Pequena Alteração da Pergunta no Simulador de Progressões

A maior dúvida que verifiquei nas questões que me chegaram sobre o simulador das progressões prende-se com a resposta à pergunta da “última avaliação de desempenho“.

Por isso alterei a pergunta que estava na primeira imagem para a que consta agora na segunda imagem.

Isto porque a bonificação da avaliação de desempenho apenas se reflete no escalão seguinte e o simulador é essas contas que faz. Se eventualmente alguém teve um Muito Bom ou Excelente durante o escalão em que se encontra, mas ainda não o usou para progressão deve então colocar na resposta “não teve“.  Porque se colocar o Muito Bom ou o Excelente o simulador já reduz o tempo de serviço no escalão onde se encontra, porque parte do princípio que a mudança ao escalão foi com uma avaliação que bonifica tempo de serviço.

Existem docentes que já progrediram desde 01/01/2018 com uma avaliação ao abrigo do DR 26/2018 e outros que ainda não mas já foram avaliados pelo DR 26/2012, pelo que a resposta no campo da avaliação deve ter em conta se essa avaliação foi usada ou não.


Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2019/06/pequena-alteracao-da-pergunta-no-simulador-de-progressoes/

31 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Ana Martins on 20 de Junho de 2019 at 14:12
    • Responder

    Arlindo,
    No caso dos docentes que mudaram em 2018 para o 4º, e que reúnem requisitos para mudarem para o 5º até junho de 2020, quais são de facto as reais hipóteses:recuperarem a úlltima avaliação e irem para as listas ou pedirem o mecanismo normal de progressão para tentarem não irem para as listas, ou eventualmente outra (ainda serem avaliados este ano 2018/2019), parece-me que as de interpretações está a fazer com que as escolas tenham diferentes procedimentos.

      • jacinta on 20 de Junho de 2019 at 23:17
      • Responder

      Estou nesta situação, ou seja, mudei para o 4º escalão em 2/01/2018. Como fiz mestrado e tive excelente voltava a mudar em 2/01/2020. Queria pedir faseamento e mudava em 1/06/2019 mas a minha diretora disse que se pedisse o faseamento teria que pedir a recuperação da última avaliação. Como já bonifiquei iria para a lista. Assim optei por ser avaliada este ano e mudar em 2/01/2020. Como são 2 anos mudaria para o 6º escalão no entanto é preciso os requisitos. É este o entendimento nas vossas escolas?

      • Maria on 22 de Junho de 2019 at 21:33
      • Responder

      gttic2014@gmail.com

        • Maria on 22 de Junho de 2019 at 21:55
        • Responder

        Eu mudei para o 4º em 2/2/2018 com muito bom. Decidi, até ao momento, não pedir o faseamento precisamente porque iria deparar-me com as cotas (ao ir buscar uma avaliação anterior aceito prosseguir com bom). A única solução para ultrapassar esse problema (acesso ao 5º e 7º) seria uma avaliação extraordinária ainda este ano letivo (2018/2019). Não será possível solicitar uma avaliação interna e entregar o relatório de avaliação ainda este mês para poder ser avaliado?
        Caso nada disso seja possível, não deveríamos entregar uma reclamação nos serviços administrativos, para que mais tarde, se mudarem as regras, não nos prejudiquem ainda mais?

    • manuel on 20 de Junho de 2019 at 14:25
    • Responder

    no meu caso, que mudei para o 9º escalão em fevereiro deste ano, a escola ao abrigo da nota informativa, ponto sete, obriga-me a ter as 50 horas de formação creditada e terei de entregar agora o relatório para a mudança para o ultimo escalão em março ou abril de 2020. Está correcto?


  1. Quem ainda não foi avaliado ao abrigo do DR 26/2012, teve a última avaliação em 2009/2011 mas ainda não a usou e com o faseamento progride em junho/2019, pode mobilizar a avaliação 2009/2011?


    1. Junto uma outra pergunta a esta. Quem está no 3º escalão desde out de 2009, foi avaliado com Mto Bom ou Excelente em 2009/11, ainda não foi avaliado pelo DL 26/2012, tem direito à bonificação do tempo de permanência no 4º escalão correspondente a 6 meses ou 1 ano, respetivamente. Haveria alguma hipótese do simulador juntar os dados desta avaliação e adequar a data de mudança para o 5º escalão em função destes? É que muitos serviços administrativos nos agrupamentos estão mais perdidos que os professores, e o simulador com esta informação seria uma ajuda preciosa para esclarecer todas as dúvidas. Obrigado!

        • Carina on 20 de Junho de 2019 at 21:52
        • Responder

        É a minha dúvida: estou no terceiro e com faseamento mudo para o quarto a 1 de junho, antes de ser avaliada pelo 26/2012.

        Neste caso o que acontece ao MB de 2009/11? Foi usado para a mudança para o quarto? Recupero (ou não) os 6m no quarto?
        Ou
        A recuperação só é feita depois de ser avaliada pedi 26/2012 e nesse caso só na passagem foi 4°para o 5°?

          • RS on 22 de Junho de 2019 at 15:58

          Disseram-me ontem na minha secretaria que, para mudar com faseamento para o 4º escalão em outubro de 2019, sem perder a bonificação de 6 meses relativa à avaliação de Mto Bom em 2009/11 (que será aplicada ao tempo de permanência no 4º escalão), teria de ter uma avaliação obrigatória com o 26/2012. Assim, tive de pedir essa avaliação já.

    • Maria da Conceiçâo Fernandes de Castro Gandra on 20 de Junho de 2019 at 15:25
    • Responder

    Mudei para o 7º em fevereiro 2019 ,fui buscar uma avaliação antiga de 2007 /2009 .Entretanto fui avaliada em 2011 em 2014 . Uma foi Bom ,a outra foi 9,3 . Presumo que esta avaliação tenha passado para Bom .Tenho de ir ver no meu registo biográfico . .
    Não estou muito dentro da legislação e só algumas escolas têm secretarias informadas , não sei a que é que o Arlindo se refere quando diz .«última avaliação ao abrigo do dec regulamentar nº26 / 2012 .Será que se trata da avaliação de 2014 ?

    • Vítor Marçal on 20 de Junho de 2019 at 17:18
    • Responder

    Irei progredir brevemente para o 4º escalão, pois tenho todos os requisitos (formação 50 horas) e aguardo somente que a minha avaliação interna seja feita. Já entreguei o relatório e saberei a 21 de julho a respetiva avaliação.
    Estou ainda indeciso se devo fasear a recuperação, pois tendo em conta as vagas de progressão para o 5º escalão, não sei se valerá a pena recuperar tudo e sujeitar-me a observação de aulas e pagar formação- infelizmente não há ofertas de formação gratuitas.
    Quem me pode ajudar?

      • v, marçal on 20 de Junho de 2019 at 17:21
      • Responder

      devo acrescentar que a 1 de março já tinha todos os requisitos para transitar ao 4º escalão, mas como o meu agrupamento só procede à avaliação nesse período de junho até julho, creio que ficarei prejudicado, certo?

    • Isabel Cabeçadas on 20 de Junho de 2019 at 20:00
    • Responder

    Em 2007/2009 no 3º escalão tive aulas assistidas com menção Muito Bom.
    Passei para o 4º escalão em 28/11/2009. Em 2009/2011 tive aulas assistidas com menção de Bom e 50 horas de formação Estas aulas assistidas não foram nos termos do DR 26/2012.
    As minhas dúvidas são as seguintes:
    – posso ir buscar os 6 meses referentes à menção de Muito Bom para progressão de tempo de serviço no 4º escalão?
    – Existe algum impedimento ou constrangimento pelo fato de não ter tido aulas assistidas nos termos do DR 26/2012 no 4º escalão?
    – tem termos de recuperação de tempo de serviço qual será a melhor modalidade (faseamento ou integral) tendo em conta que tive Bom e estou sujeita a vagas? Como se processa o faseamento ou integral no caso de não obter vaga?
    O simulador não pode comtemplar esta situação porque quem está sujeito a vagas nunca sabe a previsão de mudança para o 5º escalão, certo?

    • Maria de Jesus on 20 de Junho de 2019 at 20:27
    • Responder

    Boa tarde.
    Obrigada pelo seu trabalho que tanto nos ajuda a perceber as mudanças que se nos apresentam na nossa carreira.
    Mudei para o 9º escalão em setembro de 2004. Com a reestruturação da carreira regredi para o 8º escalão e em janeiro de 2019 fui reposicionada no 9º escalão. Atendendo ao facto de que fiquei, por Despacho, isenta de fazer o relatório de Auto avaliação por alguns anos, surge agora a dúvida se devo fazer ou não o relatório de Auto avaliação correspondente ao período de 1 de setembro de 2018 a 31 de agosto de 2019 e se as Ações de Formação creditadas que fiz durante o período de congelamento da carreira servem agora para esta nova etapa. Poderia elucidar-me sobre as duas situações?
    As respostas que me são dadas pelo Agrupamento a que pertenço não são conclusivas, dizem que se vão informar e até a data nada.
    Aguardo pelo seu esclarecimento que me é tão precioso.
    Maria de Jesus

    • Luís Henriques on 20 de Junho de 2019 at 20:29
    • Responder

    Devem os professores que se encontram no funil do 4° e 6° escalões devem pedir o faseamento?

      • Maria on 23 de Junho de 2019 at 11:38
      • Responder

      Depende. Ir buscar uma avaliação antiga não interessa, pelo que se deve atrasar o processo de forma a poder ter uma avaliação interna nova à procura do Mt Bom ou Excelente, para ultrapassar as cotas.
      Assim, com a finalidade de atrasar o processo, dependendo do ano a que subiram ao 4º e 6º , pode ser vantajoso pedir o faseamento (é o caso dos que subiram em 2019). Os que subiram em 2018 não têm interesse no faseamento prq, tal como para os outros, interessa-lhes atrasar o processo de forma a ter tempo para nova avaliação. Estou certa?

        • Luís on 23 de Junho de 2019 at 12:21
        • Responder

        A minha dúvida não é para quem vai para o 4° ou 6° escalão é para quem já lá está e tem tempo para mudar de escalão, mas que não muda, em 2019, pelo menos, por não ter vaga .

    • José Emanuel Queiroga Fernandes on 20 de Junho de 2019 at 21:49
    • Responder

    Penso que sim, que será necessário as 50 horas, mas pode ser sempre recuperada formação não utilizada. Pelo que sei, de qualquer forma se não existir nenhuma formação, esta pode ser feita até março ou abril de 2020.

    • ROPOQUEPE on 21 de Junho de 2019 at 0:07
    • Responder

    Arlindo,
    O tempo excedente, no simulador é tempo de permanência a mais num escalão?
    Estive cinco anos e nove meses no oitavo escalão, este ano e nove meses conta como tempo excedente?
    Desde já agradeço
    José


    1. o tempo excedente só se aplica aos professores que foram reposicionados.

        • ROPOQUEPE on 21 de Junho de 2019 at 14:45
        • Responder

        Eu estive posicionado no nono escalão e foi recolocado no oitavo escalão, tendo permanecido 16 anos neste escalão. Destes permaneci 5 anos e 9 meses tempo descongelado, como o escalão era de 6 anos e passou a 4 anos permaneci mais 1 ano e 9 meses.
        Este tempo não conta para nada?
        Agradeço muito uma resposta
        José

          • palex on 22 de Julho de 2019 at 11:34

          Bom dia. Também estou na mesma situação e não consigo obter nenhuma resposta. Algum avanço? Obrigado

    • Isabel on 21 de Junho de 2019 at 0:40
    • Responder

    Boa noite. Grata pela ajuda.
    Subi ao 7 escalão em 24/06/2010.
    Qdo subo ao 8 escalão?
    Mto obrigada

    • Maria on 21 de Junho de 2019 at 14:09
    • Responder

    O simulador pressupõe que quem pede faseamento e não foi avaliado ainda pelo 26/2012 possa progredir sem estar na lista de espera (caso tenha nota MB ou exc,) e bonificação de 6meses/um ano? É que no meu entendimento quem vai buscar a avaliação de 2009 ou de 2011 e mesmo que tenha sido excelente, nao pode usar esta para isenção de vaga ou bonificação. Assim, nestes casos acho que o faseamento prejudica. O Arlindo pode esclarecer isto? Obrigada

    • manuel on 21 de Junho de 2019 at 18:41
    • Responder

    Por que razão o simulador o meu caso não de má as horas de formação – 0- e o sindicato e a escola ao brigo da nota informativa diz que preciso de 50 horas de formação? mudei para o 9º este ano, em fevereiro e mudo em Abril do ano seguinte para o 10º escalão?

    • anamaria on 21 de Junho de 2019 at 22:21
    • Responder

    Segundo o simulador mudo a 22 de outubro de 2019 .Segundo a escola mudo a 19 de novembro .Acho que na plataforma do SIRGHE pedem para introduzir a data que se entra no novo índice de vencimento .Ora a mudança de escalão é feita e só no mês seguinte é que se muda de indíce . Não aceito que me tirem mais um mês . O que pensam os colegas ? As datas do simulador correspondem às datas que vos indicaram na vossa escola ?

    • FFelix on 22 de Junho de 2019 at 0:44
    • Responder

    Boa noite
    venho solicitar a opinião sobre a posição na carreira:
    Em 25/02/2010 mudei para o 9º escalão, com os “acertos” de datas a previsão final indicada foi para 22/02/2012 a mudança para o 10º escalão.
    No período de 2007/2009 tive classificação de Bom e no período de 2009/2011 tive classificação de Muito Bom.
    Pedi o faseamento do tempo para antecipar para 22/02/2020 a mudança para o 10º escalão e
    pedi a mobilização da última avaliação de desempenho do Muito Bom para beneficiar a dos seis meses de antecipação que neste caso seria para 22/08/2019 utilizando o pressuposto constante no decreto Regulamentar 26/2012 de 21 de fevereiro no Capitulo V- Disposições finais e transitórias, artigo 30º no seu 1º ponto.
    Em resposta da direção do agrupamento o faseamento será o indicado e para com a mobilização existe um “nim”.
    qual será a sua opinião?
    FF

    • susana on 22 de Junho de 2019 at 15:03
    • Responder

    O simulador tem em consideração a avaliação de MB ou Excelente da qual o professor irá beneficiará (meio ano ou um ano) no escalão seguinte? Não?!

    • Eduarda on 24 de Junho de 2019 at 16:15
    • Responder

    Olá Colegas!

    Alguém me consegue explicar este resultado da simulação…?

    Mudança para o 4º escalão (normal ou faseado) data – 01-01-2018?????

    2018, como pode ser?????

    • Paula Macedo on 25 de Junho de 2019 at 17:47
    • Responder

    Boa tarde,

    em 30 de setembro de 2009 entrei para o 4º escalão, segundo o simulador, pedindo faseamento teria mudado para o 5º escalão no dia 1 de junho de 2019 e para o 6º escalão, no dia 1 de junho de 2020.

    Não pedindo faseamento passaria do 4º escalão para o 6º no dia 30 de março de 2020.
    Alguém me sabe informar se devo pedir faseamento, caso contrário posso passar diretamente de 4º para o 6º escalão?

    • Maria Manuel Gil Silva on 17 de Julho de 2019 at 18:01
    • Responder

    Boa tarde Arlindo
    peço a sua ajuda porque , neste momento , com tanta informação distinta estou confusa.
    Mudei para o 6º escalão em 22 de junho de 2018 e hoje recebi a informação de que vou ser avaliada no ano letivo que decorre, 2018/2018.. Esta informação chegou-me, via email, ontem, dia 16 de julho. Entretanto já tinha solicitado o faseamento, pois os cálculos pareciam beneficiar-me.
    Duas questões;
    – O pedido de faseamento vai beneficiar-me?
    – Pedir aulas assistidas com o objetivo de obter MB ou Excelente, no meu caso, terá vantagem?
    A direção do meu agrupamento disse.me que a avaliação será efetuada este ano letivo e que depois irei para a listagem a aguardar a mudança e que aulas assistidas não têm qualquer vantagem.
    Agradeço muito o seu esclarecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog