Banheiras de ouro… Muito melhor que um berço…

 

PJ encontra barras de ouro escondidas num jacuzzi do presidente dos colégios GPS

Estão em causa suspeitas de lavagem de dinheiro. Ouro encontrado e notas do Banco Central Europeu ascendem a 900 mil euros em conjunto. Buscas acontecem a pouco mais de dois meses de começar o julgamento de António Calvete e outros quatro administradores grupo.

A Polícia Judiciária encontrou nesta quinta-feira quase um milhão em barras de ouro e notas do Banco Central Europeu que estavam escondidos no vão de uma banheira de hidromassagem numa casa de António Calvete, o presidente do grupo de colégios privados GPS, noticiou o Jornal de Notícias e confirmou o PÚBLICO junto de fonte policial. As buscas decorreram em casas e empresas nas zonas de Pombal e Leiria.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2019/06/banheiras-de-ouro-muito-melhor-que-um-berco/

3 comentários

    • João Sousa on 29 de Junho de 2019 at 17:48
    • Responder

    Faz-me muita confusão porque motivo os colégios deste vigarista não são encerrados. Já para não falar da vida pessoal deste indivíduo sobejamente conhecida em Leiria e que prima por tudo menos pela idoneidade. As evidências são tantas que qualquer cego as vê. Ainda aqui há dias o vi num restaurante caríssimo no Paião acompanhado dos seus sabujos e sorridente como se nada se passasse e a vida lhe corresse sobre rodas. Uma vergonha para todos nós contribuintes pagadores de impostos elevadíssimos.

    • jose sousa on 29 de Junho de 2019 at 19:00
    • Responder

    Faço minhas quase todas as suas palavras,João Sousa. O quase refere se ao facto de não conhecer tal sabujo e seu séquito!!Anda a escola pública a precisar de quase tudo, com.alunos com grandes necessidades educativas (escola inclusiva,lol…) e estas personagens com dinheiro do estado (contribuintes) a pavonearem -se!!Vergonha,ou falta dela…

    • João Almeida on 1 de Julho de 2019 at 10:44
    • Responder

    Atenção! Foi a corrupção com o Estado que permitiu a estes criminosos montarem a teia. Agora é tempo de os julgarem e de forma célere.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog