Evolução das Candidaturas para os Açores nos Últimos Dois Anos

Em dois anos mais do que duplicaram as candidaturas ao concurso dos Açores.

O que só demonstra a vontade dos professores em procurarem um lugar fora da sua “zona de conforto”.

Trabalho elaborado pelo André Silva.

[gview file=”http://www.arlindovsky.net/wp-content/uploads/2013/08/CandidaturasAzores.pdf”]

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/08/evolucao-das-candidaturas-para-os-acores-nos-ultimos-dois-anos/

9 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Aumentou imenso o nº de candidatos em 1º prioridade.

  2. Caro Arlindo, que penalização há se eu não desistir do concurso dos Açores e ficar colocado aqui no continente? E ao contrário?
    Se não ficar no continente posso solicitar subsídio de desemprego, mesmo não aceitando a colocação nos Açores? Hoje é o último dia para desistir dos Açores!! Pf ajude-me!!

    1. Se não desistir dos Açores mas não ficar lá colocado, não tem problema nenhum. Se não desistir dos Açores mas ficar lá colocado e não for pra la, fica 2 anos sem poder concorrer pros Açores. Os concursos são independentes. Acho q ao contrario é a mesma coisa, mas dp alguém ha-de confirmar. Qt a ultima questão tb não sei ajudar.

      1. Obrigado THZ, sempre é uma ajuda…

    • Hugo Santos on 9 de Agosto de 2013 at 0:13
    • Responder

    Está bonito… Dei aulas lá 2 anos, num estava mais ou menos no número 50 e no outro no 70, agora estou no 220.
    Só ficam praticamente os de primeira prioridade, os outros poucas hipoóteses têm. Só mesmo alguma substituição temporária. Ah e são 3 anos de penalização, não 2. (pelo menos era assim).

    1. Sempre se podem esperar pelas desistências. No meu grupo por exemplo sei q 1 dos q estão quase no topo da lista acabou de ficar colocado no concurso extraordinário da Madeira por isso vai desistir dos Açores.

  3. Algum dos colegas concorreu à educação especial (120 e 700),nos Açores? Só agora vi as listas e… gostava de saber se houve engano na minha graduação. (Já não vou a tempo de reclamar, mas…) É que a minha graduação do boletim de candidatura não corresponde à graduação do projeto de lista ordenada, pois nesta última consideram a nota do curso de formação inicial e na candidatura consideraram a nota da especialização Agradecia a quem estiver na mesma situação que me esclarecesse. Desde já o meu obrigado.

      • Maria on 9 de Agosto de 2013 at 15:54
      • Responder

      Nos Açores para efeito de graduação no grupo 120 consideram a nota do curso de formação inicial.

        • Pina on 9 de Agosto de 2013 at 19:36
        • Responder

        Obrigada Maria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: