Mai 26 2017

As “Cruzes” da Mobilidade Por Doença

No espaço reservado ao médico no Relatório Médico da Mobilidade Por Doença existem 3 perguntas onde o Médico deve assinalar (sob orientação do docente) os vários SIM e NÃO.

Se na primeira e na terceira questão não há dúvidas no que assinalar, já na questão 2 chegam-me várias dúvidas.

Este ano surge um segundo não que apenas se aplica aos docentes QZP que pretendam efectuar o pedido de Mobilidade Por Doença para 2017/2018 para a mesma escola de colocação por concurso no ano lectivo 2016/2017. E porquê este Não? Porque cessam todas as mobilidades com a existência de um concurso interno e o docente QZP ainda não sabe qual a sua escola de colocação em 1 de Setembro de 2017.

Se o docente QZP foi colocado em Mobilidade Por Doença em 2016/2017 e pretende pedir novamente Mobilidade Por Doença para 2017/2018 para a mesma escola de 2016/2017 deve colocar SIM, pois essa colocação não foi obtida por concurso, mas sim por Mobilidade Por Doença. A única dúvida que pode existir é que em 2016/2017 os docentes foram colocados quer por Mobilidade Interna quer por Mobilidade Por Doença e no caso de ambas as colocações terem sido para a mesma escola como se deve colocar a “cruz” se no SIM ou no segundo NÃO. Se alguém tiver essa resposta da DGAE indique na caixa de comentários.

À partida todos aqueles que colocarem o primeiro NÃO ficarão com os pedidos indeferidos por estarem a declarar não necessitarem de deslocação para agrupamento diverso daquele que estão colocados.

A única dúvida que tenho e seria bom que a DGAE esclarecesse é se o docente obtiver colocação no concurso interno para a escola que indicará entre o dia 2 e 8 de Junho na candidatura à MPD se pode vir a anular este pedido, ou se o pedido é anulado automaticamente pela DGAE por deixar de haver necessidade de deslocação para agrupamento diverso daquele em que se encontra colocado/provido.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/as-cruzes-da-mobilidade-por-doenca/

Mai 26 2017

ME Reúne com Sindicatos Dia 6 de Junho Mas Greve Ainda Paira no Ar

Ministério chama sindicatos mas greves continuam de pé

 

 

Tiago Brandão Rodrigues convocou organizações sindicais para reuniões a seis de junho mas estas querem mais garantias

O Ministério da Educação (ME) chamou as organizações sindicais para reuniões negociais, no dia seis de junho, mas estas avisam que a convocatória não basta para travar as ações de luta que estão em cima de mesa, nomeadamente as greves, exigindo garantias reais do ministro de que há margem para mexer em temas como as carreiras, a vinculação de mais professores contratados, os horários de trabalho e a idade da reforma.

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof), que tinha dado um prazo, até ao dia de hoje, para reunir com o ministro Tiago brandão Rodrigues, tem prevista uma tomada de posição oficial. Mas ao DN, Mário Nogueira, secretário-geral desta organização sindical, avança desde já que os professores não aceitarão “ficar na expectativa” até dia seis de junho: “No dia 1 de junho temos reunião do nosso secretariado nacional e se até lá não tivermos reunido com o Ministério, o que estará em cima da mesa serão as medidas a tomar face à ausência de respostas”, avisou, precisando: “A discussão será para decidir se avançamos para a greve ou para uma manifestação nacional”

João Dias da Silva, da Federação Nacional de Educação (FNE), também recusa afastar desde já o recurso a medidas de luta. Mas admite esperar para ver o que o Ministério da Educação tem para propor: “Temos reunião se secretariado nacional proximamente. A Greve é sempre uma hipótese importante”, avisa. “A reunião do dia 6 de junho será uma importante pedra de toque para avaliarmos qual é a disponibilidade do Ministério para resolver as questões que respeitam a docentes e não docentes”.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/me-reune-com-sindicatos-dia-6-de-junho-mas-greve-ainda-paira-no-ar/

Mai 25 2017

Blogoesfera – A Boa Leitura do Meu Quintal

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/blogoesfera-a-boa-leitura-do-meu-quintal/

Mai 25 2017

QZP dos candidatos à Vinculação Extraordinária

O quadro seguinte refere-se ao QZP de colocação dos candidatos ao Concurso de Vinculação Extraordinária (VE). Como se previa os QZP’s 1 e 7 são aqueles de onde provém a esmagadora maioria dos candidatos, o que indicia que serão também os mais desejados.

Quero chamar a atenção para a coluna laranja – candidatos sem escola de colocação.
Apesar de não ser coincidente a 100%, é sabido que os candidatos bem colocados na lista de ordenação e sem escola de colocação nesta fase, provavelmente lecionam em colégios privados ou escolas com contratos de associação.

Tenho tido conhecimento de alguns candidatos nesta situação, que não reunindo as condições necessárias para concorrerem à VE (falo especificamente dos 5 contratos nos últimos 6 anos), viram a sua candidatura validada e surgem na lista de ordenação provisória porque as escolas de validação simplesmente não verificaram se as colocações nos últimos 6 anos se fizeram em escolas públicas.

Apesar de moralmente reprovável, até posso esforçar-me por perceber esta atitude desesperada de candidatos que têm muito mais a ganhar do que a perder, mas a leviandade das escolas que fazem a validação é que me deixa verdadeiramente preocupado.

Contudo, não querendo com isto fazer nenhuma caça às bruxas, espero que todos analisem a sua lista de ordenação e que aproveitem o período de reclamações (30 de maio) para denunciarem todas as situações que conheçam ou de que se apercebam entretanto. Terão de o fazer por mail para a DGAE (dsci@dgae.mec.pt).

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/qzp-dos-candidatos-a-vinculacao-extraordinaria/

Mai 25 2017

A Dúvida da Extinção de Vaga do Concurso Extraordinário

Há ditos e desditos sobre este assunto.

A secretária de Estado parece ter garantido ao Jornal Público que não haveria a extinção de vaga no concurso extraordinário, caso o docente entrasse em ambos os concursos, depois de anteriormente ter dito que sim.

 

A secretária de Estado Alexandra Leitão garantiu em abril, ao Público, que não haverá extinção de vagas se houver duplicação de colocações.

 

O aviso de abertura diz que extingue e Mário Nogueira refere ontem no Fórum da TSF isso mesmo, ao minuto 27:20.

 

Neste momento não garanto o que possa vir a acontecer com as vagas da Vinculação Extraordinária onde também fiquem colocados os docentes da “norma-travão”.

Se acredito em informações da Secretária de Estado aos jornais ou no aviso de abertura dos concursos.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/a-duvida-da-extincao-de-vaga-do-concurso-extraordinario/

Mai 25 2017

Com Pais Assim…

… os filhos nunca podem ser bons exemplos.

 

 

Ânimos exaltados em protesto contra aluno agressivo

 

 

 

A escola primária do Facho, em Vila do Conde, esteve fechada a cadeado na manhã desta quarta-feira. Os pais queixam-se de um aluno de 9 anos que agride funcionários e alunos.

Esta quinta-feira, os pais exaltaram-se e houve ainda alguns insultos trocados, tendo sido necessária a intervenção da GNR. A mãe da criança, Natália, disse à CMTV que o filho é hiperativo e que os pais das outras crianças perseguem o João Pedro.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/com-pais-assim/

Mai 25 2017

Fórum TSF de 24 de Maio – Professores precários

Fórum TSF: Professores precários

 

 

Faz sentido que o Governo deixe de fora mais de metade dos professores que cumprem os critérios para a entrada nos quadros? As especificidades da educação exigem um elevado número de precários?

 

 

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/forum-tsf-de-24-de-maio-professores-precarios/

Mai 25 2017

319 Docentes Concorrem à Norma Travão e à Vinculação Extraordinária

Dos dos 431 docentes em concurso na primeira prioridade do concurso externo existem 319 deles que também concorrem ao concurso da vinculação extraordinária.

No total existem 3019 vagas para o concurso da vinculação extraordinária e de acordo com as declarações da Secretária de Estado de Março, os docentes que obtenham colocação nos dois concursos anulam a vaga do concurso externo extraordinário.

No entanto, como ontem já foi novamente referido não vai haver anulação de vagas do Concurso Extraordinário caso exista esse duplicação de colocações.

 

A secretária de Estado Alexandra Leitão garantiu em abril, ao Público, que não haverá extinção de vagas se houver duplicação de colocações.

 

Porque se houvesse anulação de vagas o número de vinculados no concurso extraordinário poderia descer para as 2.700 vinculações.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/319-docentes-concorrem-a-norma-travao-e-a-vinculacao-extraordinaria/

Mai 25 2017

Projeto de Despacho de Calendário Escolar 2017/2018

 

Clicar na imagem para aceder ao Projeto de Despacho de Calendário Escolar 2017/2018.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/projeto-de-despacho-de-calendario-escolar-20172018/

Mai 25 2017

A Precariedade Começa aos 36 Anos e Tem Moda aos 42

O próximo quadro apresenta a idade a 25/05/2017 de todos os candidatos ordenados na lista de admissão provisória do concurso de vinculação extraordinária de 2017.

A eliminação da precariedade com este concurso apenas incide para docentes com 36 ou mais anos de idade e a moda deste quadro situa-se nos 42 anos de idade.

Encontra-se assinalado a verde as modas por grupo de recrutamento.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/a-precariedade-comeca-aos-36-anos-e-tem-moda-aos-42/

Mai 25 2017

Extraordinário

Que exista esta precariedade.

Quadro com a idade dos candidatos nascidos antes de 1/1/1960 e candidatos ao concurso da vinculação extraordinária de 2017.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/extraordinario-2/

Mai 25 2017

Candidatos em 1ª Prioridade ao Concurso Externo em Comparação com as Vagas Abertas

Há 6 grupos de recrutamento onde abriram mais vagas do que o número de candidatos em 1ª prioridade nas listas provisórias.

Os grupos estão assinalados a verde no quadro de baixo.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/candidatos-em-1a-prioridade-ao-concurso-externo-em-comparacao-com-as-vagas-abertas/

Artigos mais antigos «

» Artigos mais recentes

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar