Qualquer Dia

… a obrigação de manifestar preferências por 2 QZP volta de forma natural.

 

Basta ver que em alguns QZP já não se consegue concorrer a todas as escolas manifestando o mínimo de 25 preferências por escolas/agrupamentos.

Nesta altura já são 3 os QZP que não têm 25 escolas/agrupamentos “normais”.

 

QZP

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/07/qualquer-dia/

17 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Lauro on 29 de Julho de 2014 at 15:28
    • Responder

    Ok, percebo, mas quem não quiser fazer 200km tem o direito de assim proceder. Até nem deveria haver ‘mínimos’… Se alguém só quisesse concorrer a um concelho ou até mesmo a uma só escola, deveria ter esse direito. Estaria na sua consciência esse risco e mais ninguém tem nada a ver com isso.

    1. Claro que não devia haver qualquer limite mínimo quando existem candidatos em excesso para todos os lugares. Só se compreendia haver esses limites mínimos se houvesse tantas vagas como candidatos.

        • Lauro on 29 de Julho de 2014 at 15:53
        • Responder

        Nem mais…!

        • manuela on 31 de Julho de 2014 at 11:07
        • Responder

        Penso que nem neste caso deve haver obrigatoriedade…qualquer cidadão português postula para o emprego que deseja…é um direito adquirido.

          • Maria on 31 de Julho de 2014 at 15:34

          O direito à escolha é, sem dúvida, adquirido, mas sejamos honestos: quem não quer ir para longe não pode ir para as televisões, em setembro, dizer que tem 20 anos de serviço e não teve colocação. O que não dizem é que não querem sair de casa…

  1. Por exemplo, já não se pode concorrer ao concelho de Mafra, pois as escolas estão todas em autonomia.
    Mas uns anitos e já não há concurso do ME, só de escolas e de câmaras.

    1. *Mais

      • Lauro on 29 de Julho de 2014 at 16:19
      • Responder

      E isso é assustador!

    • Sílvia on 29 de Julho de 2014 at 16:35
    • Responder

    Então no QZP 2 só há 32 Escolas/Agrupamentos? Quer dizer que sendo eu de QZP2 e concorrendo à MI só posso concorrer a estes 32 Agrupamentos, dado que os outros são TEIP, Contrato de Autonomia… com concursos próprios? Como é que de um ano para o outro isto mudou tanto?
    Estarei certa? Alguém me ajude. S.F.F!!!

    1. Os docentes dos quadros podem concorrer a escolas TEIP e com Autonomia.

        • Sílvia on 29 de Julho de 2014 at 17:29
        • Responder

        Muito obrigado, Arlindo!

    • João Carlos on 29 de Julho de 2014 at 17:08
    • Responder

    Desculpem colegas.
    A culpa é de quem nos representa.
    Muitos de nós são sindicalizados, livres de o ser. O que é que estes senhores fazem por nós?
    NADA.
    Não se deveriam fazer manisfestações ao sábado, deveriam sim, fazer greve aos exames como em 89 os professores universitários fizeram
    Deu ou não deu resultado?
    Nesse Ano letivo as aulas deveria começar em setembro e começaram em janeiro de 90.
    O ensino está de rastos em todo o sentido da palavra, ninguém quer der a cara, pois todos temem pelo posto de trabalho.
    Os nossos representantes sindicalistas deveriam prever a longo prazo que isto iria acontecer, o que fizeram para o evitar? NADA. Apenas reuniões a trás de reuniões para serem noticia e nos convencerem que trabalham muito. A LUTA pelos nossos direitos é na rua, de escola em escola a ouvir as nossas aflições, não é num gabinete em frente ao computador. Para isso existem os juristas.
    Não quero com o meu desabafo ofender ninguém, mas estou farta, de ser um brinquedo na mão de um povo a quem nós ensinamos o alfabeto.
    Ana Raquel

    • Júlia on 30 de Julho de 2014 at 0:51
    • Responder

    Olá Arlindo! Agradecia que me tirasse uma dúvida s.f.f. Estou a concorrer pela primeira vez, não posso escolher agrupamentos de escolas TEIP nem com Autonomia não e? Não tenho a certeza e agradecia que me confirmasse. Obrigada

    • Sandra Santos on 30 de Julho de 2014 at 1:17
    • Responder

    Olá Arlindo! Os contratados como podem concorrer a escolas Teip? obrigada

      • susana on 30 de Julho de 2014 at 1:28
      • Responder

      penso que só em oferta de escola

  2. Isto muito grave, estamos todos conformados. Vamos deixar acabar o concurso nacional sem lutar? A escola é pública ou privada? Estes diretores adoram a autonomia pois tornam-se nos donos da sua escola, contratam quem querem. Nós os docentes contratados estamos caladinhos com a esperança de conseguir uma cunha para entrar numa dessas escolas e ficar lá muitos aninhos. Somos uns cordeiros. Acabem com a autonomia já, a escola é pública, a escola é de todos!

      • Maria on 31 de Julho de 2014 at 15:36
      • Responder

      Sim senhora Lucy, concordo consigo. Coutadas só de caça.

Responder a Lucy Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: