«

»

Mai 18 2017

Imprimir Artigo

Comparação das Colocações Anuais e Temporárias em Reserva de Recrutamento no 1º Período

Na passada terça feira a Secretária de Estado afirmou que não existe aumento de precariedade na educação e que o aumento das colocações deste ano se deve a um aumento dos atestados médicos dos docentes.

 

Baixa explica 90% das substituições de professores

A secretária de Estado Adjunta e da Educação recusou esta conclusão e defendeu que essa subida revelada pelas estatísticas não corresponde a um aumento das situações de precariedade.

“Estes contratados a termo são porque fizemos as substituições a tempo”, disse Alexandra Leitão, acrescentando tratar-se da resposta às situações de baixa de professores – “90% das substituições são baixas” – ou de mobilidade. Existem “contratos activos que colocámos em reserva de recrutamento. São 8.000 contratos”, referiu a governante. Antes o ministro da Educação tinha explicado que estes contratos são “completos”.

 

No entanto o ano passado mais ou menos por esta altura o Ministério da Educação disse que não tinha noção de quantos professores estavam de baixa médica.

Será que o aumento de contratações deste ano se deve à rápida substituição dos docentes em baixa médica?

O próximo quadro apresenta a diferença das colocações por grupo de recrutamento efectuadas por reserva de recrutamento até ao final do 1º período.

Cada um que tire as conclusões que entender destes números.

Existiu um crescimento de 71% de colocações em horário anual e de 81% em horário temporário.

E curioso.

Existiram muito mais colocações em horário anual do que em horário temporário.

 

Seguir:
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Comentários

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/05/comparacao-das-colocacoes-anuais-e-temporarias-em-reserva-de-recrutamento-no-1o-periodo/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar