Vagas Positivas e Negativas do Concurso Interno

Depois de ter verificado que existe um saldo positivo de 69 vagas deixo aqui o saldo de vagas positivas e negativas por grupo de recrutamento.

 

Existem 4612 vagas positivas (pelo que ouvi o comunicado do ME refere 4609, mas confio como sempre mais nos meus dados) e 4543 vagas negativas (o ME não informou em comunicado número de vagas negativas).

 

Em breve serão apresentados estudos de vagas por Grupo de Recrutamento e QZP, não sei se valerá a pena apresentar por Concelho. Mas se vir que os dados são importantes tento fazer também por Concelho.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/04/vagas-positivas-e-negativas-do-concurso-interno/

22 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Podia, por favor, partilhar o excel como vagas do concursos interno. Obr

    • Carla on 6 de Abril de 2017 at 17:50
    • Responder

    ‘Boa tarde desculpem o meu desconhecimento mas vagas negativas significa o numero de professores sem horario?

      • Alexandre on 6 de Abril de 2017 at 18:11
      • Responder

      Não. São vagas não recuperáveis caso saiam professores.

        • Lurdes on 6 de Abril de 2017 at 20:14
        • Responder

        Na verdade são professores sem horário pelo menos completo, não significa que não têm as tais 6 horas. Mas completo esse horário já não está ou a vaga não seria negativa

          • Vagas on 6 de Abril de 2017 at 20:39

          Não necessariamente. Existe ali escolas com vagas em todos os efetivos tem horas e ainda vão colocar colegas na mobilidade interna ou contratados.

          • Lurdes on 7 de Abril de 2017 at 0:36

          Mas isso é porque lhe atribuíram cargos porque se existisse horário completo para todos não existia vaga negativa

          • Vagas on 7 de Abril de 2017 at 7:45

          Esta enganada.
          No apuramento de vagas para QA não foram contabilizadas as horas de redução do art 79º do ECD (redução por idade), horas de quem está na direção, horas de apoio, entre outras.
          Por isso pode horarios negativos agora e em agosto pode ter de pedir professores.

          • Lurdes on 7 de Abril de 2017 at 10:01

          Isso foi o que eu disse, mas se tem o que referiu não são completos. Não impede que por muitos motivos não seja chamado um professor contratado, até porque podem querer sair na mobilidade por opção. Mas não há efetivamente horário completo (22 horas ou 25 no caso do 1 ciclo) ou não seria vaga negativa

          • Vagas on 7 de Abril de 2017 at 11:40

          Colega existem necessidades permanentes e necessidades transitórias. As necessidades permanentes correspondem as vagas de QA e as necessidades transitórias correspondem aos horários que vão para mobilidade e/ou contratação e não existe uma relação direta entre as duas.
          Ter vaga negativa não significa que não há horário para os professores.
          Por isso pode ter vagas negativas de QA agora e em agosto ter de pedir mais professores.

    • Alexandre on 6 de Abril de 2017 at 18:10
    • Responder

    Fraude. As positivas corresponderão na melhor das hipóteses a 1/3 das necessidades permanentes.
    As vagas do 910, à semelhança do sucedido em 2015, ficarão parcialmente por preencher.

    • contratada. on 6 de Abril de 2017 at 18:10
    • Responder

    Desculpem perguntar, mas estas vagas positivas, no caso do grupo de recrutamento 120 (ainda são muitas) passam para o Concurso externo? Os contratados podem aceder a estas vagas para vincular? Ou extinguem-se?

      • Alexandre on 6 de Abril de 2017 at 18:13
      • Responder

      Não passam para o externo. No concurso de 2015 ficaram imensas por ocupar no 910 e não passaram para o externo.

        • Contratada. on 6 de Abril de 2017 at 19:28
        • Responder

        Mas esse concurso foi extraordinário, há 4 anos passaram… quem me consegue esclarecer…

          • esclarecer on 6 de Abril de 2017 at 20:12

          Não passam. Está escrito na nova redação do DL dos concursos.

    • João Pedro Cunha on 6 de Abril de 2017 at 18:25
    • Responder

    Arlindo,
    Muito boa tarde, serve o presente para esclarecer uma dúvida relativamente ao concurso de professores que agora se avizinha.

    Eu, professor de quadro de Agrupamento, fui opositor ao
    concurso de professores realizado em 2013, manifestando candidatura à
    mobilidade interna, tendo em vista a aproximação à minha residência.
    Nesse mesmo concurso, na Mobilidade Interna, manifestei a intenção de
    realizar uma permuta com uma colega, há data quadro de Agrupamento de
    outra escola mais perto da minha residência. Desta forma, fomos ambos
    retirados desse concurso de Mobilidade Interna , pelo motivo da permuta.
    Este ano, o quarto ano desde então, julgo ir consolidar-se a permuta,
    isto é tornar-se definitiva (suponho que a 31 de agosto de 2017…). A
    minha dúvida prende-se com o seguinte facto: uma vez que existiu um
    concurso extraordinário em 2015, onde ambos não concorremos, porventura,
    não se terá consolidado a permuta nesse ano?

    Muito obrigado pela disponibilidade.

    Atenciosamente,
    esperando uma resposta com a brevidade possível e a tempo de poder
    concorrer (se for esse o caso) neste próximo concurso de professores
    (2017).

      • Santiago on 6 de Abril de 2017 at 19:59
      • Responder

      Suponho que seja lógico vigorar a lei da sua permuta em 2013. Caso entre o período de permuta não tenha sido obrigado a concorrer por falta de componente letiva, sim, consolida-se ao fim de 4 anos. Se quiser manter o lugar para onde permutou escusa de concorrer.

        • João Pedro Cunha on 6 de Abril de 2017 at 20:19
        • Responder

        Obviamente. Acontece que nem sempre a lógica impera no ministério que nos tutela. Desta forma, continuo, há 3 boas semanas, à espera de uma resposta da DGAE… enfim.
        Obrigado e muito boa sorte para si!

          • Paulo Caldeiras on 7 de Abril de 2017 at 12:16

          Pode ser que no aviso de abertura venha alguma informação.

    • Domingos Fontoura Fernandes on 7 de Abril de 2017 at 9:17
    • Responder

    Entre muitas coisas, lamento a falsa fé com que o ME mais uma vez nos brinda.
    Numa semana em que os professores não estão nas escolas e em que muito a regressam a casa após 3 meses de afastamento dos seus, lá vem mais um concursinho mediático para encher o olho à opinião pública…. e perturbar o descanso merecido…

    • Luisa Alves on 8 de Abril de 2017 at 17:30
    • Responder

    Boa tarde,
    acabei de consultar o DL.n.º 28/2017 e consultar o mapa das vagas.
    Estou confusa. Sou professora do QZP 7 desde 2013, o primeiro concurso extraordinário, depois disso nunca pude mudar de QZP, todas as vagas são ocupadas apenas por concurso extraordinário, parece que mais uma vez vai acontecer a mesma situação, já que não encontro vagas para mudar de QZP. Estou certa?
    Posso continuar a concorrer para escolas fora do meu QZP, Como sempre fiz?
    Agradeço desde já a atenção.

      • Recurso on 9 de Abril de 2017 at 15:11
      • Responder

      Mais uma “extraordinária” a queixar-se dos concursos “extraordinários”!! Soube bem pra si qd estava fora, mas agora q tá dentro já se queixa de não ter acesso às vagas, não é?
      Sim, pode concorrer pra efetivar em escolas fora do seu QP, mas olhe que é só em 2a prioridade, atrás de todos os QAs… Mas não fique mt triste! Logo a seguir, no concurso para Mobilidade Interna, já volta a concorrer à frente dos QAs desterrados, e já se sabe que nessa altura as vagas são mt maiores que agora, pra além de poder ficar colocada em horário incompleto!

        • Luisa Alves on 11 de Abril de 2017 at 0:10
        • Responder

        Lamento desiludir, mas não me sinto nada extraordinaria, não me sinto mais nem menos que ninguém. Lamento que se alimente este tipo de atitude para dividir as pessoas, é injusto, desonesto e não enobrece a nossa classe. Não me devo ter feito entender ou quem leu está em conflito consigo mesmo. Honesto é cada um concorrer com base na sua graduação.

  1. […] para professores este ano. No entanto, não reparei se fizeram as contas todas como o Arlindo: 4612 positivas e 4543 negativas. Não sei se teria tanto impacto dizer que o saldo é de 69… mas bem explorado até […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: