7 de Janeiro de 2017 archive

A “revolta” aos TPC deve-se principalmente ao 1º ciclo. Estudo ComRegras

 

Os TPC voltam a ser falados e os dados do ultimo inquérito apontam que é no 1º ciclo que eles são mais “populares”. Não concordo, mas isso é a minha opinião…

É no 1º ciclo que se fazem mais TPC

… é no 1º ciclo (quatros primeiros anos da escola) que os professores mais os ‘prescrevem’. Quase metade (42%) disse atribui-los “entre três a quatro vezes por semana”. Nos extremos, uma percentagem idêntica (13%) divide-se entre o “nunca atribuir“ e o “sempre”.

Um quinto dos pais garantiu que os filhos passavam mais de uma hora a fazer os TPC. Mas a duração média mais referida, sobretudo no 1º ciclo, é de 15 a 30 minutos. No caso dos mais novos, com quase metade dos pais a dizer que “permanece ao seu lado e ajuda”.

in Expresso

 

Fica o link, na imagem, para o estudo ComRegras…

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2017/01/a-revolta-aos-tpc-deve-se-principalmente-ao-1o-ciclo-estudo-comregras/

Santa Estúpidez (O Acento na Vogal é Imitação)

Estudantes proibidos de correr no Colégio de Gaia

 

 

 

 

Regras impostas pela direção da escola deixam alunos revoltados. Vestir minissaia, trocar “carinhos” e sair nos intervalos são outras das várias proibições

“É expressamente proibido correr dentro do colégio, quer chova, quer faça sol”. Esta é a mais recente das várias regras de conduta impostas aos alunos pela direção do Colégio de Gaia. Afixado nas portas das salas de aulas desde quarta-feira, o aviso, que reforça a ideia de que “o bem-estar e a saúde dos alunos” é prioridade e que “correr, sem perceber os riscos que se corre, é falta de responsabilidade”, tem gerado polémica e revolta entre pais e educandos.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2017/01/santa-estupidez-o-acento-na-vogal-e-imitacao/

O direito a ignorar os e-mails…

De repente um não assunto, passou a assunto badalado e discutido pelos intelectuais do burgo…

Tudo isto porque os “franciú”, povo iluminado, (porque raio é que o português passa a vida a olhar para o do lado) decretou legislação que permite aos trabalhadores ignorarem os e-mails profissionais fora do horário de trabalho. Muito bem, dizem em coro, deviam fazer o mesmo por cá.

Por cá, é uma escolha do próprio, pelo menos nesta área de trabalho (penso eu de que…). O problema é que se alguém abre uma exceção, passa a ser regra.

Não é, nem nunca vai ser. É uma cortesia de que alguns gostam de abusar. Escondem-se atrás da componente não letiva para prevaricar o nosso tempo.

Fora do horário de trabalho, seja ele qual for, quem não o souber que arranje forma de o definir ou que lho definam, ninguém é obrigado a ler um e-mail. Porquê? Porque para entrar nesta profissão não é requerida a posse de um aparelho “leitor de e-mails”, seja lá o que isso for. Também não é requerido que se gaste os megabytes lá de casa em trabalho, ou sequer a ter megabytes lá em casa.

Se querem que se leia e-mails, permitam o acesso aos aparelhos “leitores de e-mails” dentro do horário de trabalho e no local de trabalho, com megabytes fornecidos pela entidade empregadora. Definam no horário um intervalo de tempo para ler essas missivas.

Se o país estivesse financeiramente “recomendável”, sempre se poderia auferir um subsidio mensal para a compra do tal aparelho e para aquisição de megabytes… mas isto sou eu a sonhar…

Pensem nisto, o excesso de e-mails profissionais desgastam o nosso cérebro de forma inútil por tão inúteis que tendem a ser….

(e quando algum se lembrar de realizar uma reunião via Skype, logo pela fresquinha, às seis da matina)

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2017/01/o-direito-a-ignorar-os-e-mails/

Notícias Soltas do Dia de Hoje

Educação sexual. Como se faz lá fora e com que resultados? – Observador

Visão | Eles vão lá

O que faz falta à escola? Alunos votam e decidem – PÚBLICO

1.º Ciclo – 64 escolas destinadas a fechar há anos continuam abertas

Escolas de Tavira sobrevivem com voluntariado dos (poucos) funcionários

Escolas de Santa Comba Dão sem aquecimento há mais de um ano

277 vítimas de agressões nas escolas foram parar ao hospital em 2015/16 – Observador

Autoridades registam mais crimes em ambiente escolar – PÚBLICO

Forças de segurança registaram cinco mil ocorrências nas escolas – País – RTP Notícias

Violência juvenil – Carlos Anjos – Correio da Manhã
SIC Notícias | Cerca de 700 mil alunos vão ter pelo menos 500 euros para investir nas suas escolas

França passa a incluir português no currículo escolar – Boas Notícias

Violência, toxicodependência e sexo devem ser temas falados na escola » Educare – O Portal de Educação

Continue a ler

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2017/01/noticias-soltas-do-dia-de-hoje-97/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog