adplus-dvertising

Nove mil professores com mais de dez anos de serviço sem vaga no quadro

Nove mil professores com mais de dez anos de serviço sem vaga no quadro

 

 

Concursos deste ano só vão atribuir 100 lugares, não necessariamente aos que somam mais tempo de serviço

As 100 vagas de quadro abertas pelo Ministério da Educação no passado dia 15 – naquele que será o único período de vinculação deste ano – significam que mais de 9 mil professores com mais de uma década de serviço, mais de 300 deles acima dos 20 anos, terão de esperar pelo menos até ao próximo ano para terem esperança de ver a sua situação estabilizada.

De acordo com um levantamento feito para o DN por Arlindo Ferreira, autor de um blogue especializado em contratação docente, nos concursos de contratação inicial deste ano letivo participaram 9184 candidatos com 10 ou mais anos de serviço, 363 contabilizando mais de 20 anos. O caso mais extremo é de um candidato que somava 37 anos.

Entre estes, ressalvou Arlindo Ferreira, há um “número significativo de professores que vieram do ensino particular e cooperativo”, nomeadamente de colégios com contrato de associação, que é “impossível de individualizar” com os dados disponíveis. Em todo o caso, face à legislação em vigor, estes professores têm os mesmos direitos, no que toca à graduação profissional, dos colegas que fizeram todo o seu percurso profissional no Estado.

O paradoxo é que as 100 vagas podem nem sequer ser preenchidas pelos professores com mais antiguidade, já que a regra adotada para a 1.ª prioridade na vinculação é a chamada “norma-travão”, implementada por Nuno Crato em 2012, que exige cinco contratos anuais, sucessivos e completos para o ingresso na carreira.

 

O estudo que elaborei para o DN tem por base a lista de Ordenação da Contratação Inicial, onde foram eliminadas as candidaturas duplicadas e consta do quadro seguinte.

 

anos serviço 2015-2016

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/03/nove-mil-professores-com-mais-de-dez-anos-de-servico-sem-vaga-no-quadro/

12 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • on 21 de Março de 2016 at 10:05
    • Responder

    E uma destas vagas é minha! Com treze anos de serviço. Cumprimentos

    • Manil on 21 de Março de 2016 at 11:22
    • Responder

    Se têm tantos anos de serviço qual a razão para ainda não serem dos “Quadros”?. Será que têm concorrido a nível nacional e regiões autónomas?

      • fdoc on 21 de Março de 2016 at 11:26
      • Responder

      Antes isso do que ter vindo do privado. Cumprimentos.

      • Luís Miranda on 21 de Março de 2016 at 13:50
      • Responder

      Mais tenho eu e ainda sou contratado. Concorro sempre a nível nacional. Horários completos e incompletos.

      • Ginbras on 21 de Março de 2016 at 15:35
      • Responder

      Os anos como contratado nas regiões autónomas não contam para efeitos da 1ª prioridade no concurso externo pq n são escolas MEC;

      • lia on 23 de Março de 2016 at 14:16
      • Responder

      É cada comentário…. vê-se mesmo que é pessoal que só pensa no seu umbigo e está por fora de tudo o que se passa com os concursos e com as respetivas alterações de vinculação dos últimos anos.
      EU (com 2 décadas de serviço público) NÃO VINCULEI nos últimos concursos extraordinários, porque fui ULTRAPASSADA POR professores oriundos do ensino privado, PERCEBEU??????

    • Júlio Vaz on 21 de Março de 2016 at 13:49
    • Responder

    Sr(a). Diretor(a),

    Venho por este meio solicitar a minha RENOVAÇÃO de contrato. Assim, qualquer dia efetivo pela “Norma-Travão”.

    No caso de não o fizer não serei de certeza colocado em virtude de haver docentes melhor graduados do que eu. Lembre-se que entrei na BCE.

    Aguardando deferimento.

      • docente on 23 de Março de 2016 at 17:34
      • Responder

      mais bem graduados…

    • gerimbeco . on 21 de Março de 2016 at 15:21
    • Responder

    E outra deve ser minha, 14 anos de serviço!!!

    • Vanda on 21 de Março de 2016 at 15:27
    • Responder

    35 e 37 anos de serviço… só podem vir do privado… e agora queriam efetivar no publico só porque sim.

    • Pargo on 23 de Março de 2016 at 17:08
    • Responder

    Parabéns aos 100 felizes contemplados! 😉

    • José Bernardo on 5 de Junho de 2016 at 21:10
    • Responder

    – profissão: limpador de merda…20 anos e uns pozinhos, a limpar a m**** que os outros «colegas» fazem! cuidado com os sapatos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: