De acordo com os dados oficiais hoje divulgados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), é notória uma recuperação no interesse por cursos de formação de professores, que tiveram 739 candidatos em primeira opção – mais do que os 519 candidatos de 2018, mas ainda abaixo dos 853 de 2017 – e 823 colocados, acima dos 693 de 2018.

Sobraram 364 vagas das 1.181 levadas a concurso para cursos de formação de professores.

O crescimento no número de candidatos a professores surge numa altura em que os dados estatísticos oficiais do Ministério da Educação, revelados há cerca de um mês, indicam que as escolas perderam em menos de 10 anos cerca de 30 mil professores, sobretudo no terceiro ciclo e no ensino secundário.