Queres ser professor? Aproveita a oportunidade…

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/01/queres-ser-professor-aproveita-a-oportunidade/

18 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Paulo Anjo Santos on 26 de Janeiro de 2020 at 19:32
    • Responder

    Daqui a poucos anos ainda haverá mais oportunidades para muitos outros… poucos se vão chegar à frente, até porque muitos (que conheço) dizem que «não têm é jeito» para dar aulas, como se fosse uma coisa que uma pessoa tenha à nascença e não obrigue a um constante trabalho de reflexão e conhecimento dos alunos e das metodologias usadas em cada turma, em cada aula.

    • profinfo on 26 de Janeiro de 2020 at 20:36
    • Responder

    Segundo umas marias que andam por aí, diz que há muitos “informáticos de faculdade” que vão apanhar essas vagas todas.

      • Paulo Anjo Santos on 26 de Janeiro de 2020 at 20:41
      • Responder

      Fico com uma dúvida que deve ser mais uma coisa que vai dar barraca. Dois candidatos, um com uma licenciatura em Informática, e o outro profissionalizado num grupo qualquer que não o 550 mas com uma formação creditada na área das TIC. Quem é que fica à frente na lista para colocação?

        • Paulo Anjo Santos on 26 de Janeiro de 2020 at 20:45
        • Responder

        Sendo uma oferta de escola devem ser as escolas a estabelecer os critérios… também é provável que apareçam algumas cadeiradas à portuguesa!

        • maria on 26 de Janeiro de 2020 at 23:00
        • Responder

        Seja “de faculdade”, como é comum dizer-se, ou do politécnico, profissionalizado ou não, qualquer um estará à altura de leccionar essa matéria ( do grupo 550). Mal andaríamos se a sua competência “cientifica” não superasse a de uma qualquer ( sem desprimor) “formação creditada” detida por um docente de outra área , ainda que profissionalizado nessa mesma área. A menos que essa profissionalização lhe tenha conferido um dom divino capaz de abarcar todos os saberes – uma espécie de dom da ubiquidade .

          • Paulo Anjo Santos on 27 de Janeiro de 2020 at 1:10

          Maria, eu não dei a minha opinião sobre o assunto, apenas coloquei a dúvida. E, sendo ofertas de escola é melhor prepararem-se para alguns casos de critérios à medida do freguês, não havendo uma nota informativa que estabeleça critérios estes passam a ficar por conta das escolas… a não ser que me esteja aqui a escapar alguma coisa?!

    • Alexandra Almeida on 26 de Janeiro de 2020 at 22:41
    • Responder

    A escola de qualidade no seu melhor…

    • José Santos on 26 de Janeiro de 2020 at 23:02
    • Responder

    Aguarda-se o comentário do cara de cu.mais conhecido por Pardal.

    • Pardal on 27 de Janeiro de 2020 at 18:24
    • Responder


    Este post é uma piada de muito mau gosto.

    Os professores possuem um Estatuto e uma carreira invejável. O atual Ministério da Educação tem vindo a valorizar e muito o Estatuto e o leque salarial dos professores.

    Tomaram os atuais Técnicos Superiores da Função Pública auferirem salários iguais aos professores.

    Neste momento, temos Excesso de Professores porque os salários são apelativos quer relativamente ao Setor Privado, bem como em relação aos Técnicos Superiores da Função Pública. Estamos pois perante um post de mau gosto.

      • Pedro on 27 de Janeiro de 2020 at 20:34
      • Responder

      Então se existe excesso de professores não percebo porque o ministério fez sair uma circular onde para alguns grupos baixa tanto o nível de exigência para arranjar candidatos. No caso da informática é de rir 25 horas de formação chegam.
      Havendo tantos professores em excesso o que não deve faltar é candidatos para os horários. No caso do grupo 550 as escolas não arranjam ninguém para horários completos, depois partem os horários para ver se alguém acumula e mesmo assim não os preenchem. Agora já estão em oferta de escola horários completos para o 550 em que qualquer um se pode candidatar (deve ser do excesso de professores).

      • Paulo Anjo Santos on 27 de Janeiro de 2020 at 21:48
      • Responder

      Este caramelo se não tivesse nascido teria de ser inventado… continua com a treta do excesso de professores quando todos sabem que há milhares de alunos que não têm professor de todas as disciplinas desde o início do ano letivo, o que até obrigou o ME, numa medida que já denota algum desespero, a arranjar esta espécie de solução que permite a qualquer professor a dar quase tudo e mais alguma coisa.

      Depois diz que é uma carreira muito valorizada e que qualquer um ganha menos que os professores… o meu grande palhaço então e os 30 e tal mil contratados que estão numa situação que devia envergonhar todo e qualquer governante, na grande maioria há mais de 10/15 anos?! Mesmo os outros, só se forem os que estão quase na reforma, que não conheço casos pessoalmente…

      Vai fazer alguma coisa útil, não vês que aquilo que fazes aqui só envergonha (ainda mais) o governo?! … ah pois, não deves saber nada de útil, só serves mesmo como abutre da sociedade, infelizmente há mais como tu, se fossem poucos nem dávamos por eles, mas basta vir a um forum qualquer para encontrar alguns… mas também te digo, tão incompetente e idiota como tu ainda não apanhei! 😉

      • Nowhereman on 28 de Janeiro de 2020 at 2:10
      • Responder

      Aí está ele…o pardal boy no seu melhor. Ouvi dizer que este caramelo gostaria de ser professor um dia…now is the time!

      • Pedro on 28 de Janeiro de 2020 at 21:05
      • Responder

      Então sr. pardal, explique-me por favor, porque razão as escolas têm falta de professores, em alguns grupos disciplinares.
      Gostava muito de ver aqui a sua justificação.

        • Paulo Anjo Santos on 28 de Janeiro de 2020 at 22:32
        • Responder

        Oh Pedro, eu já lhe fiz essa pergunta uma carrada de vezes, ele não tem competência para isso, não consegue fazer um debate minimamente inteligente em que defende os pontos de vista deles, mesmo que não concordemos com eles… não dá para mais que fazer copy paste de uns textos que vai aqui colocando… portanto, um inútil, o que aqui faz envergonaria qualquer militante do PS minimamente instruido!

          • Pedro on 29 de Janeiro de 2020 at 16:39

          É tipo as atitudes das crianças.

    • Falcão on 27 de Janeiro de 2020 at 19:24
    • Responder

    AHAHAHAHAHAHHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!

    Confesso que já cá venho, em parte, para me desmontar a rir com as descargas de diarreia mental do Pardal (que até me faz lembrar uma “Ave Rara” ou um “Assistente Técnico” que por aqui pousaram em tempos não muito distantes).

    Pardal… és uma verdadeira comédia :)) Continua! Mal posso esperar pela próxima “pérola”.

    • Paulo on 28 de Janeiro de 2020 at 21:11
    • Responder

    Este sr pardal deve ser um ex governante traumatizado.

    • Paulino Pereira on 30 de Janeiro de 2020 at 0:42
    • Responder

    Paulino Pereira https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2672755576079321&set=a.611426582212241&type=3&theater

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: