A Professora que se lixe…

Claro que as crianças não deviam ter estado sujeitas a assistir à agressão da professora. Devem ser acompanhadas para voltarem a ter a escola como o lugar que se quer como seguro para todos. Mas será que a professora não tem o mesmo direito? Ou será que não precisa de apoio psicológico e de outras especialidades de Medicina?

 

Os alunos do 1.º ciclo que assistiram à agressão a uma professora na EB Campolinho 2, em Valadares, Gaia, vão receber apoio psicológico.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2019/05/a-professora-que-se-lixe/

6 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,


  1. Só de ler certas notícias… já é preciso apoio psicológico!
    Quem vai pagar as despesas? O ESTADO?
    As agressões foram no local de trabalho…
    ?


    1. Garanto-lhe que se fosse comigo o Estado pagava … e a direção também não se ficaria a rir!!! É, em primeira instância, quem tem obrigação de assegurar o direito dos docentes à segurança no desempenho de funções – atrigo 4º, ponto 2, alínea d) do ECD! Por nós não nos sabermos impor, nem sequer impor aquilo a que legalmente temos direito, é que a sociedade portuguesa nos trata abaixo de lixo!!!

    • Maria Alexandra Almeida on 18 de Maio de 2019 at 23:12
    • Responder

    Devíamos exigir que quando ocorrem situações destas, um advogado do Ministério da Educação tome a defesa do docente, e como se trata de um crime público, o agressor seja preso até haver julgamento. Se for assim uma vez, estas coisas deixam de acontecer. Porém, com o governo que temos que odeia professores (desde Mª de Lurdes Rodrigues) não vejo viabilidade . Cabe-nos exigir que haja uma mudança. Somos eleitores, viremos isto em outubro. A vingança come-se fria… “temos pena”.

    • Manuel on 18 de Maio de 2019 at 23:53
    • Responder

    Esta tem sido a mensagem da tutela, do parlamento, do governo, do presidente, dos partidos, dos jornalistas, dos comentadores… que muito bem têm intoxicado o povo:
    Abaixo com os professores!
    Os professores que se lixem!

    Triste Portugal.
    Um país que trata assim os seus professores não se pode admirar dos seus Berardos, pois não?


  2. Docente tem de ir ao Instituto de Medicina Legal, apresenta queixa na polícia, Ministério Público toma conta da ocorrência, qualquer funcionári@ públic@ representa o Estado no seu local de trabalho, logo, ao ser atacad@, é o Estado que está a ser atacado, agressoras são maiores de idade e são constituídas arguidas, docente pede indemnização em tribunal.

    Fala a voz da experiência, com sentença a seu favor.

    • Ferreira on 19 de Maio de 2019 at 23:17
    • Responder

    Em relação à colega agredida não se preocupam , a indisciplina e violência contra professores tem que ser atacada com sanções para os agressores com psicólogos e tretas estamos na situação que podemos observar, os alunos menores podem agredir e fazer o que apetece no fim a culpa segundo os “burocratas” a culpa e sempre do professor que não soube motivar……

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog