Previsão para a Publicação das Listas Definitivas

Depois de neste post já ter colocado as datas dos últimos concursos, relativamente ao último dia do prazo de cada uma das fases identificadas no quadro, acrescentei agora as datas dos concursos de 2006, 2007 e 2008 e ainda o dia de publicação das listas provisórias do concurso Interno/Externo de 2013.

O próximo acontecimento no concurso (a mobilidade por doença deixou de fazer parte do concurso) é a publicação das listas definitivas de colocação do concurso Interno/Externo. Este concurso só teve listas em 2006 e 2009 e nessa altura saíram em 2 de Junho (2006) e 6 de Julho (2009). Neste momento encontramo-nos numa data intermédia à publicação das listas desses anos.

No entanto, este foi o ano que mais tarde se publicou as listas provisórias (só pode ter sido esta a razão para não terem permitido a denúncia de candidatos no período de reclamações) e não havendo o tratamento das denúncias este ano é muito provável que a diferença de tempo que durou entre a publicação das listas provisórias em 2006 (36 dias) e 2009 (48 dias) seja inferior a 30 dias este ano e que no final do mês ou no máximo em 5 de Julho as listas definitivas sejam publicadas.

 

calendariocomparação

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/06/previsao-para-a-publicacao-das-listas-definitivas/

12 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Paulo Pereira on 18 de Junho de 2013 at 17:31
    • Responder

    Seria uma grande recuperação do atraso.
    Recordando o tópico do fórum com as restantes apostas.
    http://www.arlindovsky.net/forum/index.php?topic=123.0

    • Jose Calado on 18 de Junho de 2013 at 17:46
    • Responder

    Existe informação de quando estará disponível para quem fez a reclamação, quando o seu concurso está validado?

    • Patrícia on 18 de Junho de 2013 at 18:09
    • Responder

    Gostava de ser esclarecida sobre a afirmação que a mobilidade por doença deixar de fazer parte do concurso. Ainda há pouco tempo saiu um esclarecimento sobre este concurso, como é que ele desapareceu?

    1. Passou a ser feito por despacho saindo do mecanismo de concursos.

    • Maria on 18 de Junho de 2013 at 18:17
    • Responder

    Já tinha deixado este comentário num outro post, mas torno a repeti-lo, mesmo se não é garantia de nada:
    Fui há pouco mais de uma semana à ex-DREN (agora Delegação Regional ou algo assim) e perguntei sobre quando seria o concurso para a mobilidade interna e a pessoa que me atendeu disse sem pestanejar “finais de junho”.
    Como não eram os concursos o motivo que me levou lá, não aprofundei o assunto, apenas surgiu a questão no decorrer da conversa. De qualquer modo fica a informação, mais uma vez, não sendo garantia de nada que já sabemos que o rigor, a organização e a coordenação não são virtudes que assistam neste momento (e nos outros) ao MEC.

      • 5ergion on 19 de Junho de 2013 at 11:46
      • Responder

      Deves querer dizer finais de juLho, não?!…

    • celia correia on 18 de Junho de 2013 at 18:53
    • Responder

    Boa tarde. Quando saírem as listas definitivas sabemos logo se mudámos de quadro ou ainda será depois?

      • 5ergion on 19 de Junho de 2013 at 11:50
      • Responder

      Depois… a seguir deverá haver nova fase para recurso hierárquico, penso eu (de que)!

    • Maria on 18 de Junho de 2013 at 19:22
    • Responder

    Está para breve o “juízo final”…

    • josé lourenço on 18 de Junho de 2013 at 21:56
    • Responder

    A AEEP (Associação dos Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo) está neste momento a negociar um novo Contrao Coletivo de Trabalho que muda drasticamente as regras comummnente aceites: Horário de trabalho alargado para 40h; Componente letiva entre as 30 e as 33h; Uma hora letiva corresponderá a um período de 60 m; Criação de um Banco de Horas (200 horas a funcionar durante um ano letivo); Alteração das tabelas salariais; A componente não letiva abrange a realização de trabalho a nível individual e a prestação de trabalho a nível do estabelecimento de ensino (Atividades de apoio educativo; Acompanhamento e apoio aos alunos em espaços não letivos…).

    Não serão somente os docentes do ensino privado e cooperativo a sofrer com este Contrato Coletivo de Trabalho, mas também todos os professores que desempenham funções no setor público.

    Recentemente, um dos argumentos do ministro Nuno Crato para querer aumentar o número de horas da componente letiva nas escolas de ensino público é o facto dos privados já praticarem esse horário. Se não defendermos o ensino privado e não negarmos esta proposta, brevemente veremos estas propostas serem aplicadas igualmente no ensino público, como a convergências das tabelas salariais e aplicação das demais condições.

    Esta proposta da AEEP é um prelúdio para a privatização do ensino em Portugal. Os grandes grupos económicos interessados na privatização do ensino (GPS, Didáxis, Ribadouro, etc.) só aceitam tomarem conta das escolas públicas se esta contrato for aprovado. Todos os professores deveriam estar contra esta proposta e deveriam manifestar-se já.

    • Sandra Gerardo on 19 de Junho de 2013 at 10:43
    • Responder

    Podem esclarecer-me acerca da mobilidade por doença?? Por despacho?? Como funciona? Como se concorre??? Onde posso encontrar essa informação?
    Obrigada!!

    • Maria Fernanda Amorim on 25 de Junho de 2013 at 13:59
    • Responder

    Gosto muito do espaço.
    Para qd se prevê a saída das listas do concurso?

  1. […] Neste post apontei para o dia 5 de Julho. Se quiserem fazer outras apostas estejam à vontade. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: