«

»

Set 13 2017

Imprimir Artigo

A Solução: Alargamento do Período de Permutas

Como que se isso fosse a solução para resolver os problemas.

Lá terei novamente de abrir a aplicação das permutas para alguém encontrar uma solução para aproximar-se da residência.

 

Ministro da Educação vai alargar prazo para permutas entre professores

 

 

Tiago Brandão Rodrigues diz que o alargamento do prazo de permutas se destina a permitir que os professores colocados a centenas de quilómetros de casa se possam aproximar da sua área de residência.

 

No último dia marcado para o arranque do ano lectivo, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, revelou nesta quarta-feira, no Algarve, que o período para as permutas entre docentes vai ser alargado, na sequência da forte contestação dos professores do quadro que foram colocados em escolas a centenas de quilómetros de casa.

“Trabalharemos também para reafirmar o conjunto de ferramentas que temos disponíveis para que eles [professores] se aproximem [de casa], por exemplo, aumentando o período em que as permutas estão abertas”, referiu, em declarações citadas pela agência Lusa, não especificando quanto tempo será o alargamento. Deste modo, acrescentou, “um professor do Norte que está colocado mais a sul pode aproximar-se de casa, permutando com outro professor da mesma disciplina”.

 

Tiago Brandão Rodrigues garantiu estar a trabalhar para que, “cada vez mais, mais professores possam estar próximo da sua área de residência”, mas sublinhou a “complexidade” do processo, nomeadamente, por terem decorrido quatro concursos alinhados em simultâneo, o que ainda não tinha acontecido.

Segundo o governante, apesar de não ser o objecto do encontro, este será um dos temas em debate na reunião que está marcada para sexta-feira com a Federação Nacional de Educação (FNE) e a Federação Nacional dos Professores (Fenprof). Nesta terça-feira, a Fenprof informou em comunicado que o ministro da Educação divulgaria, naquele dia, qual a “decisão política” para resolver o problema destes docentes.

No fim-de-semana, o primeiro-ministro António Costa encontrou-se com um grupo de professores que estavam em protesto em Matosinhos. No final da conversa, os docentes fizeram saber que o primeiro-ministro ficara sensível, percebera as “causas e as consequências”, e dissera que iria falar com Tiago Brandão Rodrigues para “tentar resolver” o problema “antes de o ano lectivo se iniciar”.

Seguir:
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/09/a-solucao-alargamento-do-periodo-de-permutas/

  • Contraestavigarice

    Uma medida para enganar o povo. Não terá efeitos práticos nenhuns.

    Uma vigarice e mais não digo…

    Esta canalha que está no ME e nos sindicatos vigarizam milhares de professores e não vão ter penalizações, vão manter os seus tachos e continuarão a vigarizar toda gente….

    Uma vergonha!

    É o que dá querer fazer bonito, com listas a sair, turmas por aprovar nessa altura, regras que servem na RR1 mas não servem na MI e na CI, medidas avulso…

    Como é que é possível nesta altura do campeonato haver tantos horários? Eu respondo: em finais de julho e princípio de agosto os funcionários do DGAE estiveram de férias tal como estiveram parte do resto do ano.

    Tratam os professores como lixo, descartáveis e como se não tivessem família…desresponsabilizando-se de um assunto muito sério…eles gostam é do show-off da Comunicação social!

    Façam uma auditoria externa a este concurso…as conclusões serão o espelho dos crimes que cometeram com esta classe.

    Falo assim e estou perto de casa . Beneficiei com a VE e com a vigarice da lista de agosto no entanto não posso deixar de pensar que somos governados por vigaristas, irresponsáveis e pulhas que só olham para o seu umbigo. A ralé só serve para os eleger…onde andam os outros partidos? O BE, o PCP, o PSD e o PP? Os sindicatos? Estão a garantir quotas para pôr uma série deles sem fazer nenhum nos próximos anos.

    Estão a garantir os tachos para as autárquicas…

    Enfim, uma vergonha!

    Bom ano letivo e que os lesados possam ver os seus direitos defendidos.

    • Amorim

      Aceite o horário para o qual concorreu. O que queria anular todas as listas? Adiar o início do ano letivo prejudicando milhares de alunos? Tenha juízo quem ficou num QZP é porque concorreu para esse lugar agora assuma. Qualquer contratado passa por isso, ficando colocado a 300 ou 400 km de casa e não reclama. Com essa lógica, os contratados da RR1 também podem reclamar que na RR2 outros colegas menos graduados ficam com melhores horários ….. Uma vergonha que só descredibiliza a classe…
      • Contraestavigarice

        A ignorância no seu esplendor… Estou perto de casa… Fui contratado durante 20 anos…conheço o país como ninguém…

        Agora concordar com um concurso injusto? Não mesmo que essa mesma injustiça me tenha beneficiado…Chamo a isso coerência!

        VERGONHA é ter contratados a concordar com esta vigarice. E fui contratado durante 20 anos. Tu estás é preocupado com o teu umbigo. A contar com a norma travão mas podes continuar a sonhar…

        Prejudicar milhares de alunos? É anedótico o teu argumento…então e os professores? As coisas feitas de uma maneira justa não atrasava o ano letivo. Os horários das duas primeiras listas, bem como as regras, levavam a que o ano letivo começasse precisamente da mesma forma…e com os professores satisfeitos!

        É lamentável haver pessoas que só olham para o seu umbigo!

        • Amorim

          Ignorante és tu, que admites uma opinião contrária.Respeito a sua opinião mas não posso concordar. Todos os QZP ficaram colocados onde manifestaram preferências. Eu não tinha condições para vincular, mas conheço colegas que podiam efetivar no QZP de Lisboa ou Algarve, sendo do norte no entanto ponderaram e optaram por concorrer para o norte e continuam contratados por isso. Sou contratado mas não estou a contar com a norma travão colega . Muitos colegas do QZP queriam ser “espertos ” e efetivar a 300 km contanto com a MI para aproximar do norte no entanto correu mal a jogada e agora choram.
          Concorreram arriscando para longe agora assumam as vossas opções.Queriam trabalhar 8 horas mais uns clubes e apoios e receber o salário por inteiro? Isso não cabe na cabeça de ninguém colega…..

          Concurso injusto é aceitar na mesma prioridade milhares de colegas que lecionaram nos colégios durante 15 ou 20 anos e agora com pouco tempo de público ultrapassam os colegas do público com o apoio de alguns sindicatos.Contra isso deviam os colegas do quadro e sindicatos lutar e fazer manifestações. Concurso injusto aconteceu com a BCE . Agora pedem união agora não vi ninguém dos quadros preocupado com os contratados nessa altura …. Onde estavam os colegas do quadro e sindicatos na injustiça da PAC na dia da greve poucos do quadro fizeram greve….

      • Nelson Sousa

        A imbecilidade no seu melhor.
        • Amorim

          Imbecil é o colega, que não admite uma opinião contrária.A sua resposta com insulto revela que pensa apenas em si não entendendo que neste momento não é possível refazer listas sem criar uma bola de neve de injustiças. Respeito a sua opinião mas não posso concordar. Todos os QZP ficaram colocados onde manifestaram preferências. Eu não tinha condições para vincular, mas conheço colegas que podiam efetivar no QZP de Lisboa ou Algarve, sendo do norte no entanto ponderaram e optaram por concorrer para o norte e continuam contratados por isso.Muitos colegas do QZP queriam ser “espertos ” e efetivar a 300 km contanto com a MI para aproximar do norte no entanto correu mal a jogada e agora choram.
          Concorreram arriscando para longe agora assumam as vossas opções.Queriam trabalhar 8 horas mais uns clubes e apoios e receber o salário por inteiro? Isso não cabe na cabeça de ninguém colega…..

          Concurso injusto é aceitar na mesma prioridade milhares de colegas que lecionaram nos colégios durante 15 ou 20 anos e agora com pouco tempo de público ultrapassam os colegas do público com o apoio de alguns sindicatos.Contra isso deviam os colegas do quadro e sindicatos lutar e fazer manifestações. Concurso injusto aconteceu com a BCE . Agora pedem união agora não vi ninguém dos quadros preocupado com os contratados nessa altura …. Onde estavam os colegas do quadro e sindicatos na injustiça da PAC na dia da greve poucos do quadro fizeram greve….

        • Observador Atento

          Quanto mais leio os vossos lamentos, com mais dúvidas fico. Mas estou certo que as vossas mentes mais esclarecidas me vão conseguir indicar o caminho. Vejamos: segundo o que percebi, o problema é que a santa lista de graduação não foi respeitada. E, na vossa ótica, quanto mais tempo de serviço um professor tiver mais competente é, logo merece ficar no lugar que quer, pois é o melhor da confraria. Então, se assim é, os professores que estiveram vinte anos ou mais no privado e que agora se viraram para o público (tendo alguns deles até vinculado nos concursos mais recentes) e que estão no topo da lista de graduação dos respetivos grupos são os melhores profissionais e, portanto, merecem uma vaga numa das escolas que escolheram em primeiro lugar. E se eles tiveram a infelicidade de serem colocados na MI e agora se viram ultrapassados pelos colocados da RR1 têm todo o direito a protestar, correto? É assim não é? A lógica parece-me ser esta; quanto mais tempo de serviço tens, melhor profissional és. Tiveste a sorte de nascer nos anos 60 ou 70 és um profissional de todo o tamanho, porque te saiu a lotaria demográfica. Se nasceste nos anos 80 ou 90 és uma treta e, com sorte, terás direito a uma contrataçãozeca só para entreter, pois não tens competência nem habilidade para entrar no serviço de educação nacional. Estou a pensar bem, correto?
    • Contribuinte Indignado

      .
      Ó TIAGO o que esta gente quer são HORÁRIOS INCOMPLETOS e ORDENADO POR INTEIRO.

      Esta gente o que pretende é fazer o mínimo possível.

      .

      • Contraestavigarice

        Meu caro

        Colocado com horário incompleto. Completo na segunda feira com horas de apoio à Educaçao Especial.

        Espetáculo! Com muito prazer desempenharei esta função. Irei ensinar e tentar aprender…

        Agora a sua conversa cheira a jotinha…

  • Contraestavigarice

    Arlindovsky, gostava de saber a sua opinião sobre esta medida.

    Um abraço


    • Terá uma resposta muito reduzida.
      • Contraestavigarice

        E qual é? Lol só para saber
        Abraço
  • manuel

    Só me ocorre uma palavra: Parvalhão.
    Se fez concursos em simultâneo foi pq quis. Não os tivesse feito.
    Quem pode permutar é ele. Para a lua, de preferência. Que permute com um extraterrestre que ficamos melhor servidos.
    • Amorim

      Aceite o horário para o qual concorreu. O que queria anular todas as listas? e Adiar o início do ano letivo prejudicando milhares de alunos? Tenha juízo quem ficou num QZP é porque concorreu para esse lugar agora assuma. Qualquer contratado passa por isso, ficando colocado a 300 ou 400 km de casa e não reclama. Com essa lógica, os contratados da RR1 também podem reclamar que na RR2 outros colegas menos graduados ficam com melhores horários ….. Uma vergonha que só descredibiliza a classe…
      • Vítor

        Uma vergonha é o senhor. Não percebe que existiram ultrapassagens entre QZP? Informe-se antes de dizer asneiras. Pessoas como o senhor é que descredibilizam a classe. Se existem ultrapassagens nas RR é porque os horários foram lançados mais tarde. Quando saíram as listas em 25 de agosto o ME já tinha TODOS os horários, completos e incompletos. Os melhor graduados levaram com os completos e foram colocados longe. Os pior graduados ficaram com os incompletos e perto de casa. Qual foi a poupança com isto? É TÃO DIFÍCIL DE PERCEBER QUE ISTO FOI UMA VIGARICE?
        • Sousa

          Querias o pessoal do quadro todo publicado na 1ª lista? com “vagas” de 15, 12, 8 horas… Era o fenómeno da multiplicação das vagas, queres ver! nem sempre dá para fazer o milagre das rosas! Principalmente num governo de rabo preso. Assim, a Catarina quando vier com exigências de nova VE, eles podem sempre dizer: Alto e para o baile que o ano passado só foram precisos x profs, houve até excedentários que seguiram para as reservas”
    • Miguel

      De bestial passou a besta. O Crato é que era amigo, com o Crato vinculavam os do privado e ponto.
  • Pingback: A Solução: Alargamento do Período de Permutas — Blog DeAr Lindo – Primeiro Ciclo()

  • Carlos Santos

    Segundo o ministério a decisão de lançar apenas os horários completos foi tomada por sugestão de alguns sindicatos. Seria importante esclarecer este ponto. Quais foram os sindicatos que propuseram que isso fosse feito?

    Diz-se no link do post para o Público que:

    Tal aconteceu porque o Ministério da Educação (ME) decidiu alterar as regras deste concurso, tendo apenas disponibilizado os horários completos (22 horas de aulas por semana) que foram pedidos pelas escolas e não os incompletos, como acontecia em anos anteriores. Na nota que então divulgou, o ME indicava que esta alteração fora pedida por organizações sindicais.

    • P

      A resposta…

      “COLOCADOS LONGE DE CASA

      Para melhorar as condições dos contratados, o Governo e os parceiros acordaram em lançar, na primeira fase do concurso, só horários completos, disse Vitor Godinho, da FENPROF. A opção foi alargada ao concurso de mobilidade interna.”

      JN
      http://www.arlindovsky.net/wp-content/uploads/2017/08/21175279_10209888885047019_698757600_n.jpg

      “Entre as questões que mais insatisfação tem estado a criar, pelo seu impacto na vida das pessoas, incluem-se os docentes de quadro de zona pedagógica que foram colocados em 25 de agosto, em horários completos e que serão ultrapassados, em termos de preferências, por outros candidatos que, tendo menor graduação profissional, virão a ser colocados em horários incompletos, em escolas que eram das suas primeiras opções. Ora, esta é uma decisão da exclusiva responsabilidade do Ministério da Educação que não tem a concordância da FNE nem nunca foi tratada em qualquer reunião do processo de negociação da revisão do diploma de concursos.”
      FNE

      https://www.fne.pt/pt/noticias/go/atualidade-fne-denuncia-sucess-o-de-injusti-as-nas-coloca-es-de-professores

      • Carlos Santos

        Se a FENPROF já assumiu ter sugerido ao Ministério da Educação que fossem lançados na Mobilidade Interna apenas os horários completos, não percebo porque motivo andam agora os seus dirigentes a pedir reuniões ao Ministério da Educação para analisar os problemas derivados do procedimento que propuseram.
        • Contraestavigarice

          Estás enganado. Esta treta dos completos era só para os contratados…e já foi explicado pela fenprof. Convém estar informado antes de opinar, certo?
  • raquel

    Estão com sorte por ser ano de eleições, já é uma boa prenda, para quem devia ocupar a vaga durante um ano… Termino com a frase que convém ser lembrada “Ninguém está colocado para onde não concorreu.”
    Bom ano letivo!
    • Contraestavigarice

      Prenda? Lolololol

      Efeitos práticos? Quase nenhum…

      Medida populista vazia de conteúdo…

      Estou perto de casa, não me afeta mas é uma mão cheia de nada…

    • Politico e basta!

      Frase a não esquecer:

      “Outros ficarão nas escolas para as quais os primeiros concorreram, na sequência de alteração propositada e de surpresa do critério a usar apenas UMA VEZ”.

  • CJ

    Esta proposta é o assumir do erro/ilegalidade. Efeitos práticos ZERO. Podem alargar o prazo para o ano inteiro!!!!!!! Apenas vergonhoso.
  • P

    https://www.publico.pt/2017/09/13/sociedade/noticia/prazo-para-professores-trocarem-de-escola-alargado-ate-ao-fim-de-setembro-1785356

    “as permutas ficarão abertas até ao final do mês de Setembro”.

    “Mas quem entrou no quadro via vinculação extraordinária tem que ficar um ano onde foi colocado.”

    • Isabel

      Não tenho palavras para descrever tanta aldrabice de tanto lado; ministério, sindicatos…e teimam em continuar a não resolver nada. Eu candidatei-me a permutas e não consegui, é agora que vou conseguir?! Não me parece, não tenho ilusões porque a idade já não mo permite. E não, não sou QZP, sou QA. E sim, já estive a 400 Km de casa como contratada, sei o que isso é. E só lamento a minha situação porque a saúde não me permite fazer viagens um pouco longas, porque nem estou assim tão longe. Mas tenho receio que não aguente e tenha de colocar atestado, sabendo que na escola ficam alunos desocupados. Mas esta doença não me permite concorrer à mobilidade por doença. Tenho pena que muitos colegas não entendam ou não queiram entender como este concurso foi injusto; eu nunca estive num horário incompleto, nem me passou pela cabeça tal coisa, se calhar porque sou QA, isso não acontece; desculpem a minha ignorância. Claro que eu fiquei numa escola para a qual concorri no concurso interno, mas olhando para os últimos concursos tinha esperança de aproximar um bocadinho na mobilidade. É óbvio que se tivessem ido a concurso todos os horários completos, porque já saíram na RR1 e sairão mais, eu teria aproximado, disso tenha a certeza. Então porque alteraram as regras? Tenha a certeza que nenhum colega iria reclamar por ter ficado longe, se as regras se mantivessem, mas não tivesse sido possível aproximar mais de casa; pelo menos eu penso assim. Boa sorte para todos e sejamos mais unidos.
      Boa sorte para todos
    • raquel

      Achavam que entravam num concurso de VE com tantas vagas para a seguir bazar sem dizer até logo. Aguardas, que melhores dias virão!
  • Carlos Santos

    No site da RTP está o audio das declarações do ministro, com apresentação da sua solução para este problema.

    https://www.rtp.pt/noticias/pais/ministro-da-educacao-garante-que-periodo-de-permutas-entre-professores-vai-ser-alargado_a1026926

  • Marmelo

    Depois das declarações do Mário Nogueira de ontem (o almoço deve ter sido bem regado)… Sugiro que a FENPROF proponha uma permuta “compulsiva”:

    Ou seja, os “lesados” da MI mal saia uma colocação num agrupamento que queiram, de preferência de 8 horas a 5 minutos de casa, têm uma aplicação eletrónica com um botão que diz “BAZA DAÍ”, e o QZP menos graduado ou reles contratado é obrigado a permutar. Esta aplicação poderia ficar aberta até ao final do ano letivo para todas as RR!

    • Amorim

      Acredito que muitos colegas dos QZP achem uma solução deste tipo justa. Confundem justiça com interesse próprio. Ninguém está colocado para onde não concorreu por isso assumam as vossas opções.Queriam trabalhar 8 horas mais uns clubes e apoios e receber o salário por inteiro a cinco minutos de casa? Uma vergonha tanta choradeira…..
      • Aldrabice política!

        Vergonha, é a sua dor de cotovelo, a traição/vigarice do ME e o discurso que nada resolve deste Ministro.
        • Amorim

          Tenha juízo, não tenho dor de cotovelo é uma questão de justiça e lógica. Quem recebe por inteiro sendo dos quadros deve ter horário completo não 8 ou 9 horas. VQuando os contratados são humilhados com mudanças constantes, BCE e PAC ninguém quer saber. Este ano com o alto patrocínio dos sindicatos vi centenas de colegas do privado a ultrapassar colegas que sempre trabalharam no público a 400 ou 500 km e não vi ninguém indignado com tais injustiças.
  • Heitor Simões

    Boa Tarde, a aplicação de permutas não está aberta pois não??? Tem novo link??

    Obrigado

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar