25 de Março de 2018 archive

“Se Fosse com Outros, o Que Muita Gente Andaria por Aí a Gritar”

Pois…e rasgavam as vestes todas!

Post de Final de Domingo Sobre Cimeiras, Sorrisos, Sindicalismo e Compromissos | O Meu Quintal

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/03/se-fosse-com-outros-o-que-muita-gente-andaria-por-ai-a-gritar/

De que se falou na reunião do Conselho Geral da FNE

 

Gepostet von Federação Nacional da Educação am Samstag, 24. März 2018

 

Gepostet von Federação Nacional da Educação am Samstag, 24. März 2018

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/03/de-que-se-falou-na-reuniao-do-conselho-geral-da-fne/

Ninguém se Assusta?

Eu li e fiquei assustado.

Um país a saque, sem Rei, nem Roque.

Assustador!

 

Investigação TVI: Cândida Almeida levou em caixotes processos da operação Fizz para casa

Auditoria arrasa conduta da ex-diretora do DCIAP. TVI avança mais revelações que envolvem o ex-procurador da República Orlando Figueira e o ex-vice presidente de Angola Manuel Vicente

(…)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/03/ninguem-se-assusta/

O Domingo do Melhor Cronista do Reino

Domingo | O Meu Quintal

 

É que o Rei vai nu e o país está a saque (sempre esteve):

 

Colégios GPS – Ex-secretário de Estado e ex-diretor regional acusados de corrupção

(…)

O ex-secretário de Estado Adjunto e da Administração Educativa José Manuel Canavarro e um antigo diretor regional de educação estão acusados de corrupção no caso dos colégios do grupo GPS, segundo a acusação a que a Lusa teve acesso.

José Manuel Canavarro ocupou o cargo entre 21 de julho de 2004 e 12 de março de 2005, no XVI Governo, liderado por Pedro Santana Lopes, até à posse do Governo seguinte, chefiado então por José Sócrates.

José Manuel Canavarro foi ainda deputado na Assembleia da República, entre 2011 e 2015, eleito pelo círculo eleitoral de Coimbra do PSD.

O outro arguido identificado no despacho de acusação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) como o outro decisor público é José de Almeida, diretor regional de educação de Lisboa entre 29 de setembro de 2004 e 26 de maio de 2005.

Os dois antigos decisores públicos estão acusados de corrupção passiva, por, alegadamente, favorecerem, no exercício das respetivas funções, interesses do grupo empresarial GPS – Gestão de Participações Socais (com sede em Leiria), ligado à área da educação e seus administradores, vinculando o Estado a celebrar contratos de associação com esta sociedade, detentora de vários colégios privados localizados maioritariamente na região centro do país.

O Ministério Público (MP) acusou também cinco administradores do grupo GPS: António Calvete (presidente do conselho de administração e deputado entre 1999 e 2002, eleito pelo círculo de Leiria do PS), Manuel Madama, Fernando Catarino (estes três atualmente ainda em funções), António Madama (que renunciou ao cargo no conselho de administração em novembro de 2016) e Agostinho Ribeiro de corrupção ativa, peculato, falsificação de documento, burla qualificada e abuso de confiança qualificado.

“Em troca dessas decisões favoráveis [estes cinco arguidos] ofereceram [aos dois antigos decisores públicos] cargos renumerados nos quadros das sociedades do seu grupo e outras vantagens patrimoniais”, conta a acusação, que estima que os arguidos se apropriaram indevidamente de mais de 30 milhões de euros, provenientes dos mais de 300 milhões pagos pelo Estado no âmbito de contratos de associação, entre 2005 e 2013.

O MP explica que antes de 2003 os cinco administradores arguidos “decidiram conjugar esforços e criar um grupo empresarial relacionado com o ramo da educação, unindo em rede, pelo território nacional”, fazendo uso de “colégios dos quais já eram individualmente sócios e gerentes, e expandindo o número de estabelecimentos de ensino integrados no grupo”.

Para isso, os arguidos António Calvete, Manuel Madama, Fernando Catarino, Agostinho Ribeiro e um quinto elemento constituíram a sociedade GPS, a 3 de novembro de 2003, que funcionava como empresa-mãe de um grupo empresarial, vocacionado, sobretudo, para o ensino, através de um conjunto de colégios e escolas profissionais privados.

“Decidiram, ainda, apostar em estabelecimentos de ensino suscetíveis de serem financiados pelo Estado, essencialmente através da celebração de contratos de associação, para tanto construindo escolas em zonas que, de acordo com a sua prospeção de mercado, poderiam reunir as condições para beneficiar de tais apoios”, relata o MP.

Em alternativa, frisa a acusação, atraíam alunos abrangidos pela rede pública escolar para os seus estabelecimentos, nos casos em que estes já eram beneficiários de contratos de associação, de modo a aumentar o número de turmas/alunos financiados.

“Os arguidos administradores recorriam a todos os meios necessários, abordando os decisores públicos sempre que foi necessário, levando-os a proferir todas as decisões necessárias a satisfazer os seus interesses económicos, designadamente conseguindo obter a celebração de novos contratos de associação e de incrementar o número de turmas contratadas já existentes, com o consequente ganho de dinheiro à conta do erário público”, explica o MP.

Os cinco arguidos administradores, através do financiamento dos colégios e da circularização das verbas assim obtidas pelas empresas do grupo, desviaram, entre 2005 e 2013, “avultadas quantias monetárias, em prejuízo das escolas beneficiárias de contratos de associação e do Estado”.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/03/o-domingo-do-melhor-cronista-do-reino/

Sugestão de Leitura – Experiências loucas e factos bizarros – Dark Frame

 

Olá, pessoal! Daqui fala o D4rk!

Todos conhecem as experiências incríveis que faço no meu canal. Fiz este livro para que também tu possas ser um cientista e divertires-te tanto quanto eu. Podes fazer um candeeiro de lava com o azeite que a tua mãe tem na cozinha. Podes enganar os teus amigos com ranho caseiro feito de gelatina e surpreendê-los com um tornado dentro de um frasco, feito com detergente da louça. Até chuva em casa vais conseguir fazer!

Pelo meio partilho contigo factos nojentos e megabizarros… Acredita em mim: a Natureza está cheia de coisas estranhas! Nem imaginas por onde é que a lagosta faz xixi!!! E de certeza que não sabes o que acontece às vacas se ouvirem música. E qual o petisco preferido dos coalas? Quando souberes vais deixar de os achar assim tão fofinhos…

Espero que te divirtas tanto com este livro como eu me diverti a fazê-lo!

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/03/sugestao-de-leitura-experiencias-loucas-e-factos-bizarros-dark-frame/

Matemática e Inglês as Disciplinas com Piores Desempenhos

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Um terço dos alunos entra no secundário com negativa a Matemática

 

Novo estudo da Direcção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência vem confirmar que há quatro disciplinas “negras” no 3.º ciclo, devido à percentagem de negativas que acumulam. Matemática e Inglês são as que têm piores desempenhos.

 

Ler o estudo da DGEEC no link seguinte, ou clicando na imagem de baixo.

Principais indicadores de resultados escolares por disciplina – 3.º ciclo, 2011/12 − 2015/16

 

A DGEEC apresenta uma série temporal de cinco anos com a evolução dos principais indicadores de resultados escolares, por disciplina, no quinquénio entre 2011/12 e 2015/16. É analisado o desempenho escolar dos alunos em cada disciplina do 3.º ciclo do ensino básico geral, em escolas públicas de Portugal Continental.
Principais indicadores de resultados escolares por disciplina – 3.º ciclo, 2011/12 − 2015/16 [PDF]Esta publicação constitui uma extensão do estudo “Resultados Escolares por Disciplina – 3.º ciclo, 2014/15”, que pode ser consultada aqui.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2018/03/matematica-e-ingles-as-disciplinas-com-piores-desempenhos/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog