Ensino básico e secundário perdem 15 mil alunos num só ano

Ensino básico e secundário perdem 15 mil alunos num só ano

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/07/ensino-basico-e-secundario-perdem-15-mil-alunos-num-so-ano/

6 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • professor karamba on 30 de Julho de 2021 at 22:05
    • Responder

    —————–
    ——————————

    “Ensino básico e secundário perdem 15 mil alunos num só ano”

    Só agora é que perceberam que Portugal entrou em REGRESSÃO DEMOGRÁFICA?????????

    Só agora é que perceberam que em Portugal, Há EXCESSO DE PROFESSORES na dita Escola Pública??????????????????

    E anda este BLOG a enganar papalvos com a ideia de que há uma enorme falta de professores. O que de facto HÁ é uma Enorme Falta de Vergonha Na Cara (para não dizer outra coisa).

    Esta Gentinha é de uma Ignorância Atroz.

    Caros amigos nos proximos anos vamos assistir a uma diminuição progressiva do Número de Alunos na dita Escola Publica. Esta realidade leva a uma DIMINUIÇÃO ACENTUADA no Número de Professores NECESSÁRIOS ao Sistema Público de Educação.

    Temos neste momento cerca de 40.000 Professores Contratados (Tapa-Buracos) que só são necessários para cobrir as mais de 12.000 Baixas Médicas Permanentes ANUALMENTE, as COADJUVAÇÕES, os APOIOS (ou Poios)…e outra JAVARDICE semelhante……..

    Façam as contas e tirem CONCLUSÕES….sendo certo que o ESTADO (digo, os CONTRIBUINTES através dos seus IMPOSTOS) não podem, nem devem sustentar Pançudos (digo, EMPREGO FICTICIO).

    Os CONTRIBUINTES através dos seus IMPOSTOS) não podem, nem devem sustentar uma dita Escola Publica transformada num Centro Assistencialista com psicologos (trabalhadores da saliva), assistentes sociais (para preencherem papeis), terapeutas da fala (para ver se as crianças salivam)………..

    Estamos perante uma ABERRAÇÃO……um ABORTO…….chamado de “escola publica”……..

    Hoje aquilo a que chamam “ESCOLA” não passa de um enorme “ARMAZEM” onde os progenitores colocam os seus rebentos para poderem desenvolver as suas atividades ludicas, profissionais ou outras…….

    Hoje aquilo a que chamam “ESCOLA” não passa de uma enorme “CANTINA SOCIAL” onde se dá de comer aos FAMINTOS desta vida (Filhos de Desempregados; Filhos daqueles que vivem do Rendimento Social de Insersão (RSI); Filhos de Prostitutas; Filhos de Delinquentes; Filhos de Presidiários; Filhos daqueles que auferem o Salario Minimo Nacional no valor de 635 Euros e que levam para casa á volta de 500 euros…….

    Hoje aquilo a que chamam “ESCOLA” não passa de uma enorme INTRETEM onde os designados professores dão umas TRETAS de que são exemplo as “cidadanias”, “educação ambiental”, “educação sexual”, “desporto escolar/toma lá uma bola para dares uns chutos”………..

    Hoje aquilo a que chamam “ESCOLA PUBLICA” não passa de uma enorme FRAUDE onde os pobres são acolhidos…..Sim!….porque os filhos da classe média e alta são colocados em Escolas de Bandeira e em Colegios Privados onde possuem uma boa preparação para a Vida Futura.

    Ao que a ESCOLA PUBLICA chegou!…….Não!….isto não merece ser chamado de “ESCOLA”…………A ESCOLA é um local de ENSINO-APRENDIZAGEM e não um HOSPICIO para os Desgraçados da Vida.

    VERGONHA!……..NOJO!……………….

    É isto o trabalho do Partido Socialista e do seu Grande Lider António Bosta.

    Sinto Tristeza, Nojo e Repulsa por grande parte do professorado não ter discernimento para enchergar o que se passou no Ensino e, em particular, na ESCOLA PUBLICA, a qual foi transformada num CENTRO ASSISTENCIAL.

    ———————
    ——————————————

      • Professor "Intretem", Caramba on 30 de Julho de 2021 at 23:46
      • Responder

      Karamba, Professor “Intretem”

      Vais acabar no Inferno a acartar botijas de gás 🙂
      Agora a sério – “Vais mesmo acabar no Inferno a acartar botijas de gás”
      Sou docente sexagenário, com muito orgulho, no Ensino Público, com 100% de assiduidade no percurso, numa carreira iniciada a meio da década de 80, na Escola para TODOS.
      Peço-te que não diminuas esse ritmo hilariante, de moço de recados, de marçano assalariado, que não respeita os outros seres humanos, que perdeu o respeito por si próprio.
      Grande Professor “Intretem”, és o King da indignidade … continua … faz-nos rir !

        • professor Karamba on 31 de Julho de 2021 at 0:22
        • Responder

        És mais UM dos que entrou na dita “escola publica” na ERA DA MASSIFICAÇÃO…. fruto da Abrilada….

        Deves agradecer o emprego que tens a este abastardamento do ensino…

        Como sabes (ou devias saber), as ERAS começam, mas também acabam…e a ERA que te proporcionou seres um Sitor da dita Latrina Publica tem os dias contados, embora possa parecer que está para durar….

        A sociedade não se compadece do pseudo-sucesso gerado na dita escola publica com a atribuição de diplomas a mediocres, a impreparados, a mentecaptos…..os frutos da dita escola inclusiva são um sucesso apenas dentro das paredes da dita Latrina Publica…..cá fora o Mundo gira e não acredita nesse sucesso mandando sentar os rapazinhos e as rapazinhas frente a uma folha A4 para ver se eles pelo menos sabem escrever o nome…..

        É a vida…..

          • Professor "Intretem" on 31 de Julho de 2021 at 0:34

          Tenho filhos, Professor “Intretem”, formados na Escola Pública, com cargos de topo em empresas líderes mundiais, com “curriculum” adquirido em vários países, com mérito e muito trabalho … sem nomeações 🙂
          Faz-nos rir, “Intretem-nos”, nunca te permitas estar sóbrio …
          Não tens qualquer dimensão … Caramba … muda isso … respeita-te a ti próprio 🙂
          É a vida … dos insignificantes moços de recados!
          É a vida …

      • Sardão pró Karamba on 31 de Julho de 2021 at 1:53
      • Responder

      Professor Karamba, aliás Pintelko e outros nomrs que aqui usa e deles abusa: já tens idade para ter juízo e não dizeres parvoíces.
      Contudo, quando estás contente depois da ida à sardoaria e de ficares entalado não há nada a fazer. Postas de contentamento, mas ainda não reparaste que dizes sempre o mesmo?
      Que andes com o dito entalado ainda se compreende porque disso nao prescindes, agora a dizeres sempre o mesmo já é burrice.

    • João Almeida Pinto on 31 de Julho de 2021 at 8:55
    • Responder

    Caro professor caramba,
    Se bem se recorda, num anterior post escrevi sobre a importância de V. Exa. continuar a sua participação aqui no blog, pois ‘sem palhaço não há circo’ e, por entre exercícios de retórica, dá sempre jeito o artista na arena para entreter a multidão.
    Contudo, com o mesmo número, espetáculo após espetáculo, a originalidade perde-se e a populaça cansa-se.
    Manter-se no topo não é para qualquer um, mesmo para o mais tenaz aspirante a Popov.
    Correndo o sério risco de afastar o público e sabendo de antemão que sem audiência não há profissional que resista (basta atentar nas manifestações da indústria circense nos últimos dias), é pois chegada a altura de surpreender.
    Fica aqui lançado o desafio. Como verdadeiro génio multifacetado, espero que aceite – The show must go on.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: