Ainda a Manuel da Maia

Se por um lado pedem para os 10 primeiros enviarem o curriculo para a escola por outro lado colocam os posicionados nos trezentos e tais.

 

Sou professora do grupo 500 e no presente ano letivo, concorri às várias ofertas de escola do Agrupamento de Escolas Manuel da Maia.

De acordo com o que está disponível na página do agrupamento, apenas os dez primeiros graduados deveriam enviar curriculum e os restantes enviar por email a tabela preenchida que se encontrava em anexo…

Conclusão: como me situava numa posição que não era das dez primeiras, enviei apenas o anexo.

Na passada sexta feira (07/09/2012) pelas 17h10 recebi uma notificação via email, para que entrasse emcontato com a escola para dar seguimento ao concurso… Mas mesmo antes de ter conseguido falar com alguém da escola, constatei que os horários já estavam ocupados por colegas com graduações muito inferiores.

Posteriormente, fui informada pela escola que as notificações enviadas por email não eram da responsabilidade da escola e que os horários já estavam todos ocupados. Permita-me que questione, como é possível selecionar colegas ordenadas com números superiores ao trezentos, sem terem sequer feito entrevista ou avaliação curricular aos colegas que estavam em posições mais favoráveis?  A legislação não exige que seja realizada entrevista ou uma avaliação curricular aos cinco primeiros candidatos? Mesmo que os cinco primeiros candidatos tenham recusado o horário ou até mesmo não corresponderem ao perfil pretendido pelo agrupamento, como foi possível que alguns candidatos passassem à frente de mais de trezentas pessoas?

Gostaria de perceber como eu e muitos outros colegas fomos ultrapassados por candidatos menos graduados, sem termos sido sujeitos à aplicação dos subcritérios exigidos pelo art. 18º daPortaria n.º 83 -A/2009 com a redacção dada pela Portaria n,º 145-A/2011. Não seria do interesse do agrupamento escolher os docentes com perfil mais adequado e não ter apenas como critério único o facto de o docente ter lecionado ou não no agrupamento em pelo menos um dos dois últimos anos? Estará esta forma de agir de acordo com a nova legislação que regulamenta as ofertas de escola? Então e a entrevista? Ou a avaliação Curricular? Só é feita a quem fica com o lugar?

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2012/09/ainda-a-manuel-da-maia/

15 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Mousinho on 10 de Setembro de 2012 at 16:17
    • Responder

    Não à maneira dos nossos Jornalistas, publicarem isto em todos os meios de comunicação social??????
    É o País que temos…. vamos para a Rua fazer barulho……

    • Miguel on 10 de Setembro de 2012 at 16:21
    • Responder

    Eu ainda não consegui perceber esta pouca vergonha, de serem colocados candidatos menos graduados, não consigo mesmo perceber a intenção disto….

      • Alexandre on 18 de Outubro de 2012 at 9:43
      • Responder

      Ó Miguel é fácil de perceber. Eram os usos e costumes das escolas e dos Srs Diretores…………

    • eu on 10 de Setembro de 2012 at 16:25
    • Responder

    Olá.Temos de denunciar esta sem vergonha. Por favor, não fiquem calados… Na Manuel da Maia colocaram colegas que na lista nacional estavam muito perto da ordem três mil (grupo 500) e na lista de graduação da escola na ordem trezentos de tal… Uma vergonha. Já reclamei na escola e agora vou continuar a divulgar… Façam o mesmo…

    • curioso on 10 de Setembro de 2012 at 16:26
    • Responder

    Reclamem por escrito para a DREL e IGE, lamentarem-se nos blog´s não adianta nada…..

      • eu on 10 de Setembro de 2012 at 16:33
      • Responder

      Quais são os endereços ou email? Da DREL , IGE…. e tudo mais? Não consigo ficar calada. SElecionar quem queriam com entrevista é muito mau… Agora sem nada, é vergonhoso e um atentado à inteligência de qualquer um.

        • P on 10 de Setembro de 2012 at 16:45
        • Responder

        O que é um atentado à inteligência de qualquer um é ainda não ter denunciado, está à espera de quê? e ainda vir perguntar por endereços de IGE?! Por amor da santa…com professores assim não se vai muito longe!!!

          • eu on 10 de Setembro de 2012 at 17:04

          Não sei se a cara colega já reparou…. mas toda a palhaçada aconteceu hoje… Portanto tenha
          calma… gosto de fundamentar bem as minhas reclamações… Não sei a razão dessa
          agressividade toda… Talvez seja uma das contempladas… Mas infelizmente na nossa profissão
          é assim, uns ajudam outros não.

    • vykos on 10 de Setembro de 2012 at 16:29
    • Responder

    como se acede a essa informação? na pagina da escola apenas consigo ver as listas iniciais de ordenação

      • eu on 10 de Setembro de 2012 at 16:34
      • Responder

      Vês na aplicação da dgrhe, onde concorreste. À frente do horário diz o número de candidato da pessoa colocada.

        • vykos on 10 de Setembro de 2012 at 16:38
        • Responder

        obrigada

    • Paulo on 10 de Setembro de 2012 at 16:44
    • Responder

    Grupo 500 (listas definitivas de graduação)

    2011/12
    ISABEL MARIA DE CASTRO FERNANDES
    23.837 4989 1826 12.000 22/01/1963

    2012/13
    ISABEL MARIA DE CASTRO FERNANDES
    25.170 5232 2191 12.000 22/01/1963

    É possível?

      • Paulo on 10 de Setembro de 2012 at 16:53
      • Responder

      Aumentou a graduação 1,333 nun só ano?

    1. Pode ter visto contabilizado tempo de serviço de anos letivos anteriores.

    • Ana Reis on 11 de Setembro de 2012 at 14:48
    • Responder

    Arlindo, pode apagar o meu último comentário ? Foi feito na janela errada.

    Peço desculpa,
    Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: