Idades dos Docentes Contratados Colocados em Horário Completo

O próximo quadro apresenta a idade dos docentes contratados colocados em horários completos nas listas de ontem.

Está indicado a cor verde a moda das idades por grupo de recrutamento.

A maioria dos grupos tem a moda acima dos 40 anos, sendo que 11 grupos de recrutamento ainda têm a moda abaixo dos 40 anos, 9 deles situa-se nos 39 anos e apenas 2 nos 38 anos.

A moda mais elevada é do grupo 430 – Economia e Contabilidade com 56 anos.

 

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2019/08/idades-dos-docentes-contratados-colocados-em-horario-completo/

11 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Leitor on 17 de Agosto de 2019 at 13:45
    • Responder

    Pena não se analisar, a estrutura familiar destas famílias… Quantos filhos têm estes professores…. Se estão casados… A quantos Kms estão deslocados da residência e custos inerentes…

    Obrigado por partilhares estas análises /quadros

      • João Lima Ferreira on 17 de Agosto de 2019 at 19:28
      • Responder

      E quantos destes colegas poderiam estar
      melhor colocados, não fora as dezenas de vagas entregues a FALSOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS.
      No grupo 430 ECONOMIA E CONTABILIDADE é uma fartura.
      Têm direito a RENOVAÇÕES, mas a lista é secreta.!!!
      A APROCESS . Associação dos Professores das Ciências Económicas e Sociais, emitiu um comunicado e solicitou uma reunião urgente, com a Secretaria de Estado Leitão.
      Esta senhora, acabou com as vergonhosas contratações de Escola, mas deixa esta Coutada para a Direção e amigos.
      Já sabemos que a legislação “não é para ser interpretada literalmente”, como explicitou há dias o ministro S.Silva!!
      E a Fenprof, vem defender estas situações.!!
      Com amigos destes os professores não precisam de inimigos!!!!

        • Alecrim Dourado on 17 de Agosto de 2019 at 23:30
        • Responder

        O grupo 430 – Economia e Contabilidade é a agregação de dois antigos grupos : o 6º grupo que era o grupo de Contabilidade e o 7 º grupo que era o de Economia. Foi então formado o novo grupo 430 – Economia e Contabilidade.
        O novo grupo passou a agregar todos os docentes que não cabem em nenhum dos outros grupos tais como todas as Ciências Sociais e até Assistentes Sociais …. Etc, Etc, Etc.
        Os grupos anteriores, com uma forte componente MATEMÁTICA, passaram a englobar licenciaturas que MATEMÁTICA nem vê-la.
        Quanto à CONTABILIDADE nem sequer se cheira . Ninguém sabe nada de CONTABILIDADE e por isso a contabilidade deixou de contar nos programas.
        Relativamente à Economia, esta é muito mal dada e tem aproximadamente um mês de CONTABILIDADE NACIONAL no 11º ano , que dada por contabilistas ou economistas é canja mas se forem professores de outros cursos, nesse período, disparam os atestados médicos.

        Quanto ao grupo em si ,Economia e Contabilidade , na minha maneira de ver, penso que é indispensável à formação básica de todos os Portugueses.

        Deixaram de ensinar Contabilidade no básico e no secundário mas os portugueses, depois de levarem tanta pancada na cabeça, ficaram a saber que os descontos para a Segurança Social representam a sua qualidade de vida na 3 ª idade.

        Em relação ao Estado tem de fazer um sorteio mensal para convencer as pessoas a pedir factura, pois ninguém sabe o tratamento que leva uma factura ou qual o efeito na prática de contabilizar uma factura,

        Uma palermice, evidentemente.

          • Isabel Gil on 18 de Agosto de 2019 at 0:12

          Do seu comentário deduzo que é a favor da contratação de técnicos especializados, certo?! Eu tenho quase 30 anos de serviço e pelas demais escolas que passei, que não foram poucas, nunca tive um colega que fosse do curso de Assistente Social, do curso de direito tive 3 colegas, todos em escolas diferentes. Desde há muitos anos que não são colocados colegas destas áreas devido não estarem na primeira prioridade de acordo com o diploma das habilitações para a docência! Nestes anos todos, nunca tive um colega que fosse, que metesse atestado médico por não ter conhecimento de alguma área dos saberes pertencentes, de pleno direito, ao grupo 430 – economia e contabilidade. Quanto à junção dos antigos grupos deveu – se mais aos colegas do 7.°grupo do que do 6.° pois como sabe, com as sucessivas reformas curriculares os colegas do antigo 7.° grupo ficariam com poucas horas lectivas, alguns inclusivé já tinham horário zero nas escolas onde estavam. Hoje, o grupo 430, não se resumo às disciplinas de economia e de contabilidade, temos muitas Valências e não temos receio dos desafios que ano após ano as ofertas formativas das escolas nos colocam assim como, as consecutivas reformas curriculares.

          • Pardal on 18 de Agosto de 2019 at 11:49


          Estou estarrecido com os comentários a esta postagem.

          Sobre o que foi aqui escrito é importante sublinhar que o Ministério da Educação não é uma Agência de Emprego onde aqueles que nada mais sabem fazer recorrem como Tábua de Salvação.

          O Ministério da Educação deve recrutar os professores que são necessários ao funcionamento do sistema e apenas esses.

          Quanto ao comentário em que se refere: “…mas se forem professores de outros cursos, nesse período, disparam os atestados médicos.”, penso que na próxima legislatura é necessário colocar um ponto final AOS FALSAS BAIXAS MÉDICAS. È necessário colocar as Juntas Médicas a chamarem os “falsos doentes” a Junta Médica no espaço de 30 DIAS.

          Estamos com cerca de “10.000 doentinhos anualmente”. Isto é um roubo aos Cofres Públicos. Mais de metade destas BAIXAS são FRAUDULENTAS. Por outro lado, é necessário penalizar fortemente que utiliza este expediente, indo até à pena de expulsão da Função Pública.

          • Zaratrusta on 18 de Agosto de 2019 at 17:46

          Meu caro. está completamente fora de jogo. Sou professor do grupo 430, licenciado em gestão, tenho mestrado em ensino da economia e contabilidade da universidade de Lisboa, sou membro efetivo da ordem dos contabilistas certificados e da ordem dos economistas. Chega?
          Agora, que há muitos professores deste grupo do “antigamente” que nada sabem destas áreas e que se limitam a lecionar AI a cursos profissionais ( com todas as consequências que isso tem para as escolas), isso há.
          Isabel Gil: assistente social também não conheço, mas de Investigação Social Aplicada (ou coisa parecida) há. Eu conheço um caso de uma colega desta área que foi colocada num horário para lecionar contabilidade e, por isso, não aceitou, deixando a escola pendurada. Mesmo assim, a escola gostou tanto dela que lhe tem guardado horários na gaveta e este ano renovou-lhe o contrato, mas só pode dar AI. Chama-se a isto uma boa gestão dos recursos humanos.

        • Zaratrusta on 18 de Agosto de 2019 at 18:29
        • Responder

        Sobre o grupo 430 e os técnicos especializados, acho que deveriam dar uma olhadela aos comentários que estão no post da APROCES

    • Ana Duarte on 17 de Agosto de 2019 at 15:32
    • Responder

    De certeza que foi lapso…saiu moda em vez de média!?

      • Moda on 17 de Agosto de 2019 at 15:54
      • Responder

      Ana Duarte em estatística a moda a corresponde ao valor que é mais vezes observado.

        • Alecrim Dourado on 17 de Agosto de 2019 at 23:43
        • Responder

        Pensei que MODA só tivesse a ver com a ANA SALAZAR, isto é , que fosse andar de mini saia ou de calças com 2 palmos abaixo da cintura ou com uma blusa transparente. Já que diz que a MODA é o valor que mais vezes se repete está bem . Presumo que o desvio padrão não seja uma alteração do padrão dos tecidos usados na média das pessoas.

    • Maria Cardoso on 18 de Agosto de 2019 at 0:54
    • Responder

    Santa ignorância!
    Não acredito que os professores que aqui expuseram jocosamente a sua opinião , não saibam o que é a Moda , a Média e a Mediana, rudimentos que estão na base da estatística. Quando não se sabe deve -se procurar algum esclarecimento . Tenho dito .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog