Mas a Requalificação Não Deveria Servir Para Isto?

Então qual a pressa de criar um novo mestrado?

E os milhares de docentes que já têm formação de Inglês no Ensino Básico vão precisar que o estado gaste assim tanto dinheiro na sua formação para o 1º Ciclo?

Que é necessário atualizar o Currículo do 1º Ciclo já o tenho dito há muito, mas não é só para a introdução do Inglês no currículo do 3º e 4º anos.

 

Segundo Nuno Crato, será necessário atualizar os currículos do ensino básico e criar um novo mestrado para os professores.

O ministro explicou que será ainda necessário atualizar os currículos do ensino básico e criar um novo mestrado para os professores que queiram ensinar a língua aos alunos do 1.º ciclo.

No entanto, o mestrado não irá «resolver o problema de imediato», uma vez que ainda é preciso realizar todo o processo de conceção, legislação e certificação do mestrado e, por isso, as escolas terão de começar por recorrer aos restantes professores de inglês.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/07/mas-a-requalificacao-nao-deveria-servir-para-isto/

13 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • lídia on 11 de Julho de 2014 at 18:08
    • Responder

    Colegas do 1º ciclo, acordem. Teimar em defender a monodocência quando ela já nao existe?

    • THIS MORTAL COIL on 11 de Julho de 2014 at 18:35
    • Responder

    Este Nuno Crato pirou de vez..

  1. Todos os professores do 220 já há muitos anos dão iniciação ao Inglês, por que motivo é necessário um novo mestrado?

      • Alves on 11 de Julho de 2014 at 20:01
      • Responder

      E o que percebem esses “220s” de Português, Matemática…?

      A continuar a monodocência, terá que ser assim: Formem-se e apareçam!

        • HERLANDER on 12 de Julho de 2014 at 15:33
        • Responder

        Não demonstre, assim, a sua ignorância. Então não sabe que esses colegas têm formação e habilitação profissional TAMBÉM para o 1º ciclo?
        Criar um mestrado e desperdiçar profissionais já existentes e no desemprego… é mesmo à 3º mundo! Deve dar jeito a alguém…

          • Antonio, on 14 de Julho de 2014 at 1:37

          Ah pois deve dar jeito a algum amigo… toda a gente sabe que há milhares de profs no desemprego que têm formação para o ensino de inglês e que têm trabalhado neste tipo de ensino desde que foi criado nas escolas do 1º ciclo. Vão agora criar professores novos!? Ou não dar o devido valor a todos os colegas que estiveram a trabalhar com horários e salários reduzidos!

    • Fátima on 11 de Julho de 2014 at 21:40
    • Responder

    Esses 220 são professores de Ensino básico variante português e Inglês,Estão mais do que preparados para o 1º ciclo.

    • Margarida on 11 de Julho de 2014 at 23:28
    • Responder

    E para que servem os mestrados das eses em ensino de inglês no ensino básico?

      • Antonio, on 14 de Julho de 2014 at 1:32
      • Responder

      Para o sr Ministro não servem para nada! Não vê que ele não gosta das eses? Mas as propinas dos alunos a isso ele não diz que não!

    • Não há pachorra on 12 de Julho de 2014 at 16:37
    • Responder

    Com tanto professor habilitado pelo grupo 220, o Crato pirou mesmo.

  2. Há muito tempo que os professores as variantes não deveriam estar habilitados a trabalhar o 1º ciclo sem uma especialização EFETIVA neste nível de ensino!!Quem pensa que estes professores estão pedagogicamente habilitados a trabalhar este nível de ensino, então não sabe mesmo o que anda a fazer. Se calhar o Crato já percebeu o descalabro que tem sido entregar turmas do 1º ciclo a professores de EVT,música etc…Conheço vários casos e nenhum deles teve, o ano passado e há 2 anos, altura em que piorou esta pouca vergonha, um final feliz!!Quando é que neste país de ignorantes se percebe que um aluno de 6 anos não aprende da mesma forma que um aluno de 11/12.????????????????!!!..

      • Cristiano Santos on 14 de Julho de 2014 at 11:00
      • Responder

      O que diz é tão subjetivo!… “Quem pensa que estes professores estão pedagogicamente habilitados a trabalhar este nível de ensino, então não sabe mesmo o que anda a fazer” Há professores de E.V.T. que são excelentes professores do 1.º Ciclo, com ótima capacidade de demonstrar (visualmente) muito do que ensinam! E professores de Música… Ainda há pouco um aluno meu me disse: “Se me ensinassem tudo através da músicas, eu aprenderia muito melhor”. Fazer juízos de valor dos colegas baseada apenas na sua “Formação Inicial” (a sua licenciatura) não é, de todo, o melhor caminho.
      Ao contrário do muitos pensam, nos cursos de professores de 1.º e 2.º Ciclo (variantes) fazem parte disciplinas como: Biologia, Física, Matemática, Português, com a sua parte prática e teórica, para não falar das suas metodologias. A prática pedagógica no 1.º Ciclo desenvolve-se ao longo dos três primeiros anos do curso e a prática pedagógica no 2.º Ciclo é feita no segundo semestre do 4.º ano.
      “Quando é que neste país de ignorantes se percebe que um aluno de 6 anos não aprende da mesma forma que um aluno de 11/12.????????????????!!!..” Isto nem valia a pena comentar… Porque demonstra apenas a sua própria ignorância! Sabe como se faz noutros países? Não? Faça uma pesquisa…
      Suponho que seja professora do 1.º Ciclo (sem variante)… estou certo?

    • Anónimo on 13 de Julho de 2014 at 13:02
    • Responder

    Sem comentários… com tanto professor no desemprego…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: