adplus-dvertising

Na Biblioteca

ardsm

 

 

Xenofonte e Aquilino juntos, um must, ou seja, um único vinum mustum!

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/07/na-biblioteca-2/

2 comentários

    • Virgulino Lampião Cangaceiro on 1 de Julho de 2015 at 23:19
    • Responder

    É por isso que muitos não te entendem: tens de começar a ler a revista Maria.

    1. Mas eu leio a Maria, eu leio qualquer coisa, uma vez apareceu o bibliotecário lá em casa, preocupado com sua existência, considerava que eu leria coisas suspeitas disponíveis. O meu pai sossegou-o, alegando não gostar de ser interrompido nas suas leituras.

Responder a Virgulino Lampião Cangaceiro Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: