adplus-dvertising

7300 dias?… e que mais?

São as primeiras impressões…

A proposta de portaria para a vinculação extraordinária de docentes prevê a integração na carreira, mediante concurso, dos professores contratados que obedeçam, cumulativamente, aos seguintes requisitos: 7300 dias de tempo letivo, 20 anos, e ter cinco contratos no mesmo grupo de recrutamentos nos últimos seis anos antes do concurso.

Os docentes do quadro passam a ser obrigados a concorrer por ausência de componente letiva (DACL) se para eles não existir um horário mínimo de oito horas letivas no seu agrupamento, em vez das seis horas atuais.

Os Docentes passam a só poder concorrer a dois grupos de docência e não a todos para os quais possuem habilitações, como acontecia, pelos vistos, até ao concurso anterior.

A Norma-travão, do Nuno, não morre. O ME propõe que a entrada obrigatória no quadro destes docentes seja feita ao fim de quatro anos de contratos sucessivos, e não de cinco, como atualmente.

Os docentes de QA passam a concorrer numa prioridade acima dos docentes QZP, independentemente da graduação. OS docentes dos quadros passam a ser ordenados em 5 prioridades no concurso interno e 4 na mobilidade interna.

Os docentes contratados  passam a concorrer em 3ª prioridade até completarem 730 dias, nos últimos 5 anos, e poderem concorrer na 2ª prioridade.

As reconduções continuam a ser possíveis…

 

Ou seja…  Isto foi o melhor possível do ministério?

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/11/7300-dias-e-que-mais/

8 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Somos todos tolos... on 30 de Novembro de 2016 at 20:34
    • Responder

    E a obrigatoriedade dos 730 dias nos últimos cinco anos para a 2.ª prioridade?!

    • Hummm on 30 de Novembro de 2016 at 20:52
    • Responder

    E, no concurso interno:
    1ª prioridade – professores em quadro de escola.
    2ª prioridades – professores em QZP
    Independentemente do tempo de serviço!

    • Marta on 30 de Novembro de 2016 at 21:11
    • Responder

    Porque é que quem está em quadro de escola está numa prioridade acima para mudar da escola A para a escola B no concurso interno?! Não tem nenhuma razão pois este não tem qualquer ligação à escola B tal como não a têm o qzp…

    Norma de travão com apenas 3 anos de renovações é perigosa pois é o nº que podem renovar e qualquer um amigo do diretor que entre vincula imediatamente sem mais se submeter a nenhum concurso. Ou seja no futuro teremos recem licenciados a vincular com apenas 3 anos de serviço pois têm cunhas e outros com 15 relegados para segundo plano. Penso que aqui pelo menos deveriam acabar com as renovações ou pelo menos com o reduzido n de renovações necessárias

      • José on 30 de Novembro de 2016 at 22:33
      • Responder

      ATENÇÃO, a norma travão não se aplica este ano, ver última alínea do decreto lei, desta forma é como para o ano há concurso geral não vai haver reconduçoes e assim os amigos que ficaram os últimos 4 anos numa escola com média muito baixa vão ter de arranjar horário completo para o ano, como não vai haver horário vai fazer-se justiça pois os nais graduados vão ocupar essas vagas. A mama acabou, não vai haver mais ultrapassagens.

      • Porquê? on 30 de Novembro de 2016 at 23:27
      • Responder

      E porque é que os QZPs estão numa prioridade acima dos Quadro de Escola que, tendo horário na sua escola, querem aproximar de casa na Mobilidade Interna? E não venham dizer que é por esses não terem horário, por certo teriam horário no seu QZP, mas concorrem à frente dos outra para qq zona do país.

    • SapinhoVerde on 1 de Dezembro de 2016 at 18:03
    • Responder

    Fixe, mesmo espetacular! Segundo as minhas previsões depois de chegar à reforma é que me posso vincular!
    E mais … vários grupos de recrutamento sem professores a vincular,
    Muito bom mesmo!
    E sem falar das prioridades!

      • ana on 1 de Dezembro de 2016 at 19:51
      • Responder

      Sim, SapinhoVerde vários grupos sem professores a vincularem e quem tem habilitação para vários grupos mesmo tendo os 7300 dias, mas nos últimos 6 anos mudou de grupo não tem direito a vincular. Só quem está no mesmo grupo de recrutamento vinculará e os poucos a vincular vão ficar com H0. O MEC no seu melhor.

    • joão on 2 de Dezembro de 2016 at 10:41
    • Responder

    Continua a vergonha da norma travão-tenho 10 anos e uns dias de serviço, desde que comecei a lecionar sempre o consegui, umas vezes com melhores horários outras com piores, não posso concordar que colegas que estejam 50 e mais lugares atrás de mim na lista entrem para o quadro a minha frente, só porque conseguiram renovações em Teips…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: