Um Pequeno Teste

…no 2º Ciclo com tempos de 50 minutos distribuídas as sobras por cada uma das disciplinas.

Em algumas situações a distribuição parece desajustada noutras parece adequada.

Obviamente que eu tinha uma preferência numa destas opções, o problema é que todos nós as teremos e serão diferentes da minha. E tudo isto pode ser possível dentro da mesma escola e com turmas diferentes.

Com tempos letivos de 50 minutos um horário completo de um docente teria obrigatóriamente de ser 22 tempos letivos de 50 minutos desaparecendo as horas supervenientes do horário, ou seja 1100 minutos.

Vantagens desta proposta. FIM DAS AULAS DE SUBSTITUIÇÃO.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2012/05/um-pequeno-teste/

3 comentários

3 pings

    • Advogado do Diabo on 26 de Maio de 2012 at 19:28
    • Responder

    Arlindo
    As horas superveniente não são utilizadas para as substituições. As horas das substituições são da componente não lectiva de estabelecimento.


    1. Com o apoio ao estudo obrigatório não sobram horas para substituições.

        • isabel on 13 de Junho de 2012 at 8:00
        • Responder

        Mas as horas de 79 ainda podem usar-se para isso. Na minha escola a maioria das substituições decorre dessas horas.


  1. […] sobrantes e com a soma dos minutos finais no ensino secundário em tempos de 50 minutos.Neste post já tinha elaborado um quadro com a possibilidade de distribuição do tempo sobrante na opção […]


  2. […] fui alertando para as contas de merceeiro feitas com tempos de 45 ou 50 minutos em pelo menos dois sítios.A isto se chama FAZER MAIS COM MENOS. Despacho Normativo 13-A/2012, de 5 de Junho Notas: As […]


  3. […] previsto relativamente a mais uma das bandeiras de Maria de Lurdes Rodrigues que acaba de cair, fim da preocupação com as aulas de substituição e com um prolongamento da atividade letiva para os alunos do 1º e 2º ciclos com mais […]

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: