27 de Fevereiro de 2015 archive

Número de Vagas no Concurso Interno

É um número razoável para haver bastante mobilidade.

E o elevado número de vagas no grupo 910 vai permitir que se libertem vagas noutros grupos de recrutamento, apesar do saldo das vagas ser negativo em 4910.

 

vagas tota ci

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/02/numero-de-vagas-no-concurso-interno/

Portaria das Vagas

PORTARIA N.º 57-C/2015 – DIÁRIO DA REPÚBLICA N.º 41/2015, 3º SUPLEMENTO, SÉRIE I DE 2015-02-27

 

Ministérios das Finanças e da Educação e Ciência

 

Fixa o número de vagas a preencher pelo concurso externo, previsto e regulado no Decreto-Lei n.º 83-A/2014 de 23 de maio

 

Em atualização.

 

Será difícil perceber como existem vagas que são abertas para a norma travão onde sempre existiram docentes de QZP por colocar em alguns grupos de recrutamento. Dou como exemplo a abertura de 3 vagas no grupo 240 onde existiam docentes dos quadros por colocar.

 

vagas norma travão

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/02/portaria-das-vagas/

Os Vários Estudos Que Fiz da Norma Travão

461 Docentes Que Cumprem em 31/08/2015 os Limites

 

E Se na Norma Travão Não Fosse Considerado o Mesmo Grupo de Recrutamento?

Mais um Estudo de uma Vinculação Onde Deviam Entrar nos Quadros 2833 Docentes

 

Dados dos candidatos à vinculação semiautomática

 

 

E o mais aproximado com os números anunciados hoje que foi publicado em 20 de Julho de 2014.

 

E Com 4 Contratos Sucessivos Anuais e Completos

 

… existem actualmente pelo menos 1585 docentes que podem em 2014/2015 obter o 5º contrato anual consecutivo de forma a que em 2015 obtenham o 6º contrato que dará entrada directa nos quadros.

 

DE - 20JAN

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/02/os-varios-estudos-que-fiz-da-norma-travao/

“Animação, hoje é sexta!” (Literatura e animação: Franz Kafka)

Hoje o espaço “Animação, hoje é sexta!” é dedicado à literatura e cinema de animação. Mais precisamente a filmes de animação realizados com argumentos adaptados de obras de Franz Kafka.

O primeiro, realizado em 1991 por Piotr Dumala, é Os diários de Franz Kafka, baseada na obra homónima de Kafka. Neste filme de Dumala são apresentadas cenas da vida de Franz Kafka, da sua juventude e do amadurecimento de seu génio criativo até ao seu isolamento. Baseado em diários, cartas e romances de Kafka como fonte inspiradora, esta animação inclui material documental – a partir de fotos tiradas por Kafka entre 1883 e 1924 com imagens de Praga na mudança de século. A técnica de animação é prodigiosa, com desenhos e gravura sobre placas de gesso.

 

 

A segunda animação, de 1999, é baseada na obra “A Metamorfose” de Franz Kafka. Realizada pelo espanhol Charlie Ramos, The Metamorphosis, baseou-se na obra de Franz Kafka, em que Gregor, a personagem principal, acorda para ver que se transformou num grande inseto.

 

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/02/animacao-hoje-e-sexta-literatura-e-animacao-franz-kafka/

Aguardo o 4º Suplemento do Diário da República de Hoje

Para ver a lista de vagas e quem sabe o aviso de abertura do concurso.

 

Ele sairá aqui, ou aqui se sair na 1ª Série do Diário da República.

 

E como sempre tive o feeling para que fosse hoje publicado o aviso de abertura vou ficar a aguardar que o mesmo ainda saia hoje.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/02/aguardo-o-4o-suplemento-do-diario-da-republica-de-hoje/

Supera as Minhas Expetativas

Só espero que estes dados tenham sido trabalhados pelo MEC e que não se reportem apenas aos pedidos que as escolas fizeram há pouco tempo.
Porque parece-me que alguns erros foram feitos na declaração dos docentes que reúnem as condições para a vinculação através da norma travão.

 

Ministério da Educação anuncia vinculação de 1453 professores

 

 

O Ministério da Educação e Ciência anunciou esta sexta-feira que vai vincular aos Quadros de Zona Pedagógica 1453 professores.

De acordo com uma nota do Ministério (MEC), a portaria que fixa as vagas dos quadros das escolas e dos quadros de zona pedagógica, discriminados por grupos de recrutamento, «a preencher através do concurso interno/externo de 2015 será hoje publicado em Diário da República».

«De acordo com a legislação, o concurso interno realiza-se de quatro em quatro anos. No entanto, o MEC assumiu no ano passado, no âmbito da vinculação extraordinária realizada, o compromisso de realizar um concurso interno intercalar, sem prejuízo daquele que está previsto para 2017», diz o comunicado.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/02/supera-as-minhas-expetativas/

E as Permutas?

Cessam com este concurso interno?

Sim. As que decorram das colocações das listas da mobilidade interna cessam os seus efeitos com o concurso interno intercalar de 2015, independentemente de ser entre QA/QA ou QA/QZP.

As que decorram do concurso interno/externo de 2013 mantêm-se por 4 anos.

 

Decreto-Lei nº 83-A/2014

Permutas
Artigo 46.º
Âmbito de aplicação

3 — A permuta autorizada entre docentes colocados
nos concursos interno e externo vigora obrigatoriamente
pelo período correspondente a quatro anos escolares, sem
prejuízo da perda da componente letiva que ocorra no seu
período de duração.

5 — A permuta dos docentes colocados no procedimento
de mobilidade interna e no concurso de contratação
inicial vigora pelo período correspondente às respetivas
colocações, sem prejuízo de cada um dos permutantes ser
obrigado a permanecer no lugar para que permutou pelo
período correspondente à sua colocação em plurianualidade
nos termos do presente diploma.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/02/e-as-permutas/

Para Esclarecer As Dúvidas Sobre Quem Tem de Concorrer

Já tinha dito em 25 de Janeiro que os docentes QZP não eram obrigados a concorrer ao concurso interno, confirma-se o que disse.

 

Os únicos docentes obrigados a concorrer ao concurso interno são os docentes que vincularam em 2014 no Concurso Externo Extraordinário.

Todos os restantes docentes concorrem se entenderem que o devem fazer.

 

Já na Mobilidade Interna são obrigatoriamente candidatos os seguintes docentes:

  • Docentes QZP;
  • Docentes a quem não é possível atribuir o mínimo de 6 horas de componente letiva na escola de provimento.

 

Na Mobilidade Interna os docentes QZP são obrigatoriamente candidatos a todas as escolas do seu QZP, podendo manifestar preferências por escolas de outros QZP e os docentes QA/QE a quem não é possível atribuir o mínimo de 6 horas de componente letiva são obrigatoriamente candidatos a todas as escolas do seu concelho, ou no caso das “zonas” metropolitanas do Porto e de Lisboa aos concelhos identificados no DL 83-A/2014.

Ambos concorrem na 1ª prioridade, assim como os docentes que estão no programa de requalificação.

 

Como os docentes QZP têm de concorrer na Mobilidade Interna pelo menos a todo o seu QZP, não vejo porque razão não concorram no concurso interno para as escolas ou QZP que pretendam ficar colocados, independentemente de haver vaga ou não.

 

NOTA: Todas as mobilidades cessam com o concurso interno intercalar deste ano (Número 3, do artigo 6º do DL 83-A/2014)

As renovações como não são uma forma de mobilidade podem manter-se até ao limite previsto no número 2 do artigo 42º do mesmo Decreto-Lei e em 2015/2016 pode haver renovações desde que se cumpram os requisitos previsto no número 3 do artigo 42º.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/02/para-esclarecer-as-duvidas-sobre-quem-tem-de-concorrer/

Apresentação do Concurso pela DGAE

Mas ainda sem datas.

candidatura

 

[gview file=”http://www.arlindovsky.net/wp-content/uploads/2015/02/Concurso_Docentes_2015_25_fev.pdf”]

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/02/apresentacao-do-concurso-pela-dgae/

Aposta de Hoje

… para 70 milhões.

 

euromilhoes 27 fevereiro

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/02/aposta-de-hoje-3/

O Novo Programa de Português do Ensino Básico

… estará em consulta pública durante o mês de Março.

 

DESPACHO N.º 2109/2015 – DIÁRIO DA REPÚBLICA N.º 41/2015, SÉRIE II DE 2015-02-27

Ministério da Educação e Ciência – Gabinete do Ministro

 

Novo Programa para o Ensino Básico

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/02/o-novo-programa-de-portugues-do-ensino-basico/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: