PREVPAP Para Formadores

Formadores dos cursos profissionais vão ter concurso próprio para entrar na carreira

 

Cerca de 200 formadores vão entrar na carreira ao abrigo do PREVPAP. Alguns estão, porém, a concorrer através de um concurso que não lhes permite dar aulas.

Os formadores que leccionam as disciplinas técnicas dos cursos profissionais vão ter concursos específicos para o ingresso na carreira, no âmbito do Programa de Regularização Extraordinário dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP).

arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/01/prevpap-para-formadores/

11 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Professor Doutor de educação, livreiro, técnico, psicologo, matemático, inglês, português, desenhador, programador etc etc on 26 de Janeiro de 2020 at 12:46
    • Responder

    Isto é uma fraude, estes PROFESSORES sim PROFESSORES ditos de técnico especializado tem de fazer manuais tem de dominar várias temáticas e vão ser tratados por técnicos superiores, com ordenados inferiores.
    O investimento do estado quer em materiais ferramentas especificas e formação para lecionar determinadas áreas não existem, só formações de encher chouriços, para terem uns créditoszinhos e já está.
    Estes professores que passam por isto deviam era ganhar MUITO MAIS ou ter mais apoio, pois trabalham com a matéria prima que alguém não quer, e não esta aldrabice.
    É preciso saber FAZER e CONHECER não conversa da TRETA.
    Esta NOTÍCIA é uma rasteira com direito a cartão vermelho a estas políticas da educação.
    Já agora perguntem aos ditos PROFESSORES segundo a classificação do ME que tem de pertencer a um Grupo de recrutamento se gostam de dar aulas nos profissionais e a resposta vai ser surpreendente, se pudessem fugiam pois é lá que estão os melhores alunos (ironia). Dividir para reinar é o lema, chega de vergonha.
    Tanto alarido para termos um Ensino Profissional de qualidade e depois tratam quem lá está como lixo, e já agora, trabalho igual salário igual pois muitos dos ditos Professores segundo o ME dão aulas no Profissional logo todos tem de ser tratados de igual forma e não usar técnicas para baixar salários e aproveitamento do PREVPAP para meter quem trabalha há 5,8, 10 ou mais anos no ME em que a necessidade existe para pouparem uns cobres. FRAUDE.

      • Luluzinha on 26 de Janeiro de 2020 at 19:35
      • Responder

      Pela forma como se exprime, em particular, pela forma como escreve, vê-se que é MESMO “professor”!!!
      Já agora: quantas cadeiras pedagógicas teve na sua formação? Que estágio pedagógico fez? Quem o avaliou? Que seminários pedagógicos frequentou? Optou pela via de ensino?

        • revoltado on 27 de Janeiro de 2020 at 23:41
        • Responder

        é cá na sou ninguem para contradizer a sua opinião mas no dia que entrar numa sala cef com 15 ou 16 miudos que foram encostados por diferentes razões e ninguem lhes explicou a razão tente dar materia teorica a esse grupo. bjs.
        sou taberneiro e mal sei escrever o meu nome

      • JOjUANA on 27 de Janeiro de 2020 at 23:10
      • Responder

      Apaguem esta mensagem sff, não convém que haja tanta liberdade de expressão para técnicos especializados.

    • João Francisco on 26 de Janeiro de 2020 at 17:24
    • Responder

    Não consigo ler o artigo, raios!

      • Sofia on 27 de Janeiro de 2020 at 12:16
      • Responder

      Não sei qual é o seu problema?
      Quantos colegas do 430 não vieram de cursos via ensino? Quantos do 530?
      Se ler a notícia e se se der ao trabalho de perceber o que foi feito com os colegas das escolas mencionadas na peça, irá perceber que se tiveram de profissionalizar! Ou na Universidade aberta ( com todas as cadeiras de pedagogia que refere) ou através de mestrado.
      Por isso antes de destilar veneno, informe se e não se ponha num pedestal.

        • João Francisco on 27 de Janeiro de 2020 at 16:38
        • Responder

        Eu só disse que não conseguia ler a notício… porque esse artigo estava apenas disponível para assinantes… peço desculpa se ofendi alguém…. (eu nem sei como se destila o veneno. *Mental note: procurar no youtube como se destila veneno, que pode vir a ser importante, segundo creio 😉 )

          • João Francisco on 27 de Janeiro de 2020 at 16:41

          (e continuar a ir às consultas de psiquiatria, pois parece que tenho ainda mais problemas do que julgava 🙂 )…

    • Filipe on 27 de Janeiro de 2020 at 0:11
    • Responder

    Cara Luluzinha,
    Sou professor profissionalizado num grupo pela Universidade Aberta com média de 17,5, se calhar a mesma onde a Luluzinha tirou e que muito me custou a tirar pois tive de queimar a pestana para os alcançar como deve saber. Trabalho há 10 anos com horários completos e sou técnico especializado. Mas a legislação não me permite ser o dito Professor do quadro porque sou técnico especializado uma raça inferior. Ao longo destes anos para além das minhas matérias sou também professor de matemática, pois os alunos nem uma regra de três simples sabem fazer pois os alunos tem de passar sem saber fazer nada, sou professor de português em que alunos escrevem 1 da seguinte forma “hum”, escrevem a palavra afetados com a seguinte palavra afastados etc etc, sou psicólogo pois o menino tem muitos problemas em casa o pai bate na mãe e o menino vem para a escola com dores de cabeça, chora etc etc, sou professor de inglês, não sabem ler data sheets não sabem o que significa input ou output, etc etc, sou professor de desenho em que os alunos chegam ao 10 ano nem uma reta paralela sabem fazer, n situações que só quem passa por lá as vê diariamente. Já agora isto verifica-se porque há seriação quem vai para ali e quem vai para acolá. Está tudo camuflado é só passar para serem os paus mandados no futuro, quanto menos se saber melhor, costuma-se dizer com papas e bolos se enganam os tolos, na escola com notas boas e sem trabalho alguns deles “os alunos” já são doutores. Já agora, há que tirar umas formaçõeszinhas em excell ou gestão de conflitos ou de inclusividade etc etc são fundamentais para aprendizagem dos alunos (perdas de tempo) se acabassem com os telemóveis nas escolas, se obrigassem os alunos a ler um livro por mês já não digo um por semana que isso é que era avançar no conhecimento dos alunos. Obrigar os mesmos a fazer resumos desses livros. Em matemática era preciso voltar ao tempo de antigamente nada de calculadoras, usar a aquela coisa que anda agarrada ao pescoço. A educação tecnológica devia entrar em massa na escola, saber fazer coisas, chegam alunos ao 12º ano nem uma chave de fendas sabem usar etc etc. Já agora conhece a Tesla, um carro desse tipo vê em cada segundo o que 10 condutores veem ao mesmo tempo naquele segundo sem ninguém lá dentro isto para dizer que é preciso FAZER e SABER FAZER e INOVAR. As cadeiras pedagógicas as avaliações os estágios pedagógicos etc etc não fazem evoluir o sistema de ensino é preciso Maker´s, mudanças pois o ensino continua da mesma forma de quando estudei há 30 anos, Matemática para exames, Português para exames de preferência com bons alunos na sala de aula, diamantes perdidos que deveriam estar a serem ensinados com novas temáticas e didáticas de ensino. Sabe o que é investimento custa e o ME não está para isso, colocar tecnologia de ponta nas escolas o país ia à falência. Já agora os tornos mecânicos, e outras máquinas estão obsoletas, os PC´s das escolas estão desatualizados, sem poderem suportar softwares compatíveis com as versões de PC´s que estão nas escolas há mais de 10 anos é isto que temos… Escrevo assim porque sou PROFESSOR tenho dito.

    • Vitor on 27 de Janeiro de 2020 at 9:02
    • Responder

    Caro colega Filipe. A Dra. Luluzinha é o espelho dos cursos que se tiram nas univesidades publicas e privadas q dao habilitação pra professor. Um TE sem profissionalização tem muito mais bagagem pedagogica p dar aulas. Q os ditos stores de carreira.

    • Luís Abreu on 27 de Janeiro de 2020 at 13:10
    • Responder

    Subscrevo na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog