Aluno esfaqueia colega por questões antigas…

A comunidade educativa continua à espera de medidas que assegurem a sua segurança. O Tiago continua em meditação silenciosa…

Aluno esfaqueado no pescoço por colega em Braga

Um aluno esfaqueou um colega no pescoço, a meio da manhã desta quinta-feira, à porta da Escola Secundária Alberto Sampaio, em Braga.

A vítima foi encaminhada pelo INEM para o Hospital Central de Braga, mas não corre perigo de vida, segundo informações recolhidas pelo JN no local.

A PSP já deteve o agressor, que confessou a autoria da facada, tendo afirmado que se desentendeu com o seu colega devido a questões antigas.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/01/aluno-esfaqueia-colega-por-questoes-antigas/

8 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Rui Filipe on 23 de Janeiro de 2020 at 15:17
    • Responder

    Um país sem segurança , onde os policias já dizem poder entregar as armas, paióis assaltados, professores, médicos e magistrados agredidos no exercício das suas funções, precariedade no trabalho e por isso um país com uma população cada vez mais idosa, sem estímulos aos mais jovens que querem constituir família.Eis um retrato breve de um país, que é pintado com umas cores bem diferente da realidade, pois as cores são escuras como a tristeza.

    • Pardal on 23 de Janeiro de 2020 at 16:50
    • Responder


    Hoje chegou-me ao conhecimento que num Agrupamento do Porto – AGRUPAMENTO DE ESCOLAS INFANTE D. HENRIQUE – http://www.infante.pt/index.php/agrupamento/ – a Diretora Edite Nogueira Batista demitiu-se e abandonou a Escola. O problema é que abandonou a Escola tendo deixado os Serviços Administrativos uma lástima com imensos erros nos vencimentos e outros. Uma Vergonha.
    Hoje entra em funções uma CAP Comissão Administrativa Provisória presidida pela professora Maria José Tavares que esteve algum tempo no Conselho Executivo da Escola do Cerco no Porto. Desejo a melhor das sortes face ao que vai encontrar.
    A informação que me chegou é que a Escola está um caos e com reduzido número de alunos.

      • Pardaleca on 23 de Janeiro de 2020 at 19:44
      • Responder

      Ora cá está o labrego do Pardal a comentar. Grande cão!

    • Rui Filipe on 23 de Janeiro de 2020 at 17:53
    • Responder

    A diretora Edite fez muito bem, se não lhe davam condições para exercer as suas funções.Se assim foi, resta-me dizer, que eu faria o mesmo.
    Agora, por outro lado, leio o que começa a ser habitual, como água mole a bater em pedra dura: que os diretores serão os maus da fita.Se assim for, qual o objetivo? De que será melhor, as “coisas” passarem para as autarquias?Cuidado, o leão serve-se da raposa para conseguir os seus intentos!

      • Pardal on 23 de Janeiro de 2020 at 18:03
      • Responder


      É como em tudo. Há Diretores competentes e outros que são Verdadeiras Nódoas. Questione-se se nesta situação não será o caso.

      A Municipalização a prazo tenderá a acabar com estas Nódoas. A Gestão de proximidade colocará um ponto final a este tipo de gente Incompetente.

        • Piriquito on 23 de Janeiro de 2020 at 18:38
        • Responder

        Tenha vergonha…
        Chega!

        • Amorim on 24 de Janeiro de 2020 at 12:35
        • Responder

        As autarquias estão cheias de políticos caciques, tachistas, com historial longo de tráfico de influências onde o mérito pouco conta, o que interessa é ter a cunha certa para obter os melhores lugares. Gosta apenas de beneficiar os amigos e conhecidos usando dinheiros públicos.

    • Marta on 24 de Janeiro de 2020 at 16:21
    • Responder

    “A Municipalização a prazo tenderá a acabar com estas Nódoas. A Gestão de proximidade colocará um ponto final a este tipo de gente Incompetente”. -Diz o Pardal!
    Como? Onde?!!!! Só pode estar a gozar com quem não é”cego”!…
    É só ver o que se passa em cada autarquia!…Multiplicam-se os incompetentes, verdadeiras nulidades, mas “prenhes ” de uma prepotência que roça o ridículo. Mas como nem inteligência têm para se darem conta, “acham-se” alguém!… Uns tristes!…Porém, isso pouco interessa que eles é que são promovidos!…
    Tenham a certeza que a municipalização a prazo seguirá os exemplos das autarquias.: multiplicará os incompetentes, (como agora acontece com os funcionários das CM),promoverá as nulidades obedientes e renegará para 2º plano todos os espíritos livres, gente com cabeça e capacidades, mas porque ousa emitir opinião diferente dos caciques instalados que se servem do poder para si e todo um séquito de gente “acéfala”, mais conhecidos por “lambe-botas”, então, esses, estão “queimados” !Prateleira com eles, como hoje fazem já nas CM com alguns funcionários que não andam a “caçar” votos para os chefes!
    Professores, acordai enquanto é tempo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog