«

»

Abr 19 2017

Imprimir Artigo

Greve À Vista

FNE admite greve se Governo não descongelar carreiras e negociar aposentação

 

A Federação Nacional de Educação (FNE) admite avançar para uma greve se o Governo não se comprometer a descongelar carreiras e progressões salariais de docentes e funcionários escolares e a negociar um regime especial de aposentação já em 2018.

 

Fenprof na rua admite greve em datas “mais sensíveis”

 

A estrutura sindical da CGTP passa a um nível superior de luta e coloca o primeiro-ministro na mira. Entre os professores começa a “sentir-se desilusão”, avisa Mário Nogueira

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/04/greve-a-vista/

  • Pedro

    Queremos que conte o tempo de serviço congelado para progressão salarial. Será que nesse tempo, não estivemos a trabalhar? como os trabalhadores do privado?
  • Rosário Cunha

    Já não era sem tempo que quem tem por obrigação falar e defender a nossa sanidade mental lutasse pelo regime de aposentação especial. Se alguém pensa que um professor com TRINTA ANOS DE SERVIÇO INDEPENDENTEMENTE DA IDADE, ainda tem capacidade para estar em funções, não faz a mais pálida ideia da profissão em causa. Que se dê lugar aos novos, pois nós já estamos no limite. E viva o antidepressivo e o alprazolam, senão os hospitais psiquiátricos não tinham mãos a medir.
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar