26 de Outubro de 2014 archive

Só Falta Mesmo Ele Descobrir a Saída Do Labirinto

No público de hoje.

 

labirinto

“A máquina é tão grande que não sabemos exactamente como é que o programador faz o programa, como é que o director de serviço traduz a legislação, como é que o director-geral nos informa.”

Nuno Crato

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/10/so-falta-mesmo-ele-descobrir-a-saida-do-labirinto/

E a Quantos Aconteceu Isto?

Serem retirados de colocações em BCE para completamento de horário?
 

Queria denunciar uma situação que está a acontecer nas escolas e os colegas não devem ter conhecimento.
 
Fiquei colocada com um horário de 11 horas, anual, na RR2. Esse horário é efetivamente de 11 horas. Concorri às duas BCE para horários em que pudesse completar o meu horário. Na passada sexta feita, em conversa com uma colega de uma escola TEIP à qual concorri a horários superiores a 15 horas, descobri que tinha ficado colocada nesse AE uma outra colegas com um número de ordenação superior ao meu, no horário de 16 horas, e eu não recebi qualquer contacto da parte da DGAE/Escola para saber se o horário seria compatível com o meu. Segundo percebi a DGAE enviou uma segunda lista de professores para o AE e a que estava publicada de nada serviu… o que é totalmente ilegal! Desde quando me retiraram das listas se eu não desisti desses horários em momento algum? Estranho também é essa colocação não constar da minha área pessoal do DGAE. Apenas tenho acesso a alguns horários inferiores a 22 horas. Enviei queixa para DGAE, AE, IGE, Provedor de justiça e Gabinete do Ministro. Nós nunca conseguiremos saber o que se passou realmente pois não temos acesso às colocações reais… Estou revoltada, pois vejo colegas a passarem-me à frente com horários muito melhores que o meu e eu com possibilidade de completar horário, estou impossibilitada pela DGAE.
 
E acredito que o que se passa comigo passar-se-á em outros casos.
 
Agradecia que tornasse público este problema para alertar os colegas que poderão estar na mesma situação que eu.
 
Obrigada e bem haja!

 

Liliana

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/10/e-a-quantos-aconteceu-isto/

Aconteceu Isto a Mais Alguém?

O que aconselho a colega é apresentar-se amanhã na escola de colocação, visto que a escola ainda deve ter acesso à aceitação da colocação pelo candidato, por este ainda se encontrar no prazo legal da apresentação na escola.

Mas é mais uns dos mistérios desta BCE o docente não conseguir aceitar uma colocação na aplicação.

 

 

 

Vou expor aqui o meu caso, na tentativa de saber se já aconteceu a mais alguém. No passado dia 23 fui contatada pela DGAE com um mail que dizia ter sido selecionada na BCE de uma escola na Amadora, quando no dia 24 quis aceitar a colocação na plataforma apareceu uma mensagem a dizer que não era possível, tentei várias vezes, e nada…mudei de computador, mudei da internet explorer para o Chrome e nada…sempre a mesma mensagem, lembrei-me de fazer print screen…já aconteceu a alguém? para todos os efeitos eu não respondi na plataforma, “cheira-me” que vou ter problemas, o que pensa sobre isto?

Obrigada


M C

 

1 2

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/10/aconteceu-isto-a-mais-alguem/

Como Que Alguém Acreditasse

Em especial no seguinte:

 

Governante admite contratar mais professores e pagar horas extraordinárias para recuperar atrasos.

 

É tal e qual o balanço sobre a BCE que ia ser feito nesta última sexta-feira que afinal foi adiado para segunda-feira.

 

Crato garante que necessidades escolares comprovadas “serão supridas”

 

O ministro da Educação e da Ciência, Nuno Crato, garantiu, num encontro com directores, professores e pais que as necessidades escolares “que forem comprovadas (…) serão supridas”.

No final do 39º Encontro Nacional das Associações de Pais, que decorreu em Cascais, Nuno Crato falou aos jornalistas e, quando sobre se, no quadro do plano de recuperação do atraso do ano lectivo e caso seja necessário, contratará mais professores e pagará horas extraordinárias, disse que, “com certeza, (…) as necessidades que forem comprovadas (…) serão supridas”.

Porém, sublinhou o ministro, o que se está a verificar “é um grande esforço por parte dos directores e dos professores para, com os meios próprios, resolverem os problemas da compensação pedagógica que existem para um conjunto de alunos”.

Acerca do balanço da colocação de professores através da Bolsa de Contratação de Escola (BCE), que o Ministério da Educação tinha prometido para esta semana, mas depois remeteu para a semana que vem, o ministro assegurou que “a Administração Escolar tratará disso no devido tempo”.

Realçando que tem acompanhado “o que se está a passar, dia a dia”, Nuno Crato confirmou que “um balanço sistemático será feito, em princípio, na segunda-feira”.

Na sessão de encerramento do encontro, o ministro voltou a reconhecer “erros lamentáveis no início” do ano lectivo, mas garantiu que “estão agora em fase de ultrapassagem final” e recordou que “muitas escolas não tiveram problemas nenhuns”.

Perante o repto lançado pelas associações de pais para que não admita mais cortes na educação, o ministro voltou a explicar que o orçamento não emagrecerá 700 milhões de euros. “Na realidade, há uma redução de 200 milhões”, insistiu, acrescentando que, desse montante, 50 milhões “dependem da capacidade de utilizar fundos comunitários”.

Ou seja, garante o ministro, “a redução na educação vai ser muito menor, se é que vai haver”. E, “se for necessário”, Nuno Crato irá “buscar” mais dinheiro.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/10/como-que-alguem-acreditasse/

A Surpresa É sabermos Que o Ministro se Surpreendeu

…porque tudo o que tem acontecido era expectável há muito tempo.

E disso se foi dando conta aqui no blog e em muitos outros espaços muito atempadamente.

 

Nuno Crato admite surpresa pelos erros na colocação de professores

 

 

O ministro da Educação quer saber como foi possível cometer o erro e não ter sido informado de uma série de opções que estavam a ser tomadas sobre esta matéria.

Numa entrevista publicada no caderno P” do jornal Público, o ministro da Educação assume que a “máquina” é tão grande que há uma série de etapas que é impossível de controlar.

As declarações de Nuno Crato ao P2 surgem no âmbito de uma entrevista realizada há menos de duas semanas quando ainda não havia professores em muitas escolas. Declarações que foram publicadas hoje depois de Marques Mendes ter considerado ontem que a permanência de Nuno Crato no ministério da Educação é inexplicável.

O antigo líder do PSD, e membro do Conselho de Estado, na habitual sessão de comentário político na SIC, diz que nada do que se passa no processo de colocação de professores é normal.

Uma declaração feita na semana em que o primeiro-ministro reafirmou toda a confiança, em Crato, elogiando-o durante uma inauguração em Esposende.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/10/a-surpresa-e-sabermos-que-o-ministro-se-surpreendeu/

Tesourinho Contratual

Seria muito importante conhecer o pedido que resultou no despacho de autorização do secretário de estado do ensino e da administração escolar para a abertura de um horário como técnico especializado para o grupo 100 em que um dos requisitos é ter carta de condução.

Até posso imaginar que possa existir uma razão bem fundamentada sobre a necessidade de contratar um determinado docente com estas características e que o mesmo esteja antecipadamente escolhido.

O que não compreendo é que se se faça um concurso público para encapotar uma determinada contratação fingindo tratar-se de um concurso transparente.

Tal como já disse o Paulo Guinote num post recente não me repugna que as escolas tenham uma pequena cota para contratação direta de professores, mas desde que essa necessidade seja devidamente justificada e tornada pública e que as escolas apresentem resultados públicos pelas opções que fizeram.

 

110 carta1 110 carta2

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/10/tesourinho-contratual-25/

Blogosfera – profs.pt

A Direção Escolar – democracia ou ditadura? Vamos acabar com os lambe-botas nas escolas!

 

 

 

O Jorge Costa nesse post convida-me a relembrar-nos o que aconteceu na escola da Apelação há dois anos com os critérios estabelecidos por essa direção para contratação de professores.

Já o fiz no dia em que foi pública a demissão do Diretor desse agrupamento.

E depois até aconselhei outros a seguir o mesmo exemplo.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2014/10/blogosfera-profs-pt/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: