar estão os grupos:

  • 210 – Português e Francês;
  • 240 – Educação Visual e Tecnológica;
  • 250 – Educação Musical.

Estes grupos de recrutamento tem uma percentagem dentro da média nacional, não porque obtiveram a maior parte dos docentes colocação no seu grupo de origem, mas sim porque a obtiveram no grupo 110 – Primeiro Ciclo.

Também o grupo 530 – Educação Tecnológica e 600 – Educação Visual situam-se na casa dos 20% de docentes por colocar. No caso do Grupo 530 muitos destes docentes obtiveram colocação em oferta de escola e foram retirados das listas da reserva de recrutamento.

Com taxas de docentes por colocar abaixo da média encontram-se os grupos:

  • 200 – Português e Estudos Sociais;
  • 340 – Alemão;
  • 400 – História;
  • 430 – Economia e Contabilidade;
  • 500 – Matemática;
  • 560 – Ciências Agro-Pecuárias;
  • 910 – Educação Especial;

Tendo em conta o número de candidatos iniciais destacam-se aqui pela positiva os grupos 500 – Matemática e 910 – Educação Especial.

Os grupos de ouro no que respeita ao reduzido número de docentes por colocar são:

  • 120 – Inglês;
  • 220 – Português e Inglês;
  • 290 – Educação Moral e Religiosa Católica;
  • 310 – Latim e Grego;
  • 320 – Francês;
  • 330 – Inglês;
  • 350 – Espanhol;
  • 420 – Geografia;
  • 540 – Electrotecnia;
  • 550 – Informática;
  • 920 – Educação Especial 2 e;
  • 930 – Educação Especial 3.

Aqui destacam-se pela positiva os vários grupos de Inglês (do 1º ao 3º ciclo) em que todos eles estão abaixo dos 10% de docentes por colocar e existem ao todo mais de 4600 candidatos iniciais.

Um dos grupos de recrutamento muito bem posicionado também é o grupo 420 – Geografia que tendo perto de mil candidatos inicias apenas tem por colocar 53 docentes.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2017/01/nao-colocados-apos-a-reserva-de-recrutamento-18/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: