16 de Julho de 2018 archive

BASTA, por Álvaro Passeira

 

BASTA

Podem prometer o céu…
Podem prometer a lua…
E o que nunca aconteceu,
Ameaçar com a rua!
Protelar, chutar para a frente,
Prometer para enganar,
Desta vez, é diferente!
Vão com o demo bugiar…
Basta, chega de enganos,
Nós iremos até ao fim,
Foram roubos de anos, de anos,
De tudo o que é mais ruim…
Anos, vidas apagadas,
E a nossa a apagar-se…
Sempre de pés, mãos atadas,
Sempre os mesmos a lixar-se!
Basta, há murro sobre a mesa!
Somos todos a fazê-lo,
Tenham a firme certeza,
Que isto vira pesadelo.
Somos muitos, somos firmes,
Vamos onde nunca fomos,
Não nos vejam como vermes,
Valorizem o que somos!
Cumpram, não finjam que o fazem…
Cumpram, que nós já cumprimos,
Cumpram, façam a contagem…
Sabemos bem ao que vimos!

São Romão, 15 de julho de 2018

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/07/basta-por-alvaro-passeira/

Listas provisórias – Concurso extraordinário de vinculação do pessoal docente das componentes técnico-artísticas do ensino artístico especializado 2018/2019

 

Estão disponíveis para consulta as listas provisórias de admissão e de exclusão do Concurso extraordinário de vinculação do pessoal docente das componentes técnico-artísticas do ensino artístico especializado para o ano escolar 2018/2019.

 

Listas Provisórias

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/07/listas-provisorias-concurso-extraordinario-de-vinculacao-do-pessoal-docente-das-componentes-tecnico-artisticas-do-ensino-artistico-especializado-2018-2019/

Stop mantém greve porque “reunião de 11 de julho foi uma mão cheia de nada”

16.07.2018 15h00

A greve convocada pelo Stop (Sindicato de Todos os Professores) às reuniões de avaliação continua hoje. Este sindicato é o único que mantém a greve às reuniões de avaliação, com base num sondagem onde 63% dos professores responderam que deveria continuar. Segundo o Stop, professores de duzentas escolas vão aderir à paralisação dos conselhos de turma que se mantém no mês de agosto.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/07/stop-mantem-greve-porque-reuniao-de-11-de-julho-foi-uma-mao-cheia-de-nada/

Consulta Pública – Aprendizagens Essenciais

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Consulta Pública – Aprendizagens Essenciais

 

 

 

Com o objetivo de envolver a comunidade educativa, em particular as escolas (através dos órgãos de coordenação e supervisão pedagógica e orientação educativa) e os seus docentes no processo de definição das Aprendizagens Essenciais, promove-se a consulta pública dos documentos relativos ao ensino secundário até ao dia 27 de julho.

Os contributos são apresentados através dos formulários acessíveis no link: http://area.dge.mec.pt/ae-secundario/

Prosseguindo o objetivo de construção participada dos documentos agora em consulta, e sem prejuízo de o questionário privilegiar uma análise dirigida ao saber curricular específico que distingue os docentes, prevê-se também a possibilidade de acesso por instituições ou entidades cujos contributos, pela natureza da sua intervenção, constituirão uma mais-valia neste processo.

**

CONTEXTUALIZAÇÃO[1]

As Aprendizagens Essenciais (AE) são documentos de orientação curricular base na planificação, realização e avaliação do ensino e da aprendizagem, e visam promover o desenvolvimento das áreas de competências inscritas no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória.

Neste sentido, foram concebidos documentos orientadores para todos os níveis de educação e ensino: educação pré-escolar e ensino básico e secundário.

A componente do referencial curricular designada por Aprendizagens Essenciais expressa a tríade de elementos — conhecimentos, capacidades e atitudes — ao longo da progressão curricular, explicitando:

(a) o que os alunos devem saber (os conteúdos de conhecimento disciplinar estruturado, indispensáveis, articulados concetualmente, relevantes e significativos);

(b) os processos cognitivos que devem ativar para adquirir esse conhecimento (operações/ações necessárias para aprender);

(c) o saber fazer a ele associado (mostrar que aprendeu), numa dada disciplina — na sua especificidade e na articulação horizontal entre os conhecimentos de várias disciplinas —, num dado ano de escolaridade.

**

Assim, devem os interessados apresentar os contributos respondendo através do formulárioque se apresenta organizado em três áreas estruturantes da conceção das AE:

  • Introdução
  • Operacionalização das Aprendizagens Essenciais (AE)
  • Organizador/Domínio e AE: Conhecimentos, Capacidades e Atitudes
  • AE: Ações estratégicas de ensino orientadas para o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e Descritores do Perfil dos Alunos
  • Apreciação geral

[1] Cf. Para a Construção de Aprendizagens Essenciais Baseadas no Perfil dos Alunos, Lisboa, 2017

 

Consulte aqui as APRENDIZAGENS ESSENCIAIS

Ensino Secundário

Formação Geral Disciplinas Anos
10.º 11.º 12.º
Português PDF PDF PDF
Filosofia PDF PDF  
Inglês Continuação PDF PDF  
Alemão Iniciação PDF PDF  
Alemão Continuação PDF PDF  
Espanhol Iniciação PDF PDF  
Espanhol Continuação PDF PDF  
Francês Iniciação PDF PDF  
Francês Continuação PDF PDF  
Educação Física PDF PDF PDF
Português Língua Não Materna (PLNM) Níveis de Proficiência
Nível A1 Nível A2 Nível B1
Formação

Específica

Disciplinas Anos
10.º 11.º 12.º
Desenho A PDF PDF PDF
História A PDF PDF PDF
Matemática A PDF PDF PDF
Biologia e Geologia PDF PDF  
Economia A PDF PDF  
Física e Química A PDF PDF  
Geografia A PDF PDF  
Geometria Descritiva A PDF PDF  
História B PDF PDF  
História da Cultura e das Artes PDF PDF  
Alemão Iniciação PDF PDF  
Alemão Continuação PDF PDF  
Espanhol Iniciação PDF PDF  
Espanhol Continuação PDF PDF  
Francês Iniciação PDF PDF  
Francês Continuação PDF PDF  
Latim A PDF PDF  
Literatura Portuguesa PDF PDF  
Matemática Aplicada às Ciências Sociais PDF PDF  
Matemática B PDF PDF  
Antropologia PDF
Biologia PDF
Ciência Política PDF
Clássicos da Literatura     PDF
Direito     PDF
Economia C     PDF
Filosofia A     PDF
Física     PDF
Geografia C     PDF
Geologia     PDF
Grego     PDF
Inglês Continuação     PDF
Alemão Iniciação     PDF
Alemão Continuação     PDF
Espanhol Iniciação     PDF
Espanhol Continuação     PDF
Francês Iniciação     PDF
Francês Continuação     PDF
Latim B     PDF
Literaturas de Língua Portuguesa     PDF
Materiais e Tecnologias     PDF
Oficina de Artes     PDF
Oficina de Multimédia B     PDF
Psicologia B     PDF
Química     PDF
Sociologia     PDF
Aplicações Informáticas B PDF

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/07/consulta-publica-aprendizagens-essenciais-2/

Comunicado do ME sobre a Plataforma facilita às famílias aquisição de manuais escolares gratuitos

(Isto vai sobrar para os mesmos de sempre. Já estou a ver muitos professores numa MEGA-operação de aquisição de manuais escolares gratuitos)

Famílias, Escolas e Livreiros vão, a partir do mês de agosto, usar a plataforma “MEGA – Manuais Escolares Gratuitos” para a aquisição dos livros que o Ministério da Educação disponibiliza gratuitamente a todos os cerca de 500 mil alunos, do 1.º ao 6.º anos, que frequentam estabelecimentos de ensino da rede pública.
A plataforma online MEGA – que também estará disponível na aplicação móvel do Ministério da Educação (App “Edu Rede Escolar”) – vai gerir os pedidos que forem feitos, através de um sistema de vouchers. O registo na plataforma é gratuito e necessário para quem pretenda adquirir os manuais gratuitamente. Após registo efetuado, será criado um código, associado ao número de contribuinte do encarregado de educação do aluno, que permitirá o levantamento dos manuais em qualquer uma das livrarias aderentes. Para aderirem, as livrarias necessitam apenas de, também elas, se registarem na plataforma. As escolas terão condições de prestar apoio aos encarregados de educação, no que diz respeito à utilização da nova ferramenta.
No final deste mês vão decorrer reuniões, em várias cidades do país, com o objetivo de explicar como funciona na prática a plataforma MEGA, que começará a ser utilizada no início de agosto.
No ano letivo de 2018/2019 – e durante quatro anos letivos – o preço dos manuais escolares não aumenta, além das regulares atualizações em função da taxa de inflação, resultado do acordo alcançado entre o Governo e a associação que representa o setor dos editores e livreiros, a APEL.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/07/comunicado-do-me-sobre-a-plataforma-facilita-as-familias-aquisicao-de-manuais-escolares-gratuitos/

Consultas Públicas – Procedimento tendente à…

 

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/07/consultas-publicas-procedimento-tendente-a/

Opinião – Vamos gostar dos nossos professores – Francisco Simões

 

Vamos gostar dos nossos professores

Tem sido doloroso e preocupante, ver a humilhação a que, o Primeiro Ministro e o Ministro da Educação, sujeitam os Professores Portugueses. Tem sido preocupante constatar que alguns encarregados de educação e alguns portugueses, desconhecendo o que é a vida de um Professor, gratuitamente alimentam o coro dos impropérios e das calúnias contra estes.

Sinto-me profundamente triste.

Fui Professor toda a vida, dediquei o meu melhor ao ensino e aos alunos, estudei imenso, passei horas e horas, fins de semana, atrás de fins de semana, a preparar-me para que cada aula fosse melhor que a anterior. Tenho a certeza que alguns dos meus alunos, hoje adultos e respeitáveis cidadãos, testemunharão, o que acabo de afirmar. Tal como eu, milhares e milhares de Professores, fizeram o mesmo.

Um País que não honra, que não prestigia e que não respeita os seus Professores, é um País adiado e sem futuro. Todos e cada um dos Cidadãos Portugueses passaram pela mão dos Professores. Esta classe, tem vindo a ser desprestigiada pelo Poder Económico, incompreensivelmente, por alguns Cidadãos e pelo Poder Político, que lhes tem retirado, condições de trabalho, apoio científico e cultural, assim como, total desprezo, pela sua formação e actualização pedagógica, atribuindo-lhes tarefas burocráticas, desnecessárias, em nome de um economicismo bacoco.

Numa época de Ditadura Económica, voltam a ser os Professores, os sacrificados, tal como foram, na época da Ditadura Política.

A Ditadura da Economia, determinou que os Professores tiveram de trabalhar NOVE ANOS, QUATRO MESES E DOIS DIAS, sem que esse tempo contasse, fosse para o que fosse. Depois de alguma abnegada luta, chegou-se a um acordo – O tempo passaria a contar na íntegra. A Ditadura da Economia, determinou ao Primeiro Ministro e ao Ministro da Educação, que o acordo não era para cumprir.

O Ministro da Educação, afirmou-se como pessoa sem palavra, desrespeitando o acordo firmado e ousando mesmo dizer: DOIS ANOS, NOVE MESES E DEZOITO DIAS – Aceitam isto ou nada.

É inconcebível!

Sinto-me profundamente triste. Em nome da Ditadura da Economia, o Primeiro Ministro, no IP3, disse: vamos fazer uma estrada e não contem com aumentos, nem com contagens de tempo.

Estou profundamente triste. A Ditadura da Economia, atribuiu 768 milhões de euros, aos bancos falidos, no ano de 2017, mas a classe dos Professores é desprezada de forma vil, pelo poder.

Estou profundamente triste. O Presidente da República de Portugal, comenta fogos, agressões a futebolistas, jogos de futebol, músicas no Rock in Rio, comenta tudo e mais alguma coisa, e nunca teve uma palavra, para uma classe profissional, que é a que, estimulada, melhor contributo pode dar, para termos no futuro, um País, mais moderno, mais culto, mais livre e mais democrático.

Estou profundamente triste. Mas sei, que conto com os meus leitores, para ajudarem a compreender a importância do Professor, na nossa sociedade.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/07/opiniao-vamos-gostar-dos-nossos-professores-francisco-simoes/

Divulgação – Docente de E.Eespecial para Mobilidade Estatutária

 

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/07/divulgacao-docente-de-e-eespecial-para-mobilidade-estatutaria/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog