O Óbvio

Porque o objetivo parece-me ser de empurrar a decisão do Tribunal Constitucional para muito próximo das eleições europeias e do fim do programa de assistência internacional.

Se isso pode trazer vantagens?

Isso é que não sei.

Mas desta vez acho que o Tribunal Constitucional vai dar uma lição ao governo no que respeita a medidas transitórias que se têm tornado “definitivas”.

Espero ter razão.

 

Sem fiscalização preventiva, Orçamento do Estado entra em vigor em Janeiro

 

Cavaco Silva não fez pedido ao Tribunal Constitucional mas pode ainda anunciar fiscalização sucessiva na sua mensagem de Ano Novo.

 

 

O Orçamento do Estado para 2014 vai entrar em vigor em Janeiro, depois de Cavaco Silva não ter solicitado a sua fiscalização preventiva pelo Tribunal Constitucional. Resta saber se Cavaco Silva vai anunciar – tal como fez no ano passado – na mensagem de Ano Novo, a fiscalização sucessiva.

O Presidente da República tinha até esta quarta-feira para enviar o pedido de fiscalização preventiva ao TC. O facto de não ter anunciado oficialmente até ao momento essa iniciativa indica que Cavaco Silva não o fez e deverá promulgar o Orçamento.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/12/o-obvio-3/

3 comentários

1 ping

    • ?????? on 26 de Dezembro de 2013 at 13:17
    • Responder

    Lição ao governo? Não estou a perceber. Mas afinal este blog serve para quê? Alguém me poderá informar se levar um país à pré-bancarrota não será inconstitucional? E já agora as reformas vitalícias não serão inconstitucionais? E o Constitucional não deverá dar uma lição a quem as aprovou? Para mim os políticos não me merecem nenhuma confiança independentemente do partido a que pertencem.

      • Eu e Tu on 26 de Dezembro de 2013 at 13:51
      • Responder

      A idiotice bem que podia pagar imposto não?

        • Tu e Eu on 26 de Dezembro de 2013 at 22:09
        • Responder

        Não há dinheiro para impostos. Vai pedi-lo ao Inginheiro e companhia.

  1. […] Porque o objetivo parece-me ser de empurrar a decisão do Tribunal Constitucional para muito próxim… […]

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: