1 de Maio de 2016 archive

Tiago Rodrigues a Trabalhar para a Nota

spgl

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/05/tiago-rodrigues-a-trabalhar-para-a-nota/

Muito Resumidamente o 1º de Maio

… tem dois títulos fortes.

 

 

CGTP anuncia semana de greves e manifestações entre 16 e 20 de maio

 

 

Na educação as greves devem estar fora de questão já que as avaliações dadas mais à esquerda ao novo ME têm sido positivas.

E como a classe docente cumpre as 5 horas na sua componente de trabalho individual, também por aqui não se vê motivo para grandes lutas.

Carreiras e descongelamento devem ficar para o 1º de Maio de 2017.

E assim se cumpriu o 1º de Maio de 2016.

 

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/05/muito-resumidamente-o-1o-de-maio/

57% de Agrupamentos com Provas de Aferição

A expressão é mesmo esta, os directores decidiram.

 

 

PROVAS DE AFERIÇÃO DOS 2.º, 5.º E 8.º ANOS DE ESCOLARIDADE

 

 

Findo o prazo estipulado para que os diretores comunicassem a sua intenção sobre a realização das provas de aferição, 57% destes diretores decidiram realizar, já este ano, as provas dos 2.º, 5.º e 8.º anos de escolaridade.

O Ministério da Educação refere que se trata de uma amostra significativa para proceder a uma aferição válida do sistema.

De notar também que menos de 8% dos diretores decidiram realizar as provas dos 4.º e 6.º anos em conjunto com as provas dos 2.º, 5.º e 8.º anos de escolaridade e 2% optou por realizar apenas as provas dos 4.º e 6.º anos.

O Ministério da Educação agradece o empenho de todos os diretores, independentemente da sua decisão, na mobilização de cada comunidade escolar para a opção que, neste ano transitório, consideraram ser a mais conveniente.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/05/57-de-agrupamentos-com-provas-de-afericao/

1º de maio. Convém recordar…

Foi a 1 de maio de 1886 que foi organizada uma manifestação de trabalhadores nas ruas da cidade de Chicago na qual participaram milhares de trabalhadores.

O objetivo principal ​da​ manifestação era reivindicar a redução do horário de trabalho para 8 horas diárias, ​quando muitos trabalhadores eram obrigados a cumprir 16 horas diárias.

Os dias que se seguiram foram dias muito conflituosos com escaramuças e manifestações, das quais resultaram a morte de vários manifestantes e de alguns agentes da polícia.

Como resultado, a justiça condenou cinco sindicalistas à morte e três outros a ​prisão perpétua.

​Em 20 de junho de 1889 numa reunião em Paris, é decidido convocar anualmente uma manifestação para o primeiro dia de maio, como homenagem às lutas sindicais na cidade de Chicago.

Em Portugal, só após o 25 de abril de 1974, se comemora o Dia do Trabalhador passando também ​esse dia ​a ser feriado nacional.

 

1-maio-chicago

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/05/1o-de-maio-convem-recordar/

Mãe, hoje é o teu dia…

“A celebração do Dia da Mãe é uma das datas mais celebradas no calendário, ano após ano. “Mãe só há uma” e é a oportunidade perfeita para reconhecer e premiar todo o carinho e sacrifício que as mães oferecem aos filhos diariamente, durante todos os dias do resto das suas vidas.

Mas, de onde vem a história da celebração da festividade? As primeiras comemorações do Dia da Mãe remontam à Grécia antiga, cumprindo o seu papel de cultura seminal que serviu de base à civilização ocidental. Nesta época, os seus contemporâneos prestavam homenagem a Rea, irmã e esposa de Crono e mãe de Zeus, Poseidón e Hades. Ainda assim, e segundo Homero, Rea simbolizava a mãe dos deuses e não uma mãe universal, como poderia ser o papel de Cibeles.

De facto, foi à divindade Cibeles que honraram os romanos que, por sua vez, adquiriram os costumes dos gregos. Estes nomearam a comemoração deste dia como a Hilária e a dataram de 15 de março, que era quando os peregrinos se disponibilizavam a realizar oferendas no templo da Deusa da Mãe Terra.

Vários séculos depois, os católicos transformaram estas celebrações politeístas para distinguir a figura da Virgem Maria como a mãe de Jesus e de todos os cristãos.mãe No santoral católico, designou-se a data de 8 de dezembro para a homenagem, coincidindo com a festa da Imaculada Conceição e aproveitando, assim, a data para homenagear os dois acontecimentos.

Contudo, a verdadeira conceção do Dia da Mãe foi fixado em 1873 pela poetisa e ativista Julia Ward Howe. Esta defensora dos direitos das mulheres escreveu a Proclamação do Dia da Mulher e, durante alguns anos, conseguiu que as mulheres de 18 cidades norte-americanas se reunissem para celebrar a festividade. A cidade de Boston continuou a comemorar o Dia da Mãe durante uma década, mas seria Anna Jarvis –movida pelo recente falecimento da sua mãe– que aplicaria todos os esforços para marcar a data de comemoração para 12 de maio de 1907.

Finalmente, e sete anos depois da proposta de Jarvis, a ideia chegaria às mãos do presidente Woodrow Wilson, que determinaria que o Dia da Mãe nos Estados Unidos seria celebrado no segundo domingo de cada mês de maio.

Muitos foram os países que se juntaram, a pouco e pouco, e que foram fazendo eco da festividade.”

No nosso país este dia celebra-se hoje, no primeiro domingo de maio.

Obrigado, Mães…

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/05/mae-hoje-e-o-teu-dia/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: