adplus-dvertising
adplus-dvertising

11 de Abril de 2016 archive

É assumida a Redução do número de alunos por turma. Um novo modelo para 2017/2018.

 

Download do documento (PDF, 310KB)

 

(clicar na imagem)

video

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/04/e-assumida-a-reducao-do-numero-de-alunos-por-turma-um-novo-modelo-para-20172018-2/

Certificação de Tempo de Serviço Prestado por Formadores e Técnicos Especializados

Com a circular Nº B1603375AU, publicada hoje, dá-se sem efeito as Circulares n.º 7/2003, de 24/2 e B16014484H, de 12/2/2016.

E com esta circular o tempo de serviço dos técnicos especializados passa a ser considerado desde que se respeitem as regras nela contidas.

Clicar na imagem para ver como passa a ser certificado o tempo de serviço prestado por Formadores e Técnicos Especializados.

 

 

circular ts

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/04/certificacao-de-tempo-de-servico-prestado-por-formadores-e-tecnicos-especializados/

Opinião – Filinto Lima

Aferir, examinar ou politizar?

 

 

Às escolas impõe-se alhearem-se da teia política que não urdiram, onde as querem meter, e defender os interesses dos alunos, como sempre o fizeram.

 

“Que sabem mais dizer sobre Educação os nossos candidatos, que não seja serem defensores da escola pública? Que pensam eles sobre a instabilidade legislativa neste setor? Que medidas pensam promover para a valorização da profissão docente? Concordam ou não com um Pacto na Educação entre os principais partidos políticos em relação a áreas estruturais? Qual a sua opinião sobre as mudanças constantes na avaliação dos alunos? Que pensam sobre a não estabilização curricular? Tencionam colocar a Educação na agenda política e mediática do futuro Presidente da República? Estas são algumas das perguntas que, prescindindo de divagações ou subterfúgios, deveriam apresentar durante a campanha sem se fecharem em banalidades ou em respostas politicamente corretas, vazias de sentido.

 
Continua aqui o artigo de opinião de Filinto Lima no Jornal Público.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/04/opiniao-filinto-lima-5/

“Jogos digitais são cada vez mais usados nas escolas”

Um projeto sobre o qual até tenho curiosidade…

 

A iniciativa Programação no 1.º Ciclo do Ensino Básico, da responsabilidade da Direção-Geral da Educação (DGE) e que se encontra em funcionamento desde o início do presente ano letivo”, é uma das mais relevantes. Quanto mais não seja pela dimensão, “abrangendo mais de 700 professores e de 27 000 alunos dos 3.º e 4.º anos de escolaridade e obedecendo também a uma lógica de jogo (o Scratch e o Kodu, por exemplo)”.

 

(clicar na imagem) in DN by Pedro Sousa Tavares

ng6454603

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/04/jogos-digitais-sao-cada-vez-mais-usados-nas-escolas/

Novas regras no IRS podem custar mais 84 milhões às famílias…

… mas os orçamentos continuam a “mingar”…

 

Com as novas regras, as famílias deixam de poder deduzir despesas que antes eram aceites, como o material escolar ou as refeições escolares. Isso vai reflectir-se na factura fiscal e saem a ganhar os cofres do Estado.

 

(clicar na imagem) in Económico by Filomena Lança & Elisabete Miranda

img_890x500$2013_07_29_20_47_50_204616

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/04/novas-regras-no-irs-podem-custar-mais-84-milhoes-as-familias/

Governo cria “Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar”

Publicado em DR a resolução que cria o Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar. Agora resta esperar pela tal formação…

 

Princípios para o Programa:
a) A criação de um vasto compromisso social sobre o desígnio natural do processo de escolarização, da função  social da escola e do estabelecimento do sucesso como meta a atingir, através de um debate público alargado sobre o papel da escola na capacitação dos indivíduos;
b) O envolvimento de todos os atores sociais com impacto na comunidade educativa, em particular nas estruturas e entidades locais, na convergência de medidas indutoras de boas práticas e de corresponsabilização na promoção do sucesso escolar;
c) A criação de dinâmicas locais de diagnóstico e intervenção, a partir do conhecimento produzido pelas escolas, da sua capacitação para uma intervenção ajustada aos contextos locais e às necessidades específicas das suas populações -alvo;
d) A promoção de práticas que permitam antecipar e prevenir o insucesso, através de uma aposta na intervenção precoce, em detrimento de um enfoque em estratégias remediativas;
e) A dinamização de um programa de formação contínua, que capacite as escolas para a reflexão sobre práticas locais e para o desenvolvimento de estratégias inovadoras e indutoras de mudança;
f) O acompanhamento e supervisão das estratégias locais de promoção do sucesso escolar;
g) A produção de conhecimento científico sobre o sucesso escolar, suas condicionantes, fatores preditores,
estratégias de prevenção, estratégias de remediação de insucesso, práticas letivas, monitorização de estratégias e medidas de avaliação do sucesso em educação;
h) A avaliação periódica do Programa, nas suas múltiplas dimensões, com principal enfoque na avaliação de impacto das estratégias localmente definidas e identificadas como relevantes para a promoção do sucesso escolar.

 

Resolução do Conselho de Ministros n.º 23/2016

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/04/governo-cria-programa-nacional-de-promocao-do-sucesso-escolar/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: