Ponto de situação sobre os DACL

Depois da falta de respeito dada hoje pela DGRHE a quem tem o seu mês de descanso programado há imenso tempo e que inesperadamente viu-se obrigado a concorrer a DACL, em data anunciada pela própria DGRHE ainda no dia 7 de JULHO, é de lamentar o adiamento deste concurso e só terá justificação se a DGRHE lançar até à próxima sexta-feira o número de docentes indicados para DACL, por grupo de recrutamento e por escola.

Acho que esta seria a única desculpa aceitável por este atraso.

Enquanto tal não é feito (seria útil se fosse feito) agradeço a quem estiver interessado e tiver acesso  a esses números que o divulgue neste post para partilha de todos.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/07/ponto-de-situacao-sobre-os-dacl/

10 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • SCarvalho on 27 de Julho de 2011 at 20:27
    • Responder

    Conseguem-me explicar quais os critérios de seleção dos docentes que vão para DACL?

    O Diretor da minha escola optou por não respeitar a graduação dos grupos e enviou para DACL docentes que têm graduação superior aos que ficam na Escola. Isto é possível?

    O Diretor tem autonomia para escolher a seu belo-prazer sem ter de se basear em qualquer justificação objetiva e plausível?

      • Jorge Dias on 3 de Agosto de 2011 at 1:26
      • Responder

      A legislação ainda em vigor, atribui essa e outras competências ao Director.
      No entanto, deverá ser solicitado ao Conselho Geral (que acompanha e fiscaliza a gestão da Direcção) um parecer sobre o assunto.

      Cumprimentos.

    • Carla on 27 de Julho de 2011 at 20:52
    • Responder

    O que me explicaram é que a direção tem autonomia para escolher entre vários docentes na mesma situação (quer entre contratados, quer entre docentes destacados por AR…) quem quer que fique na escola (critérios como continuidade pedagógica; desenvolvimento de projetos…)

    1. Digamos que não será bem assim!!
      O que diz a nota informativa da DGRHE (15/07/2011) e o aviso de concurso deste ano, é que docentes QE/QA e QZP colocados em 2009, cumprem a pluranualidade e ficam na escola de colocação, se houver horário por 4anos.
      Se um destes docentes por exemplo QZP, estiver no lugar de outro que pertence a esta escola mas que está destacado fora em DCE/mobilidade…, e não tiver horário nessa escola de destacamento, não pode voltar para a escola de origem, porque esta lá um docente em pluranualidade.E mesmo que esse docente que está fora seja QA e o outro que está no lugar dele seja QZP, quem tem dierito ao lugar é o QZP. Assim o docente, que estava fora, se não há horário tem de concorrer a DACL, e não é o director que escolhe este ou aquele, é o que está na lei.
      O colega QA só pode voltar para a escola, se no seu lugar estiver um contratado. Estes são sempre obrigados a concorrer todos os anos, haja ou não haja horário para eles, porque no momento da colocação em final Agosto, pode ser colocado um QZP ou QA em DACL, porque estão à frente dele (contratado). E este ano vão ser muitos em DACL.
      Além do mais os contratados para poderem renovar têm de cumprir diversos requisitos e têm de ser horários anuais.
      O Director não tem essa autonomia, e se indica agora na aplicação que não tem horário para um QA/QE ou mesmo QZP, como pode justificar depois em Agosto pedir um contratado para esse horário?
      O que se passa é que este ano, a situação está ainda mais confusa do que nos anos anteriores porque há ordens para regressarem centenas de docentes às escolas e o caos está a começar.

    • Natália on 27 de Julho de 2011 at 21:07
    • Responder

    A essa escolha de quem se quer a trabalhar nas escolas chama-se AUTONOMIA!
    Os critérios deveriam ter sido definidos no pedagógico e aferidos pelo conselho geral – o que não foi feito, como é obvio! Assim, fica nas suas “mãos”. Carla a tua afirmação tem uma imperfeição: “quer de entre os contratados”. Não podem ser mandados DACL, DAR e DCE a concurso se houver contratados. De entre os restantes manda o bom senso (ou deveria)!

  1. Pois, caros colegas, isto do DACL, TEM MUITO QUE SE LHE DIGA!
    Fui apanhada de surpresa, quando a minha diretora me informou que tinha de concorrer a DACL, mas o meu nome não foi escolhido pela escola mas, pelo DGRHE…..EU VI O MEU NOME NA LISTA QUE SAIU NA PLATAFORMA….no entanto estou deveras ansiosa,e alarmada, apesar de me ter informado do dito concurso num cae… mas também não me adiantaram muito! Tenho 23 anos de serviço fui concorrendo por destacamento de aproximação à residência (efectiva por nomeação definitiva ´há 17 anos) e quando estou na escola do concelho a que pertenço..imaginem, vou concorrer para me afastar da residência e sem saber onde há horário, porquê? Porque fui a última a entrar no meu grupo de recrutamento mesmo tendo mais tempo de serviço que outras colegas. Não foi só a questão da eliminação da área de projecto, porque os euros é que mandam, foi também uma situação de irresponsabilidade do diretor de distribuição da rede escolar que desde o ano 2009 decidiu em acordo com mais….. outros!!!distribuir os alunos de 2º ciclo por uma outra escola do concelho, sem precaver que também os professores da escola em causa poderiam ter problemas no que diz respeito a organização de horários.
    Agradeço o facto de poder partilhar a minha revolta e inconformidade face a este facto convosco.

      • Maria Antonieta on 27 de Julho de 2011 at 23:50
      • Responder

      Desculpe que lhe pergunte, mas escolhida pela DGRHE? Como assim? Não sabia que a DGRHE tinha esse poder ou mesmo que o queria…

    1. A aplicação onde a colega viu o seu nome só pode ser ou a da indicação da componente lectiva pelo director ou então a lista de todos os destacados (DCE, DAR, Mobilidade ou DACL) que podem ser propostos para mobilidade por alguma entidade proponente. Julgo que se refere à 1ª situaçao, mas isso não é a DGRHE que escolhe este ou aquele, é uma aplicação onde têm de aparecer todos os que estão em destacamento independemnte do motivo, cf referi acima.

      Também é importante que as pessos leiam um bocadinho de legislação sobre os concursos e consultem com alguma regularidade a DGRHE, ou então este blog e eoutros que fornecem muita informação importante.
      É que quando não se lê, é muito mais fácil fazer confusão.

    • Joana Rebelo Sousa on 27 de Julho de 2011 at 23:50
    • Responder

    Atenção: os Directores só podem mandar alguém para DACL depois de esgotadas TODAS as hipoteses de atribuição de horas noutro grupo para que se tenha habilitação (habilitação profissional, própria ou minima).
    Estejam atentos aos critérios utilizados pelos Directores pois estes têm que ser previamente aprovados não fazendo qualquer sentido ultrapassagens na carreira (atenção pois tempo de serviço pode não ser a mesma coisa que antiguidade na carreira, o que conta é a posição de “mais tempo de serviço no escalão” = antiguidade na carreira).

    • florinda on 29 de Julho de 2011 at 18:25
    • Responder

    E ainda o DACL!Boa tarde a todos.Estou muito confusa relativamente a minha situação,agradeço desde já se alguém me puder ajudar.Sou QZP,fui colocada no ano lectivo anterior pela Bolsa de Recrutamento.Este ano concorro novamente a DACL e sinceramente ,não sei como ordenar da melhor forma as minhas preferencias,aquilo que fiz no ano anterior foi colocar todas as escolas mais proximas da minha residencia ,sendo elas pertencentes ao meu QZPou a outro por ordem de distancia.Gostaria que alguém com mais experiencia me desse algumas dicas pois não me parece que tenha concorrido da melhor forma.OBRIGADA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: